quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Special Victims Unit




Fui pra casa e fiquei até altas horas refletindo histericamente naquela sentença do Jack: "uma missão que por suas características só vou poder te passar as informações minutos antes do embarque". Não só porque a ouvi diretamente do Jack Bauer mas porque a missão do dia seguinte tinha certas "características", certas "informações" e um certo "embarque"! Entendeu? Nem eu. Mas foi só isso que ele me disse, porque não podia dizer mais nada. Na minha mente, eu repassava cada palavra enfatizada por um eco que não existia na versão original, mas que tava lá na minha memória. Sei que você, caro leitor, no meu lugar poderia querer saber coisas tais como "Tá, mas pra onde eu vou?" ou "Que tipo de missão seria?", "Aceita débito automático?" ou talvez perguntaria apenas: "O que eu preciso saber?", sei lá, essas coisas normais. Mas a dúvida que mais me atormentava era: "Com que roupa eu vou?".

Preciso confessar uma coisa. Tudo bem que minha experiência nessa área especifica em que trabalho (emprestada para o setor do Jack Bauer) já está se estabelecendo na minha identidade policial. Tudo bem que sinto que o Jack já meio que conta comigo e já me passa missões com mais confiança. Tudo bem que às vezes eu tomo a frente das coisas, porque tem muito policial caindo de para-quedas nesta seção, e eles são bem mais hit parade na polícia do que eu, mas que se enrolam bastante pelas bandas de cá. E tudo bem também que este blog já vai fazer dois anos de vida (U-hu, galera!).  Mas a verdade é que na altura do campeonato eu já esperava ter marcado muitos gols mais. No entanto, ainda me sinto um bebezão desengonçado em muitas situações. Sinal de que humildade deveria ser um pré-requisito de todo candidato a uma vaga na polícia. Se eu tô de sacanagem?! De jeito nenhum! Tô falando seríssimo. E isso é engraçado porque sei que fica realmente difícil você colocar na mesma frase essas duas palavras "humildade policial".

Isso não foi uma missão foi praticamente um curso! Trabalhei com um policial que até então eu não conhecia. Vamos chamá-lo de detÉctive Elliot Stabler. Ele trabalha para um outro setor daqui da polícia que vamos chamar de Special Victims Unit (mas que nem é...) e que me pareceu ser um cara bastante dedicado. Foi uma ótima oportunidade para eu ver como ainda estou crua nessa coisa que é ser "policial de verdade". Digamos que o máximo que eu consegui até agora foi ter-que-agir-de-repente-como-uma-policial. Ai, não vou explicar isso agora, mas são coisas bem diferentes. Lamento informar, mas sinto que falta muito ainda pra eu deixar de ser "novinha". Snif.

Eliot Stabler pediu a ajuda do Jack Bauer talvez porque as suas áreas de trabalho sejam semelhantes, embora a clientela seja totalmente diferente. Ocorre que esta OM (ordem de missão) acabou caindo no meu colo. Detalhe: Nos sonhos de um agente novo na polícia, uma missão especial aparece na sua vida de forma incrível. Os grandes chefes de policia te chamam para atuar porque descobrem que só você teria condições de cumprir aquela missão eficientemente. No meu caso, foi a falta de efetivo mesmo, que nessas horas sempre se torna minha forte aliada na transposição dessa barreira enorme que é a falta de experiência. Deveria ser promovida direto para a Classe Especial já que sou especialista em tapar buracos.

E foi isso que aconteceu. Ou seja, nunca serei, né?! Pois foi só mudar o cenário operacional e eu colei as placas. Não, gente. A missão foi muito legal, toda bonitinha, compartimentada, cool! Não teve glamour como tem, normalmente, nas missões do Jack, pelo simples fato de que era tudo muito sigiloso e escondidinho. Mas tudo bem. Faz parte, porque a coisa poderia complicar caso houvesse vazamento de informações, mas no final deu tudo certo, graças a Deus.

Graças a Deus mesmo, pois  o que me deixou realmente desanimada é que na minha imaginação esse tipo de missão tinha que ser algo mais. Entende? Mais providências, mais planejamento e mais levantamentos feitos com muito mais antecedência. Ah, mas não foi assim, não. Pensei em jogar a culpa na SVU e até desenterrei posteriormente minhas apostilas da Academia pra ver se era aquilo mesmo, e se eles estavam procedendo corretamente. Mas que raio de curso de formação foi esse que eu fiz onde a única coisa escrita que tinha  sobre esse tipo de missão era uma linha solitária dizendo que essa área era da competência da "Special Victims Unit" e ponto final?

Perdoem mas estou começando a achar que esse negócio de querer ser operacional na policia é uma exposição à roubada. É meio desesperador você receber uma missão dessas e não saber nem por onde começar! Comecei imitando o Elliot... né? Ele parecia atuar uns dez tons acima, impressionantemente calmo, o que me fazia pensar que tudo estivesse sob controle (?). Ele deve ter feito esse tipo de missão um milhão de vezes. Logo, fiz mímica dele o tempo inteirinho. Tipo uma sombra dramatúrgica. Uma figuração cênica em nome de um show. Pfff. Se na minha avaliação de desempenho constasse o item "capacidade de iniciativa" eu mereceria um zero bem redondinho... O que prova que uma missão de sucesso não significa exatamente que você fez tudo bem certinho nos mínimos detalhes. Mas, talvez, signifique que você teve sorte de nada de mal ter acontecido. E um beijo para todos os policiais antigões arrogantes e embusteiros do Brasil. Tô ligada, hein!

Além disso, uma outra coisa que pegou pra mim particularmente, foi o clima carregado da missão. Tenso. O ar era muito pesado o tempo todo. A gente estava lidando com efeitos colaterais do sistema. Sabe? Tipo, coisas que não podiam terminar daquele jeito. Eu queria me comprometer com aquela causa, indenizar aquelas pessoas. Fazer alguma coisa. Sei lá o quê exatamente. O máximo que consegui foi uma simbólica despedida que se deu numa intensa e ao mesmo tempo fugaz troca de olhares entre mim e eles, que mesmo sem poder dizer nada disse tudo. Só isso. E cada um de nós seguiu o seu destino. Esse sentimento de impotência é gigante e incomoda demais. Taí uma coisa que me preocupa, oras. Será que eu deveria ter prestado concurso para o Ministério Público? Policial não pode sentir essa ternura, essas sentimentalidades, sob pena de ter seus próprios julgamentos afetados blá, blá, blá, pererê. Mas eu sinto muito.

203 comentários:

  1. Assim mesmo, Novinha.. e é essa a adrenalina que faz muita gente que tem capacidade de passar em outros concursos melhores de grana ficarem na polícia. Essa adrenalina e falta de rotina não outra profissão que pague...

    ResponderExcluir
  2. O conceito de novinha é muito subjetivo né...mas acho que enquanto não entrar uma turma nova, vc ainda vai ser novinha, igual bixo na faculdade heheheh.
    Acho que ser novinho (a) é qualidade, pois a disposição, a vontade de trabalhar, a admiração pelos antigos e pela profissão tem que ser bem aproveitada. Mas como já li aqui mesmo, a apatia de alguns antigões é que acabam contagiando esses novinhos.

    Sempre temos algo a aprender com os mais experientes. Eu sempre faço isso, sempre gosto de observar quem sabe mais.

    Se o Jack confia em vc, é pq ele tem motivos pra tal.

    Gosto daqui por isso, sem saber de nada a gente entende tudo...eu acho heheheheh

    inté MP
    bjoo

    ResponderExcluir
  3. Nossa! Você falou tudo Vitão.

    A falta de rotina!

    Parece que há uma liberdade em saber que não há o que fazer hoje porque não se sabe o que haverá amanhã... É estranho isso, né? E ao mesmo tempo parece que a gente vive as coisas com uma maior intensidade justamente porque a gente nunca sabe quando vai ter uma nova missão igual à essa.

    É mais ou menos assim, eu acho.
    rs rs rs

    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Oi Futuro!!!

    kkkk

    Eu achei que tinha escrito demais e que muita gente não iria entender muita coisa. Mas parece que você entendeu tudo, mesmo!

    Olha, eu falo muita coisa nesses links do texto. Até porque tem gente nova chegando agora e esse blog tá virando um quebra-cabeças. Mas penso que você é um dos que têm conseguido juntar bem as peças.
    : )

    Gostei demais do seu comentário!
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  5. Oi amiga!!!

    Esse post ficou grande demais, né?
    : )

    ResponderExcluir
  6. to lendo, perai só um minutcheeenho

    kkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. ah, amiga, vc nao é e nunca foi tapa buraco, o Jack nao iria te chamar só nessas ocasioes e vc sabe disso.

    Outra coisa, missão de sucesso deve ser voltar vivo para casa né? caramba

    ResponderExcluir
  8. esses sentimentos realmente sao doídos, mas a gente consegue fazer alguma coisa por eles, graças a Deus

    ResponderExcluir
  9. so profissão, por enquanto....hehehehe

    ResponderExcluir
  10. abiguinha, preciso ir...bjo de boa noite

    ResponderExcluir
  11. Amiga...

    Foi uma missão muito interessante. Deu pra notar, né?

    Sim, voltar vivo, claro. Mas tem missão que dá certo por sorte mesmo, amiga. Em outras parece que a equipe fez muito mais do que deveria e deu errado do mesmo jeito. Sabe?

    Bom, pelo menos é o que a gente ouve.

    Você acha que ficou muito confuso, amiga?
    Teve alguma coisa que você não entendeu direito?

    Mee fala. Me ajuda...

    : )

    ResponderExcluir
  12. Sério, mesmo, Vitão???

    Nossa! Então o caso é sério mesmo...

    : o

    Caraca...
    Tô ficando preocupada.
    Sério.

    ResponderExcluir
  13. Ahh, tá bom, amiga.

    Vai sair???

    Hummmmm!

    rs rs rs

    ResponderExcluir
  14. Oi... Mulher... as coisas vão se encaixando. "As manha" a pessoa vai pegando aos pouco - experiência! A falta de efetivo foi só uma desculpa para encobrir a real necessidade de sua pessoa para com a missão em virtude do seu real comprometimento para com a mesma - não que os outros não estivesse!

    ResponderExcluir
  15. rs rs rs

    Tipão, aqui as melhores missões vão todas para os mais antigos. Só mesmo quando não tem mais ninguém disponível é que eles chamam a gente. Ha! Ainda mais eu que sou mulher...

    O sistema é bruto... Depois você me conta.

    : )

    Muito obrigada por ter vindo!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  16. Isso para mim é bullying profissional. "(O sistema é bruto... Depois você me conta.)" O sistema é bruto mesmo - isso em todos os setores mulher. Fiquei com uma dúvida aqui...Eu Não entendi o que devo contar a você??? :-/ (Isso foi uma deixa?!!!)

    ResponderExcluir
  17. Ah, sim!

    Concordo plenamente com você. Uma vez até escrevi um post não exatamente sobre as questões que coloco aqui, mas que falava sobre bullying

    (http://mulhernapolicia.blogspot.com/2010/05/pede-pra-sair.html)

    Você leu este texto antigo?

    É que imagino que um dia você será um novinho na polícia também. Por isso eu disse "Depois você me conta" porque um dia você pode vir a passar por essas mesmas coisas que eu. Entendeu?
    : )

    ResponderExcluir
  18. Cheguei a ler sim esse post e até comentei (último comentário postado, no caso). Agora entendi sim o termo 'depois você me conta'. Possivelmente eu passe pelo que você passa no bullying, mas, penso eu, com um certo grau de amenização tendo em vista que - pelo fato de você ser mulher - além do bullying ainda tem o fator preconceito por ser do sexo feminino - realmente uma falta de absurdo um negócio desse. Desejo força pra você! Boa noite! Beijo!

    ResponderExcluir
  19. Eu gosto desses seus posts grandes...além de aumentar minha curiosidade sobre vc e todo o seu mundo, gosto de saber detalhes desses acontecimentos.

    Já faz tempo que acompanho o blog né, aos poucos mta coisa vai se juntando mesmo heheheh

    Uma vez li em algum lugar isso, mas não sei bem onde foi, um policial falando a respeito da profissão, dizendo que ser policial nem sempre é toda adrenalina e emoção que pensamos, na maioria das vezes é bem chato, tarefas como analisar pilhas de documentos, escutar horas de gravações, horas de campanas, mas acho que é justamente tudo isso, que faz ser tão interessante, principalmente essa falta de rotina.

    E por não haver uma rotina é que deve surgir dúvidas sobre a função de cada um né.
    As vezes fico pensando em que área gostaria de trabalhar dentro de uma força policial, e sabe a conclusão que chego? que não sei heheheh, que vai ser preciso algum tempo pra saber o que faço melhor e onde posso ser melhor aproveitado!

    post grande pode ter comentário grande??
    heheheh

    boa noite MP
    inté
    bjoo

    ResponderExcluir
  20. Novinha,

    Acompanho seu blog ha um tempo. Gosto da forma que escreve. Vc tem formacao em que? Parabens

    ResponderExcluir
  21. Oi Anônimo (a),

    Muito obrigada pelo incentivo! É a primeira vez que você comenta?

    Obrigada pelo comentário!

    Posso ficar te devendo essa resposta?
    : )

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  22. Bom dia amiga!!!!!
    saí nada, tava era cuidadando das coisas da facul

    ResponderExcluir
  23. Eu gostei do post, é bem o seu estilo mesmo, enigmático...tudo a ver com o blog

    ResponderExcluir
  24. Verdade Futuro!

    Vi um vídeo divulgando uma operação onde aparece umas 10 vezes um policial arrombando uma porta com o pé, depois mostra a apreensão que fizeram, as comemorações, tal... mas os outros 99% do trabalo policial que era justamente a parte de inteligência, investigação, administração... não mostraram nada!

    É o marketing, né?

    Bom, 90% dos policiais daqui querem trabalhar com "operações especiais". Outro grupo grande prefere trabalhar no combate ao tráfico, crime organizado etc.

    Eu queria trabalhar em todas e decidir qual seria a minha área, mas não posso. Então fico enchendo o saco do Jack Bauer pra ele me chamar sempre que tem missão aqui. Tá dando certo.
    : )

    E posso te falar uma coisa? Bom... da turminha que chegou comigo, (uns quinze) uma conseguiu pegar uma área filé porque tá namorando um cara da área.

    Outra jogou um "H" grande pra trabalhar numa área de interesse dela, não se adaptou e conseguiu passar para outra área filé também porque o primo dela é da casa e tem influência lá... o resto, meu amigo... só se lascaram.

    Neste cenário, eu, que não tenho nenhum amigo, namorado ou parente importante estou no lucro há muito tempo. Pode crer!

    : )

    Beijo, Heldrick!
    Gosto muito de conversar com você.

    ResponderExcluir
  25. Ahhh, Tipão!

    Tá certo! O último comentário lá é seu!
    Eu acho muito legal quando o pessoal que chega mais recentemente comenta nas postagens antigas. Por acaso você chegou a ler o blog todo?

    : )

    Não é fácil, mas ninguém disse que seria, né?
    : )

    Beijo!

    ResponderExcluir
  26. Oi amiga!

    Bom dia!

    Enigmático sim, naquilo que precisa ser. Mas você viu que coloquei vários links? É legal pra quem chega agora entender muita coisa antiga...

    Amiga... 2 anos!!!
    rs rs rs rs

    ResponderExcluir
  27. Amigaaaaa
    passa rapido ne?
    que bom que eu cheguei aqui...
    Parabens pelo blog e por vc ser quem é
    bjo de bom dia

    ResponderExcluir
  28. Amiga...

    Muito, muito, muito bom que vc chegou aqui, amiga! Esse blog não seria o que é hoje sem você...

    Se pensar em alguma coisa legal para a comemoração me avisa!

    : )

    ResponderExcluir
  29. Vamos marcar um encontro? goiania ou Bsb?

    ResponderExcluir
  30. Tá meio corrido, né amiga...

    Tá todo mundo estudando e acabamos de fazer um da Confraria...

    Tem algo menos complicado?

    ResponderExcluir
  31. Tava pensando em algo aqui mesmo, no blog.

    Uma campanha, um sorteio, um post sobre alguma coisa, uma pesquisa... Postar algo comemorativo...

    Sei lá.

    ResponderExcluir
  32. Ah entendi...ue que tal uma foto sua no post?

    kkkkkk
    brincadeira
    vamos pensar entao

    ResponderExcluir
  33. Posso colocar uma sua, como Atiradora de Elite dos dois anos.

    he he he

    ResponderExcluir
  34. Hum...sera? so se for de oculos rayban...que nao aparece mto eu ne?
    Resp: certeza amiga

    ResponderExcluir
  35. Hein???

    Uma foto sua usando só um óculos Ray Ban???

    kkkkkkkkkkkk

    Amiga, tem crianças lendo este blog!

    ResponderExcluir
  36. ahauhauhauhaua

    agora eu vi, eu tb sou de família, abiga

    rsrs

    cadê todo mundo?

    ResponderExcluir
  37. Sei não...

    Deve tá todo mundo estudando.
    : )

    ResponderExcluir
  38. Nao, to em casa mesmo...vou almocar e ir

    ResponderExcluir
  39. Olá, Novinha!

    Creio que esse foi um dos maiores posts da história do seu blog. Gostei muito, e me identifiquei com você em várias partes. Sabe, eu também sou um "novinho", embora não trabalhe na polícia. Estou na minha empresa há pouco mais de um ano, e aqui no Ceará o pessoal é quase todo muito experiente. Dos cinco que dividem sala comigo, o mais novo tem 22 anos de casa. Além disso, meu trabalho também envolve embarques (talvez não do mesmo tipo que o seu, mas embarques), e devo fazer o primeiro na semana que vem. A única diferença é que não tenho dúvidas quanto à roupa que vou usar: o uniforme é obrigatório. Mas, se não fosse, eu delegaria essa preocupação à minha querida esposa, que é quem cuida dessa parte. hehe

    Também me identifico com você na sensação ocasional de inaptidão para certas atividades, e sonho em chegar a resolver qualquer problema com a desenvoltura com que os colegas antigões resolvem quinze ou vinte por dia. Sim, humildade é fundamental, na polícia e na engenharia.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  40. André, o post longo devem ser influências literárias suas. rs rs rs

    Caracas, você leu mesmo, hein?

    Esse post acabou sendo um resumão pelo menos da parte profissinal da minha história aqui na policia(tem muitos links explicativos, notou?). Tô entrando no clima de aniversário.

    Além disso, embora você seja um dos que chegaram bem no início da coisa toda, tem muita gente que tá chegando agora, como já disse anteriormente.

    André... você tá vivendo muita coisa nova ao mesmo tempo, né? Tá se adaptando bem a Fortaleza? Muitas saudades?

    Mas tem suas vantagens, viu?
    ; )

    "22 anos de casa"!
    Uau!

    Cola neles!

    ResponderExcluir
  41. Cheguei a ler sim o blog por completo - não consegui foi ler os comentários por completo de todas as postagens. Fiz alguns comentários, mas ao configurar minha conta no google deu um bug no sistema que fez com que minha foto não aparecesse - isso é detalhe. Nos comentários encontram-se algumas coisa interessantes... Ninguem disse que seria e não podemos desistir por causa disso. Beijo

    ResponderExcluir
  42. As vezes pode parecer que esse tipo de coisa é tapa buraco, mas vc pode estar se especializando em tudo né.

    Quando fazia estágio eram 4 advogados, mais o pessoal da área administrativa, quando entrei fiquei com um advogado que atuava pouco, pois também administrava a empresa, como sobrava tempo, ajudava os outros estagiários, no final do estágio, eu era o mais antigo (hehehe) e sabia fazer o trabalho de todos.

    As vezes acho que falta um pouco de entendimento dentro das organizações, pq tem gosto pra tudo, tem gente pra trabalhar em tudo quanto é área, só é preciso identificar quem gosta de qual (acho que to estudando mto administração gerencial hehehehehe).

    E é bom vc não pegar uma área com mto trabalho não, senão não sobra tempo pra gente aqui né?!?!?

    tb gosto mto de conversar com vc!!

    inté
    bjoo

    ResponderExcluir
  43. Amiga...

    Faça isso!
    Estude mesmo, e você vai colher os resultados.

    Beijo!
    Bons estudos!

    ResponderExcluir
  44. Tenha a certeza, Novinha, que ninguém se importou com o tamanho do texto. É como um Tolstói: o leitor termina as mil páginas pedindo mais.

    Novinha, o Jack está lhe "treinando". É tudo questão de tempo... (rs!)

    ResponderExcluir
  45. Oi Tipão...

    Imagine se este blog não tivesse comentários.
    : )

    Seria muito sem graça, né?
    É muito bom tê-los por perdo.
    : )

    Tem algum post que você gostou mais?

    ResponderExcluir
  46. Oi Heldrick!

    Tem razão. O fato de estar tapando buracos por aí, ajuda a gente a conhecer pessoas e a perceber essas outras áreas. São áreas bem diferentes.

    Como eu disse no post, as pessoas já estão me conhecendo aqui dentro por causa dessas missões do Jack. Eu acho isso legal. É como se eu já pertencesse a essa área. Como se tivesse se formando uma identidade policial minha.

    É um começo... né?

    : )

    ResponderExcluir
  47. Oi Kinha?

    Complicado o quê?
    O texto, a trama, a situação???

    : )

    ResponderExcluir
  48. Já faz quanto tempo que vc tá com o Jack?

    ResponderExcluir
  49. Pergunta difício de se responder... Vamos dizer que algumas postagens se destacam em relação às demais, mas isso depende obviamente da opinião de cada um.

    ResponderExcluir
  50. E!

    kkkkk

    É um bom incentivo, obrigada.
    rs rs rs

    É... estou juntando pequenas experiências, deve ser assim mesmo que tudo acontece. Esperar pra ver, então.

    Que bom que voltou e que gostou do texto!
    Muito obrigada!

    ResponderExcluir
  51. Futuro!

    Quando a coisa aperta no setor do Jack ele pede aos outros setores. Mas missões rápidas de três ou quatro dias. Participei umas cinco vezes porque tava sempre a fim de fazer aquelas missões.

    Depois fiquei numa missão de uns quatro meses direto com ele. Foi aqui que conheci o Poderoso Chefão, o Guerreiro, lembra. Voltei.

    Agora tem quase três meses que estou aqui direto de novo. Mas imagino que ainda vamos ficar um bom tempo aqui porque a coisa é grande!

    : )

    ResponderExcluir
  52. Tipão...

    Isso acontece, mesmo. Tem umas postagens que acho banais e parece que o pessoal gosta mais, mesmo. Mas não consegui estabelecer ainda um padrão do gosto dos meus leitores. É um pouco variável, mesmo.
    : )

    Sei que os concursandos preferem essas postagens sobre concurso e Academia, obviamente.

    Já os policiais parece que preferem aquelas postagens onde tem algum tipo de desabafo.

    Já os praças unanimemente preferem aquele post do coronel.

    Achei um padrão! As pessoas preferem os posts que tem mais a ver com a realidade delas, né?!
    kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  53. Por que tentar buscar uma lógica? Os concursandos, alguns - penso eu, podem preferir sim postagens sobre Concurso, Academia, etc. obviamente, mas nada impede de gostarem de outros temas. Deixa rolar mulher que o blog está fluindo... (As pessoas preferem os posts que tem mais a ver com a realidade delas, né?!) Eu particularmente costumo sair um pouco da realidade... Isso pra mim me faz bem! Xero...

    ResponderExcluir
  54. Tipão,

    Eu acho curioso um blog de mulher e pior ainda policial ter essa audiência. Me pego às vezes tentando entender porque, mas não essa "lógica" não é imprescindível.

    É? E dá pra viajar um pouco por aqui?
    : )

    ResponderExcluir
  55. : )

    Gstei de saber disso!

    Será que esse é um fenômeno que normalmente ocorre com quem quer ser novinho?

    ResponderExcluir
  56. Penso que esse fenômeno ocorre sim normalmente com os futuros novinhos. Não apenas conosco, mas com outros que buscam realizar seus objetivos de vida em termos pessoais, profissionais, etc... Sair um pouco da realidade faz com que a pessoa veja as coisas de uma outra perspectiva. Sonhar faz parte do processo e fazer com que o sonho se realize é uma dádiva.

    ResponderExcluir
  57. ei MP...após esse tempo todo, todas essas missões, pode ter certeza que todos aí sabem seu valor. Garanto que deve até deixar alguns apreenssivos heheheheh.

    Já que vc comentou, o blog é legal justamente por variar os temas, se fosse um blog muiiiito específico não seria tão interessante. Mesmo sendo o blog de uma mulher policial, tem muita coisa aqui que serve pra muita gente.

    E claro, o anonimato desperta um certo interesse né heheheh, talvez se vc não fosse anônima, não seria tão famosa heheheheh

    inté
    bjoo

    ResponderExcluir
  58. Ahhhhh, hehehehe

    O anonimato!!!
    Então tem um certo marketing nesse anonimato, né?

    kkkkkkkkkkkk

    Quanto ao seu comentário sobre o trabalho aqui, tem razão, pois quem chama muita atenção atrai tanto bons quanto maus sentimentos, não acha?

    : )

    ResponderExcluir
  59. Tipão,

    Você tá mesmo inspirado hoje!

    Sabe que até eu às vezes quando leio posts antigos e comentários antigos me sinto renovada???

    Dá mesmo uma motivação... inclusive em mim!
    : )

    ResponderExcluir
  60. Isso é verdade MP, quando nos destacamos em algo somos vistos com bons olhos e por maus olhos também. Mas daí temos que saber quem são esses bons olhos e nos aproximar deles.

    Tem hora que queria gostaria de ter esse anonimato tb..acho que me faria muito bem...

    boa noite MP
    bjoo

    ResponderExcluir
  61. enquanto isso, na sala de justiça...


    o processo nao para de andar, minha gente

    http://cprodweb.planejamento.gov.br/consulta_externa.asp?cmdCommand=Buscar&ProcCodProcedencia=1800&ProtNumProtocolo=8001006642201185

    ResponderExcluir
  62. Inspiração... Às vezes falta e quando isso acontece costumo acessar a internet. Confesso que muitas coisas boas aconteceram depois que tive mais contato com ela, já outras não - de certa forma, mas mesmo assim ela é uma ótima ferramenta. Ainda bem que os comentários fazem um certo feedback motivacional em você, vamos dizer assim, fazendo com que se sinta renovada. Esse é um dos motivos implícitos envolvidos quando disse que "Nos comentários encontram-se algumas coisas interessantes..." É isso. Beijo... ;-)

    ResponderExcluir
  63. A experiência que tenho para entender toda a situação explanada vem de filmes, de BONS filmes policiais.
    Na realidade do dia a dia, e acontecendo com a gente, as cores são diferentes.
    Vejo aqui uma relação interessante que faz com que vc se sinta assim, meio assada: o ser policial extremamente competente, e uma exímia escritora. Duas partes de vc que indicam sensibilidade, e um espírito de ação. Numa vc viaja, toca sua sensibilidade e nos passa o que sente ou sentiu; a outra parte de vc é focada, atenta, concentrada nos acontecimentos imediatos ou não. Como vc não é oficialmente bipolar (rsrsrs!), recebemos um texto razoavelmente equilibrado, claro, com uma parte nos dando uma visão do contexto deste seu trabalho (mais um), com o Jack; e de outra parte uma visão mais subjetiva, aonde os sentimentos têm seu lugar cativo, e nos falam mais perto da alma.

    Chego a conclusão de que, independente de qualquer coisa, você é uma mulher completa: com suas duvidas, 'frustações', coragem, atitudes, e certezas que nos fazem gostar MUITO de você a cada linha que nos presenteia.
    Por que, sim: caminho com você por cada linha, cada ponto, cada vírgula, cada link... Sigo-a como a uma escritora, na certeza de que, como está tão perto, estamos praticamente andando juntos.

    Um beijo, minha policial preferidamente predileta.

    ResponderExcluir
  64. Oie, Polícia! Há quanto tempo não passo por aqui. Lembra de mim? Do blog umpardeasas.blogspot.com ;)

    Voltei a escrever com duas amigas e estou no http://muitaalmanessahora.blogspot.com/ depois dá uma passada lá.

    "Mas a verdade é que na altura do campeonato eu já esperava ter marcado muitos gols mais. No entanto, ainda me sinto um bebezão desengonçado em muitas situações."
    Adorei isso e me identifiquei. E assim como vc, SINTO MUITO.

    bom te ler de novo *-*

    Beijos

    Iasminne Fortes

    ResponderExcluir
  65. TENHO UM CERTO PRAZER NA ADRENALINA E NA PROXIMIDADE DA MORTE.
    NÃO SEI EXATAMENTE O QUE SENTE, MAIS CONFESSO QUE ADORO ESTA PRÓXIMO DA ETERNIDADE.

    ResponderExcluir
  66. Olá de novo!

    É uma honra saber que sou uma de suas inspirações literárias. hehehe

    Eu li, claro. Sabe aquele mandamento bíblico de só fazer aos outros o que queremos que nos façam? Então... se eu tivesse preguiça de ler textos grandes, seria pecado escrevê-los. hehehe

    De fato fico muito feliz em ter chegado ao seu blog (a rigor, foi você quem chegou ao meu, sei lá como hehe) logo no começo. Já tenho uma porção de boas lembranças de nossos antigos papos por aqui.

    Saudades a gente tem, da família e dos amigos, que temos espalhados por todo o Brasil (na última conta, tínhamos amigos em 14 estados). Mas Fortaleza é um paraíso, e já fizemos várias amizades legais por aqui também.

    Beijão, e até logo!

    ResponderExcluir
  67. Oi Futuro!

    Olha essa:

    Se A é o sucesso, então A é igual a X mais Y mais Z. O trabalho é X; Y é o lazer; e Z é manter a boca fechada. (Albert Einstein)

    kkkkkkkkkkkkkk

    : )

    ResponderExcluir
  68. Oi Rê!

    Vai deixando a gente atualizado aí sobre esse processo!
    : )

    Beijo, lindíssima!

    ResponderExcluir
  69. Faltam 10 dias para 2 anos de blog mulher na policia
    ;-)

    ResponderExcluir
  70. Paloma : Oi Novinha ! :D

    Na boa, acho que vou desistir da polícia e ser roteirista, porque quando cheguei ao último ponto final do post já tinha um filme de ação todo pronto na minha cabeça.

    O Jack Bauer tem uma covinha linda no filme, não sei porque mas tem. AHUAHUAHUAHUAHUAHU

    ResponderExcluir
  71. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  72. Lembrando que a Mari que é responsavel pela descoberta do link do protocolo, ne nao parcerinha?!?!?!

    Obs: mari, vc viu o tanto que eu to light?

    Kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  73. Olá, gosto muito do seu blog..é inspirador!
    Já acompanhei muitas dicas suas e queria mais uma ajudinha, sobre material de estudo para APF, o que recomendaria?!
    Tem algum e-mail que eu possa entrar em contato?! O meu é suelenanina@hotmail.com
    Obrigada,
    Te admiro muito!

    ResponderExcluir
  74. Oi Suelen!

    Obrigada pelo carinho!
    Também tá na luta por uma vaguinha na PF?
    hehehe

    Bom, deixe eu tentar ajudar você... Para as dicas de estudo, recomendo que você acesse a página da Confraria.

    http://mulhernapolicia.blogspot.com/p/confraria.html

    A Confraria é justamente pra orientar a galera que quer entrar pra polícia. Sobre o material, pode falar direto com os "confrades". Eles estão atualizadíssimos com as últimas para concursos do DPF. Eles terão o maior prazer em te ajudar.
    ; )

    Bora!!! Vamos conversar, sim! Tudo o que precisar falar comigo, pode postar aqui mesmo como comentário que se for o caso eu não publico e se não houver problema pra você eu respondo aqui sem dizer seu nome.
    : )

    Vc tá estudando a quanto tempo?

    Fiquei feliz por você ter vindo!
    Muito obrigada e seja bem-vinda!

    ResponderExcluir
  75. Regina!!!

    Você tá bem de parceira, hein?
    Essas duas prometem!

    : )

    ResponderExcluir
  76. tomara que ela nao me abandone tb

    :(

    a Mari é nota 1.000

    Quereria eu poder ser parceira dela um dia

    :)

    ResponderExcluir
  77. Oi Paloma!

    Amei seu comentário!
    kkkkkkkkkkkkkkkk

    Muito divertido! Morri de rir!

    Uma fofoquinha de bastidores... uma escritora me pediu uma vez pra responder umas perguntas técnicas pra ela, justamente porque ela tava escrevendo uma trama policial! Achei muito legal essa experiência!

    Beijo, lindinha!
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  78. hoje tem post novo?

    geralmente domingo tem novidades....

    dia 17 tá chegando...

    ResponderExcluir
  79. André!!!

    Você deve ter muita facilidade de fazer amigos, mesmo? Aposto que isso se deve ao fato de que você envolve as pessoas e as deixa muito à vontade na sua "companhia" mesmo que virtual...
    ; )

    Eu acho que você deveria escrever um livro...
    : )

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  80. O CONCURSO DA PF FOI AUTORIZADO MINHA GENTE

    http://www.in.gov.br/visualiza/index.jsp?data=12/12/2011&jornal=1&pagina=213&totalArquivos=248

    1.200 VAGAS

    ResponderExcluir
  81. Polícia Federal 500
    Papiloscopista Policial Federal 100
    Delegado de Polícia Federal 150
    Perito Criminal Federal 100
    Escrivão de Polícia Federal 350
    To t a l 1.200

    ResponderExcluir
  82. VAMO QUE VAMOOOOOOOO

    GENTEEEEEEEEEEEEEE

    ResponderExcluir
  83. Agora vai!!!
    : )

    Em breve, novos "Novinhos" na PF"
    hehehehe

    ResponderExcluir
  84. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  85. Novinha, perdão por não aparecer sempre aqui, o estudo tá ocupando meu tempo e to com reforma em casa. Mas preciso de um conselho seu. Eu faria o concurso para Agente Administrativo do DPF, mas agora com a notícia que vai ter pra APF eu pirei. Ainda falta dois anos pra eu terminar a faculdade, será que devo me dedicar e fazer pra APF, não tenho garantias que vou conseguir, eu to numa dúvida cruel...

    ResponderExcluir
  86. Oi Masseli,

    Imagina, querido... Tens que estudar mesmo!

    Dois anos é muita coisa. Haja vista que esse concurso é pra contratação imediata.

    Mas o que vc tem a perder por tentar? Acho que só o dinheiro da incrição, né? Bom, eu faria e estudaria como se fosse minha última chance, pois valeria a pena só pela experiência.

    Daí, priorize as matérias que coincidem com o concurso para ADM. Se esse é o seu ideal por agora.

    : )

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  87. Oi Iasmine!!!

    Nossa! Você tava sumidona, mesmo!
    Obrigada pela gentileza de me convidar pra conhecer o teu blog novo!

    Ehh, tô curiosa!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  88. Oi Sylvio!!!

    Uau! Que comentário!
    Você não perde o charme mesmo, né?

    Considero-te um amigo mais que especial, Sylvão, muito obrigada por valorizar tanto esse nosso diálogo. Você aqui me faz sempre muito bem.

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  89. Oi Tipão...

    Dizem que talento corresponde a 1% de inspiração e os outros 99% é trabalho.
    : )

    Agora eu dependo muito de uma coisa chamada motivação... Sem motivação alguma, aí tudo fica muito complicado, não achas?
    : )

    Beijinho!

    ResponderExcluir
  90. Puxa, até eu fiquei emocionado agora, relendo o que escrevi! :)

    Vamos ver se a Regininha detona, né?
    Tamo aqui na expectativa, e na torcida!

    Abração, querida!

    ResponderExcluir
  91. Meu perfil no FAce:
    https://www.facebook.com/Sylvio.d.Alencar

    ResponderExcluir
  92. Sylvio, Madrinha,
    é mta responsabilidade, ne nao?
    faz isso nao gente
    rsrs

    ResponderExcluir
  93. Não é responsabilidade, amiga.
    É torcida!

    : )

    ResponderExcluir
  94. Tudo bem, mas a gente fica querendo nao decepcionar...por falar nisso...rumo à bibi

    ResponderExcluir
  95. Mandou muito bem, Sylvão...
    Vc é o cara!

    : )

    ResponderExcluir
  96. Muito obrigado, vou fazer este...
    Valeuuuuuuuuuuu!
    Cuide-se.
    Bju.

    ResponderExcluir
  97. Valeu!

    Isso isso! Não é 'responsabilidade', ninguém está a colocando para se responsabilizar por nada; e nem 'obrigação', fique esperta para não tornar o que vc está fazendo para se estabelecer numa carreira do jeito que vc quer, em uma coisa torturante, obrigatória, carregada de expectativas. Concurso é preparo, estudo. E SÓ!! Tem gente que acha que se perder a alma neste treco, vai passar...
    O que estou falando é pura psicologia.

    De nós, o que esperamos de vc é que fique de boa amore, o resto, podes crer: é pura torcida!! Falou Rê?

    Besos nas duas, no pescocinho.
    |:P

    ResponderExcluir
  98. Oi Sylvio,

    entendi, mas se a gente nao der o sangue, acho difícil passar nesse concurso,é muito muito difícil, mas se nao passar tb, nao vou morrer, né?

    sem cobranças, fé em Deus, e sangue no zói

    besos

    ResponderExcluir
  99. Oi, Novinha!

    Tenho, sim, facilidade em fazer amigos, sobretudo graças à Norma. Ela é que é a simpática do casal. hehe Eu sou mais introvertido, mas creio que não a ponto de ser antipático. Mas obrigado pela parte que me toca. hehe

    Quanto a escrever um livro, ainda farei isso, se Deus quiser. Na verdade, já tenho esboços para dois. Pretendo me dedicar mais a isso num futuro não tão distante. Mas a prioridade agora é o livro da Norma. hehe

    Falando nisso, você devia escrever um também. É só encontrar uma editora que aceite autoras anônimas. hehe

    Volto depois para comentar seu novo post. Beijão!

    ResponderExcluir
  100. Oi André!

    Bom, se a sua mulher "é a simpática do casal" ela deve ser mesmo um doce! Embora eu pense que você seja um cara modesto.
    : )

    Introvertido... Sei!
    kkkkkkkkk

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  101. Não mesmo!

    O seu estilo de escrever não era assim... Você escreve como quem desenha. Seus comentários são claríssimos, matemáticos eu diria.

    E de repente você muda totalmente o estilo, pra quê? Eu penso, pra me deixar louca.
    kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  102. Não...

    Agora eu não sei de mais nada.
    Não sei nem quem EU sou.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  103. Serei mais clara, maninha. Mil perdões. :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  104. E você adora "colocar pilha" pra ver minha reação...


    Status: Não vale.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  105. Você sabe que não é assim...

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  106. kkkkkkkk

    É assim, sim, senhora!

    Tira umas conclusões sei lá de onde...
    : )

    Cara, suas amigas aí, sua mãe, seu namorado devem sofrer na sua mão!

    : )

    kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  107. O máximo que ocorre é (eu) ficar com cara de interrogação - e ainda assim tentando entender. Nada mais que isso...

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  108. Eu que tiro conclusões...


    Certo...

    (risos)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  109. (olha a pilha!!!)

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Tô rolando de rir!!!

    ResponderExcluir
  110. Você adora isso...!

    Adora!


    Status: Ela sempre consegue botar pilha. Incrível...


    Spartanski

    ResponderExcluir
  111. Não vale...

    Isso não vale...

    :D

    Spartanski

    ResponderExcluir
  112. É mesmo? Olha lá...


    Te adoro, linda. ;)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  113. Não faz essa carinha...

    (risos)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  114. Você adora essa palavra seguida de interrogação, às vezes...



    Não. :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  115. Não...

    Depende muito da pergunta que a precede.
    : )

    ResponderExcluir
  116. "Vai entender esse mundo..."

    Nem tudo precisa de explicação. Nem tudo.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  117. Mas criatura...

    Pra quê a pergunta se a resposta é tão óbvia?

    ResponderExcluir
  118. Porque hoje é um novo dia. Lembra?

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  119. Ou será que não estamos falando da mesma coisa?

    ResponderExcluir
  120. E como você pode ter tanta certeza disso se eu não tenho?

    ResponderExcluir
  121. É mais simples do que se imagina...

    :D

    Spartanski

    ResponderExcluir
  122. Você não tem?

    Curioso.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  123. Você adora essa frase, né?

    Jura que sabe o que imagino...
    kkkkk

    ResponderExcluir
  124. Ha! Estava pensando justo nisso.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  125. Que você devia ter essa impressão...

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  126. Não tenho essa pretenção.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Retifico urgente: pretensão. (risos)

      Spartanski

      Excluir
  127. Fiz uma pergunta e você, em seguida, respondeu. Ao meu ver, era claro que falávamos da mesma coisa. Nada de "advinhações"...

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  128. Você não está atrasada, maninha?

    Spartanski

    ResponderExcluir
  129. Vou repetir.

    "Eu não sei se entendi o que você quis me dizer".

    Porque você tem tanta certeza que eu entendi se eu não sei se entendi.

    Às vezes eu acho que você tá fazendo um jogo, e que no final, se eu apresento uma conclusão, você vai virar e dizer! "De onde você tirou isso?"
    : )

    ResponderExcluir
  130. E o mais estranho de tudo isso, é?

    Raios, se ela quer que eu saiba porque ela não fala de uma vez, em idioma português corrente neste país?!?!

    Rosários bentos!!!

    ResponderExcluir
  131. Não...

    Os planos mudaram para a madrugada a dentro.

    ResponderExcluir
  132. Certo. Não há problema. Tentarei ser/retomar mais clara/clareza. :)


    Não é um jogo. Não se fixe nisso.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  133. Você precisava ter me dito isso, sabia?

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Definição de "isso": "em idioma português corrente neste país?!?!"

      Spartanski

      Excluir
  134. Se você, depois de todas essas "interrogações" ainda gostava de mim.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  135. Precisava ter te dito?

    E isso aqui é o quê? Em que idioma você leu isso aqui? Grego?

    "Maninha... Me perdoa, mas eu trabalhei o dia inteiro. Precisava rever um conteúdo extenso, com o qual vou trabalhar amanhã... Tem mais de duas horas (eu acho) que eu estou esperando pacientemente você dizer algo que eu entendi que estava te afligindo... vc me deu seus e-mails, um link e um milhão de mensagens truncadas... Eu tô tentando de boa vontade, com todo o meu coração entender se tem alguma coisa que você quer que eu saiba, que eu faça por você, que eu... sei lá. Me ajuda... "

    ResponderExcluir
  136. Tive a impressão que era de antes ainda. Antes dessa texto até.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  137. Nesse momento eu não entendi nada...

    Spartanski

    ResponderExcluir
  138. Desculpa, mas é a mesma coisa que vc tá fazendo agora...

    "Tem mais de duas horas (eu acho) que eu estou esperando pacientemente você dizer algo que eu entendi que estava te afligindo... vc me deu seus e-mails, um link e um milhão de mensagens truncadas... Eu tô tentando de boa vontade, com todo o meu coração entender se tem alguma coisa que você quer que eu saiba, que eu faça por você, que eu... sei lá. Me ajuda... "

    ; )

    Tá entendendo agora?

    ResponderExcluir
  139. Status daquele momento: Já tinha dito o que queria dizer.


    E você continuou perguntando...

    Spartanski

    ResponderExcluir
  140. É que eu estou tentando explicar como eu via a sua reação.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  141. Em português do Brasil!!!

    "Eu não entendi o que você quis dizer"

    ResponderExcluir
  142. Eu explicava algo, em seguida, você perguntava o que eu estava querendo dizer...

    Spartanski

    ResponderExcluir
  143. In English...

    "I didn't understand what you mean!!!"

    ResponderExcluir
  144. Em Francês!

    : )

    "Je ne comprend pas qu'est que vous vouler me parler!!!"

    ResponderExcluir
  145. Em grego agora, manda:

    " "


    (risos)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  146. "Eu não entendi o que você quis dizer"


    Fico me perguntando:

    Não entendeu o que eu quis dizer com o que?



    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  147. Em Spartanskinês...

    "Eu negativo (-) (compreender=entender=apreender_ o quê¹ você (spartanski) quer (deseja + intenciona) me transmitir via mensagem de blog²

    ¹A coisa.
    ² Mulher na Polícia.

    (olha a pilha)

    ResponderExcluir
  148. Não acredito que você está botando pilha... Ha!


    risos!


    Spartanski

    ResponderExcluir
  149. Sobre o e-mail...

    Cara... vc já tinha me dado seu e-mail.
    Não te lembras?

    Disse a você que alguém (agora nem lembro quem era) havia pedido o teu e-mail... e você postou em comentário...

    ResponderExcluir
  150. Logo... o que não estava claro, não era "toma o meu e-mail" era "eu vou te dar um e-mail de presente, embora eu já tenha te dado o meu e-mail"

    : )

    ResponderExcluir
  151. 14 de outubro de 2012 18:07
    Spartanki!

    Tem uma leitora nossa pedindo o seu e-mail, mas ela pediu pra eu não divulgar o comentário.

    Você tem algum e-mail que possa ser divulgado aqui? É a respeito de uma prova em Alagoas.

    : )



    Resposta sua:
    Spartanski14 de outubro de 2012 18:35
    spartanski@live.com

    [essa mensagem se autodestruirá em: ]



    Spartanski

    ResponderExcluir
  152. Notou o quê???

    (lá vem ela com o joguinho de advinhações)

    : )

    ResponderExcluir

Confissões