sábado, 17 de julho de 2010

Efeito colateral.

Tinha alguém observando a diligência policial. Era uma menininha de uns 5 anos, creio. Ela me estende uma folha de caderno dizendo que é um presente. Era o desenho de uma mulher segurando uma arma enorme em uma das mãos. Horrível, mas era eu. E como odiei ser o que ela viu... Agradeci o presente e investiguei, na tentativa de minorar o estrago, "Ué... e essa arma enorme aqui, mocinha? Eu não estou segurando arma nenhuma..." falei deslizando os dedos pelos cabelos de boneca dela. "É, mas você tem uma 'iscudida', não tem?" Na verdade eu portava duas armas individuais, uma na cintura e outra na canela, sem contar as de uso coletivo que não estavam comigo naquele momento. Melhor mudar de assunto. "Você é muito linda e muito espertinha sabia?" Ela sorriu e eu insisti "Mas eu também não estou usando esses saltos altos chiquérrimos como você desenhou. Olha aqui a minha botinha". Eu me apegava a detalhes querendo convencê-la (ou me convencer) de que havia algum engano e que aquele desenho não podia ser eu. Então ela explicou direitinho que aquilo realmente era salto de modelo, que eu sou modelo para ela que seria, então, a minha estilista. Assim entendi que "monstra" não era eu no desenho mas essa baita responsabilidade.

203 comentários:

  1. Parabéns pelo texto querida, sempre me fazendo pensar e me apaixonar!

    "cronica da vida real"

    Beijus enormes*

    ResponderExcluir
  2. Me cuesta trabajo tomar la esencia de tus palabras, debido a que no hablo portugues...Pero creo que lmentable que los chicos lleven armas a las escuelas cuantas vidas ha costado esto, vivimos en un mundo de caos.


    Besos con cariño

    ResponderExcluir
  3. É algo complicado, pois sempre vamos ter a imagem de profissão, mas não impede que a nossa própria imagem sobreaia a imagem da profissão...

    Fique com Deus, menina Mulher na Polícia.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. as crianças tem essa mania de nos despir dos nossos espelhos,

    beijo

    ResponderExcluir
  5. É bom ser exemplo para os outros, princicpalmente sendo uma criança. Adorei este relato. Bjos.

    ResponderExcluir
  6. Ahá, minha amiga! Até que enfim consigo comentar em primeiro lugar uma postagem sua! Geralmente eu era o 80º a confessar... rs
    Muito legal seu lado observador (que deve ser nato em qualquer policial) e seu carinho com a menininha.
    Mas se ela não mudasse de opinião, você deveria enquadrá-la por desacato.
    Brincadeira, hein?!
    Bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  7. No decorrer da vida, não escapamos de nehuma (responsabilidade).
    Assumi-las é o que nos faz de nós pessoas melhores.
    Pelo que vejo, é isso que vc faz; se homens, como vinhos, melhoram com o tempo, as mulheres também.

    Carinhosos abraços.

    ResponderExcluir
  8. Querendo ou nao, sempre somos exemplos, formadores de opiniao para os 'pequenos'. Isso é complicadissimnos, pq nem sempre estamos de prontidao para passar com convicçao o certo e o errado!!!

    Beijosss

    ResponderExcluir
  9. Eu já era curioso por conhecer uma foto sua. Agora a minha curiosidade dobreou. deve ser a policial mais linda de todas as juridições daqui e alhueres. rsrs. Abraços. Paz e bem

    ResponderExcluir
  10. De policial à Modelo, com direito a estilista particular?!
    Você tá se superando a cada dia, hein?
    Falta só um empresário agora pra agendar as turnês mundiais hehehehehe...
    Não esquece de levar a arma e o salto alto, hein :p
    Assim que li, lembrei desse desenho:
    http://th05.deviantart.net/fs50/300W/f/2009/291/7/1/Madame_Mirage_Commission_by_rebekahann.jpg

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

    Té mais, Cop!

    ResponderExcluir
  11. Oi Lela!

    Obrigada por ter vindo!
    Já tava com saudades suas por aqui...
    Obrigada pelo incentivo, linda!

    Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  12. Querida amiga, Ballesteros!!!

    ¡Qué suerte tengo de tenerte aquí y poder descubrir cada día tus preciosas letras.

    Ay, perdóname. Hay muchos modismos en mis palabras... lo compreendo, chica. Y agradezco su esfuerzo.

    Tengamos cuidado de nuestros chicos.

    Besos!

    ResponderExcluir
  13. Olá Daniel,

    Ou talvez, quem sabe a gente possa mudar a imagem da profissão, pelo menos para aqueles que estão ao nosso redor... Sonhos, né?

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Oi Assis,

    Elas mexem mesmo no espelho da gente.
    : )

    Isso foi bom pra mim, apesar dessa responsabilidade nos ombros.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Super criativo...parabéns.


    abraços

    de luz e paz


    Hugo

    ResponderExcluir
  16. Obrigada Eder,

    É bom... mas às vezes é muito complicado. Imagine voce se eu estivesse prendendo o pai dela, ou a mãe, ou um irmão... Situaçãozinha delicada, né? Deus me livre.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Apesar da ausência do meu blog acompanho todos que gosto. Adoro seus textos. Grande Abraço. Seu blog continua ótimo!!!!

    ResponderExcluir
  18. Oi Dr. Wolber!

    Não desista, viu??? já subiu bastante no runking de 80º para 6º em tão pouco tempo, posso garantir que você ainda vai ser o "zero um".
    rs rs rs

    A gente nunca se prepara pra esse tipo de situação, Dr., imagina que você se prepara pra encontrar um bandido na porta à sua frente e quando entra dá de cara com uma menina dessas. É difícil demais.

    Ah, você não deve entender muito de moda, mas lá é o estilista que enquadra o modelo. Melhor colaborar.
    : )

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  19. Oi Sylvio!!

    Você falou tudo. Me lembrei de uma fala do Homem Aranha no filme "Grandes poderes trazem consigo grandes responsabilidades". No meu caso os poderes não são tão grandes, mas algumas responsabilidades pesam toneladas nos ombros.

    Toda dica que quiser me dar, como essa das palavras de verificação, será muito bem vinda, tá? Eu realmente apreciei muito você ter dado esse toque. Obrigadão!!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Oi Rê,

    É complicado mesmo, linda, porque tem coisa mais contagiosa que o exemplo?

    É tão bom quando você vem.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Responsabilidade às vezes no dá um senso de orgulho tão grande, mas às vezes dá um aperto e um desespero que a gente se acha incapaz de tudo e de todos.
    Faca de dois gumes, praticamente.

    Suas postagens têm ficado cada vez melhores, Novinha!

    (Ah, e sobre sua pergunta lá no meu blog, eu espero sinceramente que a cena de você me perguntando sobre o tornozelo daqui alguns anos aconteça! HAHAHAHA E as provas ainda não começaram... As inscrições costumam sair agora em agosto e setembro, e as provas entre novembro e janeiro - contando com primeira e segunda fase, e tal).

    ResponderExcluir
  22. Mulher Maravilhosa, alguém que escreve como você escreve, não é "monstra" nem aqui, nem na China. Você é sim, uma pessoinha apaixonante!!!
    Beijos e uma excelente semana!!!

    ResponderExcluir
  23. Oi Cacá!!!

    Tem muita mulher bonita na polícia, querido, para todos os gostos. Aliás, a mulher brasileira é realmente de tirar o chapéu e as da polícia brasileira, consequentente, são mesmo de parar o trânsito em todos os sentidos. rs!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. Simone, querida!!!

    Que bom que você veio!
    E que bom saber disso!

    Obrigada, linda!

    ResponderExcluir
  25. Olá Vanrogue!!!

    Pois é... Isso é o que se pode chamar de uma carreira meteoro, não?? hehehe

    Aposto que se você jogar no google, "armas e salto alto" só sai pornografia... Hahahahahaha Não é bem essa a minha praia não... rs!

    Adorei a imagem!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Oi Gigi!!!

    Que bom que você veio, amiga.
    Sim, maravilhoso o quê???
    Vc tá falando do filme que comentamos no outro post???
    rs rs rs

    Sabe quando você fica doida pra comentar um filme com alguém?

    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Oi Tamara!!!

    Eu cresci assumindo alguma responsabilidade, era pra eu já ter me acostumado. Mas essa realmente assusta um pouco, sabe. Incoerente isso, mas ao mesmo tempo que eu queria assumir novos desafios eu tremo as bases diante dessa responsabilidade toda.

    Vai entender...

    Se "aquela" cena acontecer um dia... eu prometo que vou postar a história completa no blog. hehehehe Com muito prazer!

    Beijos, linda.

    ResponderExcluir
  28. Oi Ana...

    Quanto carinho gostoso nesse comentário, linda.
    A gente sente, viu?
    Muito obrigada.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  29. ó, procê:

    "na vida real as aparências
    estão do outro lado do espelho
    na vida real não me assemelho
    à simulação das evidências".
    (sérgio godinho,
    compositor da cidade do porto)

    beijo.

    r.

    ResponderExcluir
  30. Oi Roberto!

    Que saudade!

    Adorei esse poema! Me diz tanto. E neste momento me cabe como uma luva. É por isso que eu amo poesia. Os poetas sempre dizem o que a gente não sabe expressar.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  31. HAHAHAHAHAHAHAHA...
    Pois é, fiz o teste, e nao gostei do resultado!!
    Mas também tentei do google "cop girls" e também só deu pornografia ¬¬
    Mas tudo bem, fazer o que né...

    ResponderExcluir
  32. Oi Vanrogue!!!

    Bom... mas também não são apenas as policiais que têm tal estigma... as pobres das enfermeiras, as professorinhas, as colegiais, as empregadas domésticas... e quem ganha com isso é a lojinha de sex shop! Né, não?
    : )

    Bom demais quando você vem!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  33. Realmente não dá pra arredar o olho do teu blog nem por um segundo. Tem vezes que fico um tempão sem ler e, quando venho, me sinto desatualizado.
    Penso em escrever um artigo sobre blogs que publicam narrativas e que tenham valor literário. Creio que iniciarei por aqui.
    Beijos

    ResponderExcluir
  34. Oi Otário!

    Não sei nem o que dizer pra te agradecer por essa força toda que você me dá, Otário. Sinto que já estou ficando repetitiva. rs rs rs

    Mas você não disse nada sobre a postagem... Aliás você não diz muita coisa específica. O quê é que você realmente vê nesse blog? Se você me falar eu posso tentar entender melhor essa coisa de valor literário...

    Um beijo e mais uma vez, obrigada!

    ResponderExcluir
  35. Oi, valeu pela força. Tô muito puta com a atitude de muitos de meus companheiros, é um egoísmo só. Só pensam neles! Tentei fazer uma coisa para melhorar a vida de todos e só consegui vírus em meu PC e discórdia entre nós. Enquanto isso os oficiais continuam rindo cheios de privilégios e nós, por conta de nosso egoísmo, só nos arrebentando, aí eu me pergunto: Por que continuar? Por que arriscar-me a perder meu emprego por pessoas que não estão nem aí? Difícil amiga! Desculpe o desabafo, acho até que me desmandei. Bjs e muita, muita felicidade pra vc.

    ResponderExcluir
  36. Oi linda,

    Olha, eu não quero que você se prejudique por causa de seus colegas egoístas não. Eu não sei até que ponto você acha que vale a pena vestir a camisa da sua instituição, mas fico preocupada. Acho você uma mulher tão corajosa e tão comprometida, engajada, que sinceramente, já temi por sua segurança sim.

    Por outro lado amiga, eu acho que você já fez um trabalho gigante com o seu blog. Você tem semeado ideias e elas às vezes demoram um pouco pra germinar de mais ainda pra dar frutos.

    Olha... se eu conhecesse uma antigona assim igual a você eu iria te encher muito o saco pra poder aprender tudo o que você tem a me ensinar, mas se não te dão valor aí, porque que você não vem trabalhar aqui.
    : )

    Bom, eu tô contigo e não abro. Pode contar sempre com o meu apoio. Tá bom???

    Super beijo, amiga! Te cuita tá???

    ResponderExcluir
  37. ser modelo é sim algo difícil e delicado. mas quem sabe, você esteja plantando a semente de um mundo melhor dentro dessa menininha. mesmo que para isso, armas "enormes e truclentas" sejam necessárias. afinal, o mundo tem as suas sujidades. e no seu trabalho, o contato é ainda maior.

    não se deixe endurecer demais.

    força sempre.

    ResponderExcluir
  38. Engraçado como nos chocamos quando nos deparamos com a visão do outro a nosso respeito, não é?
    É claro que vc não é monstra nenhuma. Mas seu post me fez pensar nisso. A verdade é que nunca estamos praparados para saber como as pessoas nos vêm. Dizemos que sim, dizemos que queremos sinceridade, transparência, críticas... mas quando a visão deles a nosso respeito nos é apresentada, nos chocamos.
    Caramba! Vc me levou a uma reflexão muito profunda... que sabe isso dê um futuro post... rs.

    Beijos, querida.
    Ótima semana pra vc.
    Deus é contigo.

    ResponderExcluir
  39. G.

    Você precisava ter visto os olhinhos dela. Difícil amiga... Muito complicado.

    Sabe quando não era pra ter uma criança numa cena? Não... nada a ver.

    Muita responsabilidade.

    Beijo, linda!

    ResponderExcluir
  40. Oi Sanzinha!

    Que reflexão, amiga... profunda mesmo.
    Me fez analisar a coisa sob outro ângulo, também.

    É tudo muita novidade pra mim ainda... até hoje, mas me ver pelos olhinhos dela foi chocante mesmo. Talvez eu não esteja encarando de fato a verdade sobre tudo isso.

    Acho que nossa conversa amenizou um pouco o impacto refletido naquele desenho, tanto pra ela, quanto pra mim.

    Foi muito bom você ter vindo.

    Beijos, flor.

    ResponderExcluir
  41. Porque faz o que faz com amor é que o que parece rude demais se torna lúdico aos olhos e uma criança.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  42. Bacana essa atitude de vc querer mudar a imagem que a populacao tem da policia... tambem tento fazer isso, sobretudo com as criancas... elas precisam enxergar a polícia como uma aliada, nao como algo negativo, como muitas enxergam atualmente.

    Ah! Voltei a publicar no blog da comunicacao... deixei um texto la... bjocas!

    ResponderExcluir
  43. HAHAHAHAHAAHHAHAHA...
    sex shop ta faturando encima de tudo ultimamente, daqui a pouco vai faturar até encima de igreja ¬¬

    Mas em resposta a sua pergunta no meu blog:
    Se você acompanha os noticiarios, acho que sabe o escandalo que anda acontecendo em SC em um colegio da capital. Um rolo com uma garota que foi violentada, de um colegio bem famoso daqui. Então, já vinha muito tempo querendo comentar sobre isso no blog, mas sem tomar partido nenhum, mesmo sabendo qual seria o meu!
    Foi quando resolvi escrever algo ali na hora, sem nada planejado ou pensado, simplesmente foi saindo aquele texto, que no fim nem eu pude entender muito bem hehehehehe...
    Sobre a questão do amadurecimento rsrsrsrs
    Acho que sou maduro o suficiente pra minha idade, que também não é pouca, mas prefiro optar pelo jeito brincalhão e um pouco Nerd!
    Mas quando se trata de ser sério, acho que sou até demais hahahaahhaahaha...

    Mas então, é isso, eu acho...
    E por favor, ajude-me a divulgar meu blog :D

    http://taleofrunaways.blogspot.com/

    Té Mais, Cop!

    ResponderExcluir
  44. Cadinho!!

    Tomara que você esteja certo. Aliás, certo acho que você está, mas tomara que o que disse se aplique ao que narrei.

    Beijão pra você, moço.

    ResponderExcluir
  45. Vitão,

    Pra te falar a verdade, nem pensei na "imagem da polícia" nessa hora. Pensei no estrago que poderia ter feito naquela pessoinha.

    Vitão... já viu que nessas cenas mais truculentas do herói policial na TV nunca aparece criança vendo,né. Acho que é devido ao fato de que a ação pode ser até legal (tanto no sentido moral como jurídico da palavra) mas se tem uma criança olhando você faria diferente, ou nem faria.

    Putz, acho que não nasci pra isso não, amigo, sinceramente.

    Um beijo pra você.

    ResponderExcluir
  46. Oi Vanrogue!!!

    Sim... o caso do estupro no Colégio Catarinense de Florianópolis... Agora entendi... Isso está tendo repercussão mesmo. Enquanto a RBS tenta abafar mais divulgada fica a coisa. Olha, é bem capaz de aparecer muito mais coisa ainda desses bandidos adolescentes aí... não duvido nada. Muito triste isso.

    Então você é de Floripa, Anderson?

    : )

    Beijos!

    ResponderExcluir
  47. Adoro passar por aqui, te acho super inteligente e "conhecer" ou ter a possibilidade de acompanhar é maravilhoso.
    Isso é fato quando olhamos uma policial logo imaginamos além da arma um salto (lógico) e eu acho muito legal policial feminina.
    Beijos amiga

    ResponderExcluir
  48. as vezes queremos a aprovação de Deus e o mundo, quando nem a nossa própria aprovação temos. As vezes usar o verbo ser no presente é complicado. os seus textos me traz algo...bom! te encontrei em um dos comentários de meu blog, e pelo nome me interessei pelo que você escrevia - e não me decepcionei (: bgsmil;**

    ResponderExcluir
  49. Hum... você inspirou a imaginação da menina... ela te destacou como mulher, com o salto e como policial com a arma... suponho...

    hehehe

    xD

    ResponderExcluir
  50. Oi Cleia!

    Ô minha linda, que comentário mais carinhoso. Você é um doce, mesmo!

    Que coisa boa saber você está me acompanhando. Quem não quer uma companhia dessas?

    Embora eu seja super fã de um belo e elegante salto alto como tantas outras mulheres, amiga, admito que é bem dificil ter oportunidade de usá-los nessa atividade. Mas, pra quem sabe usar, o salto bem que tem suas vantagens, é verdade ou não é???
    kkkkk

    Super beijo, querida!

    ResponderExcluir
  51. Oi Piie'tra!

    Seja muito bem-vinda!

    Caracas guria, você é psicóloga ou lê a mente das pessoas? rs rs rs

    Eu tenho um problema sério com isso de necessitar da aprovação dos outros. Não acredito que você leu isso nas entrelinhas do texto... ou será que está mesmo claro mais do que claro???

    Sabe Piie'tra, eu não queria ser assim... mas não sei nem como começar a tentar mudar isso.

    Obrigada por ter vindo.
    Seu comentário mexeu comigo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  52. Oi Taw!

    As crianças observam os adultos e os imitam. De alguma forma elas querem ser iguais aos adultos que admiram.

    Uma das técnicas que os psicólogos utilizam para avaliar a personalidade da criança, se é que se pode colocar isso nestes termos, é o desenho.

    Eu não faço idéia do que significariam os saltos no contexto da cena refletida no desenho dela, mas foi o link que achei pra falar em sua linguagem. Acho que as meninas aprendem cedo esses símbolos de feminilidade e isso de modelo, de desenhos de moda já faziam parte do universo dela. Tentei ir por aí.

    Bom, eu fiz o que pude, mas não gostei nada de ver uma menina tão pequena e tão linda me desenhando com uma arma na mão e sinceramente peço a Deus que tire da cabecinha dela tudo o que ela viu (ou sentiu).

    Infelizmente, amigo, a gente não tem como checar se há crianças na cena antes de agir.

    Enfim, muitas operações policiais têm efeitos colaterais muito desagradáveis. É uma pena.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  53. Nos faz pensar nos personagens que vestimos ao longo da vida, de acordo com situações e escolhas, não?!

    Mas que fofa esperta essa minina!! Me apresenta!! ;-)

    Beeeeeeeejo!

    ResponderExcluir
  54. Na rotina policial, experiências com crianças sempre são marcantes.

    ResponderExcluir
  55. Não podemos desistir nunca de nossos sonhos, paz.
    Beijo Lisette

    ResponderExcluir
  56. É porque os pequenos conseguem enxergar a nossa alma. Aquilo que não mostramos ou que desejamos esconder...

    Beijos na alma!
    Layla Barlavento
    culpadowalter.blogspot.com

    ResponderExcluir
  57. Oi Dany!!!

    Essa vida de "modelo" é muito complicada, amiga... observadores anônimos estão por aí em todo canto prontos para nos flagrar em situações desconfortáveis. rs rs!

    E pela convicção com ela que falou acho que vai ser estilista mesmo... hã... Já é.
    : )

    Ah! Linda... olha esse desenho que o Vanrogue me mandou! Acho que você vai gostar:

    http://th05.deviantart.net/fs50/300W/f/2009/291/7/1/Madame_Mirage_Commission_by_rebekahann.jpg

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  58. Lago!!!

    Quando quiser me contar as suas será um prazer enorme.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  59. Oi Lisette!

    Seja bem-vinda e obrigada pela companhia!

    "Lutam melhor os que têm belos sonhos" (Che Guevara)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  60. Oi Layla!

    É amiga, infelizmente na vida não há como controlar as cenas que as mais indicadas para os pequenos... e esse trabalho aqui não tem nada de "infantil"... Não é brincadeira.

    Se todos nós tivéssemos esse olhar puro de criança nem precisaríamos de polícia, de leis de governos, não é?

    Beijinho!!!

    ResponderExcluir
  61. Com certeza. Com tudo que se passa na televisão, os policiais são os mocinhos. Exemplos a seguir.

    Uma vez, viajando de uma cidade à outra de ônibus, uma criança quis viajar em meu colo. Deveria ter uns 5 anos, mais ou menos, e começou a me contar uma história. Fiquei horrorizada, todos os personagens tinham facas, estiletes e se matavam... :(

    ResponderExcluir
  62. Já disse, pra mim é um desenho de você! Fantástico!

    Beeeeeejo!

    ResponderExcluir
  63. Poxa, voce falando assim, me veio a mente uma cena onde um povo aí tava entrando num barraco atrás de drogas, ai um cana colega viu um casal com um bebe no colo... e já ia desanimando de continuar a busca. Ainda bem que outros canas estavam lá pra terminar o serviço... é chato mesmo quando envolve criança, mas se tiver que revistar uma, assim vai ser... infelizmente os vagabundos de plantão usam esses artifícios para sensibilizar os canas e evitar o flagrante... lógico que tem que ter um tato maior, mas é importante ver se a criança não está com alguma coisa errada..
    Bjos!

    ResponderExcluir
  64. shiiiiiw!! não revele minha identidade secreta por ai :p hahahahahha...

    Moro sim! A longos 19 anos da minha vida...
    E vou te dizer, não é uma cidade facil, por mais que a midia viva dizendo que é a melhor do país.
    Realmente é otima, mas a midia faz tudo ficar maravilhoso quando abafa as coisas ruins!
    Mas poderia ser pior, não é?

    Té Mais, Cop!

    ResponderExcluir
  65. Espelho, modelo, paradigma, mira, seta e alvo... ;)

    ResponderExcluir
  66. Oi Érica!

    Tava com medo do seu comentário nessa postagem
    : )

    Aliás, amiga, eu ando inibida com o tanto de psicólogo, professor, jornalista, mestre e doutor que vem me ler.

    Adorei essa história da criança no seu colo. Tudo o que atrai criança me atrai também.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  67. Oi Dani!!!

    Essa sua imaginação... hahaha

    Fofinha... só queria te avisar que estou comentando em postagens antigas suas, tá??? É o meu jeitinho de protestar (sem pressão kkk) por novas postagens no blog que eu amo.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  68. É Vitão, você tá certíssimo, não dá pra ser sentimental na polícia. Eu sei dessas histórias de vagabundo. Conheço uma em que introduziram um celular no ânus de um bebê para entrar num presídio. A gente não pode dar mole, mesmo não. Os agentes penitenciários suspeitaram por causa do choro da criança.

    :..(

    ResponderExcluir
  69. Obrigada Francisco!

    Você faz mágica com as palavras!
    Me ensina!

    rs!

    Um beijo!!!

    ResponderExcluir
  70. Ola... acabei de ler um comentario seu no blog da Erica Vittorazzi... estou seguindo seu blog! t convido p visitar o meu!

    Gostei muito dos seus textos!
    Manda p mim tb seu Meme..

    beijos

    ResponderExcluir
  71. Oi Carol!!!

    Que legal!
    Obrigada, linda!
    Claro! Vou lá te conhecer!

    Eu não utilizo aquela conta do meme, só curto o que o pessoal posta por lá.

    Também faço parte do fã-clube da Dra. Erica Vitorazzi. hehehe

    ResponderExcluir
  72. Hahaha! Pois é, doce ilusão... Vamos tentando, realmente 06 já é uma boa colocação. Não vou pedir pra sair!!! rs
    Já vi que pra tentar ser o primeiro, terei que ficar de tocaia, esperando um texto seu. Se bem que tocaia contra policial pode ser arriscado.

    Tudo de bom pra você e uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  73. Rs, rs...

    Arriscado?
    Até você tem medo de polícia?
    : )
    Não deve ser maior que meu medo de dentistas. Sou dessas que jamais deixaria meu dentista contrariado.
    rs rs rs

    Obrigada por ter vindo!
    Beijinho.

    ResponderExcluir
  74. Se um dia vc decidir largar isso aqui e parar de escrever, pense mil vezes antes e mude de ideia. Eu iria sentir muita falta do teu sentimento.

    ResponderExcluir
  75. Flor.... amei o seu comentario!!... meu blog ta bebê ainda =D

    Amei ver meu blog no "rol de testemunhas!! rsrs

    vc tb esta linkada no meu... no "eu recomendo"

    bjos

    ResponderExcluir
  76. Rafiki,

    : )

    Nossa! Que delícia ler isso... mas claro que eu sentiria muito mais falta desse contato precioso com vocês.

    Obrigada pelo comentário encantador.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  77. Oi minha linda!!!

    Somos parceiras, então!!!
    E isso me deixa muito feliz.

    Obrigada pelo carinho e pela honra.

    Beijinho!

    ResponderExcluir
  78. Que lindo querida!
    Alma de criança, um ser tão puro e transparente. Nos deixa com o coração na mão.
    Feliz dia do amigo!
    Tenha uma ótima semana.
    Com carinho, Lady.
    Bj

    ResponderExcluir
  79. Oi Lady,

    Puxa!!!
    Obrigada por ter se lembrado de mim...
    Eu mesma nem sabia que hoje era dia do amigo!
    Quero dizer, sabia, mas tinha esquecido.

    Valeu, minha amiga, obrigada!
    Beijos pra ti!

    ResponderExcluir
  80. 'Era o desenho de uma mulher segurando uma arma enorme em uma das mãos. Horrível, mas era eu.'

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

    Que texto mais fofo ^^

    ResponderExcluir
  81. Oi Dayne!!!

    Vc ri, né?!
    Digamos que não era o meu melhor ângulo.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Beijo!
    'brigada, moça!

    ResponderExcluir
  82. Sobre o questionamento "Isso é autobiográfico?", bom, tudo o que eu escrevo lá, mistura o que eu penso, o que eu sinto, o que eu vejo, com muita fantasia. Há um misto de realidade e abstração, assim como há dentro de mim.

    "Posto que tudo em mim, é fantasia."

    ResponderExcluir
  83. Ah é?

    E toda pergunta que a gente faz você responde assim nesse estilo como quem responde por poemas?
    : )
    Gosto demais da sua companhia.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  84. Amei demais, obrigada pelo carinho. E mto bom contar com a galera do blog rs
    Bjos

    ResponderExcluir
  85. Oi Ju!!!

    Amigos (inclusive os virtuais) são pra essas coisas. Pra darem a maior força pra gente, ué.
    : )
    Beijos, menina.

    ResponderExcluir
  86. Querida, lembrei-me de um filme em que o pai, policial, toda noite substituía os clássicos contos de fada por detalhes dos crimes a que presenciara no dia. A mãe, estarrecida, acusara-o de estar roubando a infância da menina. Ele respondeu que "o que mata aqui é a inocência. Todos os dias, várias garotinhas como ela são mortas pq quem oferece balas não é o príncipe encantado". Exageros à parte, é o ônus de se viver no século XXI. Nossas crianças amadurecem absurdamente mais rápido, e têm de ser instruídas a se protegerem.
    O monstro está aí sim. Mas não se esqueça de q é vc quem o combate, e não o contrário.
    Grande beijo.

    ResponderExcluir
  87. Eu deveria fazer um quadro desse comentário seu e colocar na parede. Mas acho que tenho um lugar melhor pra guardar essas palavrinhas.

    Obrigada Ana.
    Não vou esquecer.

    Beijão.

    ResponderExcluir
  88. Lembrei-me do filme "Miss Simpatia".

    Talvez essa criança cresça e se esqueça, ou diferente disso, ela cresça e lembre-se desse momento tão peculiar e saiba olhá-la com respeito. Aliás, cada um cria seu super-herói e você tenha sido a inspiração para o futuro dela. Todos queremos dar bons exemplos, pense dessa maneira.

    Beijos
    :*

    ResponderExcluir
  89. Oi Babizinha!

    Adorei esse filme, mas a que cena ou detalhe especificamente você se refere?

    Bom... é isso. A gente vê tantas histórias onde tudo começa com um fato da infância, né? Fiquei preocupada na hora, depois acho que tudo ficou tudo bem. Espero.

    Um beijo, mocinha!

    ResponderExcluir
  90. Bom se tudo pudesse ser dito por poemas, isso me lembra um outro poema, de Leminsk. Vou colá-lo aqui.

    moinho de versos
    movido a vento
    em noites de boémia

    vai vir o dia
    quando tudo que eu diga
    seja poesia

    Paulo Leminsk

    ResponderExcluir
  91. Olá Rafiki!

    Esse será o dia perfeito.
    Arrasou citando Paulo Leminsk, hein!

    A cada dia sinto maior o desafio de estar à altura dos meus leitores.

    Beijos querido!

    ResponderExcluir
  92. Olá! :)

    Sim, tudo bem, linda. E com você?



    Estou vendo um sorriso...!

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  93. Ué...

    E alguma vez eu recebi você aqui de cara feia???
    : )

    ResponderExcluir
  94. Jamais!

    É que eu gosto de ver. Dia após dia...

    :)


    Vamos!

    Spartanski

    ResponderExcluir
  95. Sabe, eu deveria ter te chamado pra estudar comigo às três... foi um fiasco! Perdi meu tempo precioso de sono, porque tava completamente desconcentrada.
    : )

    Ódio!!!

    ResponderExcluir
  96. Me fala do seu joelho, da musculação, das corridas e dos estudos.
    : )

    + 15?

    ResponderExcluir
  97. Joelho: 100%!

    Musculação: Treino/Costa [hoje].

    Estudos: Tentando acelerar.

    Corridas: Seleção de dias: Hoje dei uma pedalada nível "Turbo/Inicial". Amanhã é dia do 3x800.

    :)


    + 15min! Go!


    Spartanski

    ResponderExcluir
  98. Como está caminhando?

    + 15min?!

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  99. É?

    Que legal! Semana que vem quero voltar a te acompanhar.

    Você dormiu bem?

    Quanto à minha releitura... tá indo muito bem. Mas essa noite vai ser longa.
    : )

    +15

    ResponderExcluir
  100. É sim.


    Volta. Estou sentinto falta de correr contigo.



    Um pouco.


    Que bom que está indo bem. Estou aqui. Hoje "o céu é o limite"! ;)

    + 15min



    E você? Dormiu tão pouquinho, creio. Como foi seu dia?

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  101. Saí pra trabalhar incrivelmente mal humorada e, desculpe a expressão, de saco cheio, disso tudo.

    Mas o dia foi melhorando aos poucos. Tive momentos muito legais, divertidos... em que me senti até feliz.

    Que bom que você tá aqui comigo.
    : )

    + 15!

    ResponderExcluir
  102. É, logo cedo meu humor também não estava dos melhores.



    "Disso tudo"? (?)


    Que bom que foi melhorando, maninha. Bom saber que estás bem.


    Que bom que (você) está aqui (também).

    :)

    Vamos lá! + 15min.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  103. É.
    Da minha visão romântica sobre as pessoas.

    Não te preocupa.

    +15!

    ResponderExcluir
  104. E o seu humor tinha algum motivo pra estar alterado? Ou é coisa normal de mulher?

    : )

    ResponderExcluir
  105. Sim, tinha, de certa forma.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Retifico:

      "Sim, tinha de certa forma".

      Spartanski

      Excluir
  106. Ainda não bateu o soninho? Nadinha de nada?

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  107. Estava um pouquinho triste, talvez.


    Não, não estou com sono.
    Vamos +15min.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  108. Tradução:

    "Tinha" - no passado, logo, não tenho, mais e o motivo não interessa?

    kkkkkkkkkkkkk

    Eu mereci!
    : D

    ResponderExcluir
  109. "Triste" é ser sinônimo de pensativa, às vezes.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  110. Você está "botando pilha", não vale...! (risos)


    A minha correção era só pra tirar a carinha, mas na postagem de retificação, faltou vírgula.

    Retifico again:

    Sim, tinha (motivo), de certa forma.


    Para...

    (risos)


    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  111. Calma...

    Não está mais aqui quem perguntou...

    (rs rs rs rs rs)

    ResponderExcluir
  112. Graças ao seu empenho e dedicação, linda. :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  113. O sono me pegou.
    O que acha de dormir agora e voltar à 1h?

    : )

    ResponderExcluir
  114. Não é muito cedo pra você? Me preocupo.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  115. Nem por um minuto. Talvez, que estivesse sendo difícil acordar.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  116. Achou que eu não viria [2]?

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  117. Não... a preocupação é maior.

    Você dormiu ou veio direto?

    ResponderExcluir
  118. Deitei, o tempo passou (devo ter cochilado umas duas vezes) e vim.

    E você?

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  119. Entendi.


    Vamos sim.

    Te vejo em 15min, maninha! ;)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  120. Não há o que agradece, linda.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  121. Como está aí, maninha?!

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  122. Tá indo tudo bem por aí?

    Muito sono por aqui...

    : (

    ResponderExcluir
  123. É... bastante.

    Acho que vou tomar um banho pra acordar e pegar um café, também.

    ...

    ResponderExcluir
  124. Voltei...
    : )

    Tá tudo bem aí? Tá rendendo?

    ResponderExcluir
  125. Você sabia que eu sou apaixonada pelo Eminem???
    : )

    ResponderExcluir
  126. "Não seja um perdedor, não interessa o quanto você queira cair e ter um colapso."

    Gosto disso. :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  127. Então, presumo, gostou da "indicação"...

    :D

    Spartanski

    ResponderExcluir
  128. Com todo respeito?

    Mal educados são os meus feromônios...

    kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  129. Passou o sono um pouco mais? :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  130. Sem sono e pegando o ritmo.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  131. Difícil acreditar que estou a essa hora sem sono e no pique.

    Obrigada pela companhia...

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  132. Esqueci de mencionar, também não sei de é verdade; é interessante tomar café antes de chegar o sono, porque ou ele faz ficar acordado ou faz querer dormir ainda mais.

    Já notou algo desse tipo?

    Spartanski

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Retifico: "ou ele pode fazer ficar acordado (...)"

      Spartanski

      Excluir
  133. Pode ser que sim... mas tomei o café depois do banho... já tava bem desperta.

    Quando o café não resolve umas flexões de braço caem bem.
    : )

    ResponderExcluir
  134. http://www.youtube.com/watch?v=qmPWI9z63ok

    ResponderExcluir

Confissões