segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Mamãe se achando.


Indiozinho apontando pra TV, enquanto passava um programa que retrata a vida de quatro mulheres policiais: "Olha lá a mamãe!".

91 comentários:

  1. bom dia,

    tem coisas que nao tem preço...boa semana!

    ResponderExcluir
  2. Oi Assis...

    Mãe é assim mesmo...

    : )

    Bom te ver!

    ResponderExcluir
  3. Amiga linda do meu coração!!!

    Com certeza!

    Há coisas para as quais não há dinheiro nesse mundo que pague.

    ResponderExcluir
  4. Ammiga, linda!

    Agora sim!

    Você está ótima com esses óculos.
    : )

    ResponderExcluir
  5. Minha mãe viu comigo na sexta, foi bom porque depois a gente conversou muito sobre. (:

    ResponderExcluir
  6. Respostas
    1. Bom, ela não é uma indiazinha fofa.. (:

      Acho que ela tem medo, ela pensa que toda polícia é igual a PMERJ. Mas ela admirou o trabalho da delegada, disse que tem que ser de aço mesmo.

      Excluir
  7. : )

    As mães são todas iguais. Ela só tá preocupada com o seu bem, Paloma...
    : )

    E polícia é uma atividade perigosa mesmo...
    né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, eu sei. Eu até entendo. :/

      Vai ser legal o dia que ela der carteirada igual a sua mãe. rsrs

      Tem feriadão na polícia também ?

      Excluir
  8. Pois é...

    Dei um cartão de visitas meu pra minha mãe (a versão oficial) e ela pediu mais... o quê vc acha?

    kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Eu acho que sou a única pessoa do mundo que não está numa praia perfeita. rsrs

      Pelo menos eu tô comendo pão de queijo, quer ? (:

      Excluir
  9. Vc tá comendo pão de queijo na hora do almoço?
    : )

    rs rs rs

    Bom... aqui o cenário também é outro.
    : )

    As férias estão chegando Paloma... Aguente só mais um pouquinho.
    : )

    Um beijo!
    (trabalhar, Brasil!)

    ResponderExcluir
  10. kkkkk ... você merece e seu "filhote" terá muito orgulho da mamãe coruja!!
    abraços

    ResponderExcluir
  11. Ave Maria, eu não vi! Que programa foi esse?
    Quero ver a mamãe! rsrs

    Mas realmente, isso deve dar mais orgulho que qualquer outra coisa na vida.

    ResponderExcluir
  12. Oi Tamara...

    Não era a mamãe.
    Mas criança faz associações engraçadas, né?
    : )

    ; )



    ResponderExcluir
  13. Spartanski!

    Orgulho, entre mãe e filho, é uma via de mão dupla.

    : )

    ResponderExcluir
  14. Amiga...

    Você nem acha graça mais em ser a zero-um né?
    rs rs rs rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bah, claro que adooooro, mas tu que nem comenta mais, eu fico esperando sempre um coments neste sentido

      ;-)

      Excluir
  15. O q? E vc tem filho!!! Eita Novinha como vc consegue sair de casa para trabalhar todos os dias sem chorar?? Eu quero ter 3 filhotes, casa cheia, bagunça, parede riscada, brinquedos espalhados...uma delícia isso! riiriri Imagino o quanto deve ser difícil criar gente nesse mundo... com todas essas ''facilidades'' e mãe é sempre muito coruja e protetora, todas são assim! Bjs

    ResponderExcluir
  16. Regina...

    rs rs rs

    Você tá falando gauchês de novo, guria!
    : )

    kkkkkk

    ResponderExcluir
  17. DoceAcida!

    Você quer ter 3 filhos?!?
    Então você é guerreira, mesmo!

    : )

    ResponderExcluir
  18. Resposta do "em OFF" de hoje.
    : )

    Flor...

    Se você realmente tá conseguindo estudar essas 10 horas por dia, NÃO PARE DE JEITO NENHUM (tá loka???), vc tá no caminho certo, criatura!

    Agora, (foi você quem pediu a minha opinião...) antes de mais nada, dá logo um pé na retaguarda deste sujeito que se diz teu namorado, isso é peso morto! Joga fora no lixo!!! Dê a si mesma um pouco de respeito próprio... O que ele faz com você é reflexo do tratamento que você dá a si mesma... Porque com esse comportamento dele está mais do que comprovado que ele não está interessado no seu crescimento profissional, que dirá pessoal. Me fala, que futuro você acha que terá com um parceiro desses???

    Outra coisa, flor, concursando que não tem uma família financeiramente mantenedora não pode morar sozinha e gastar com gasolina. Né lindona... Acredito eu, que na altura do campeonato você já tenha material suficiente para estudar sozinha, então volta pra casa da tua mãe e continua estudando lá. E use essa grana do aluguel pra investir nos teus estudos, etc.

    É com ajuda da sua família (e de Deus) que você vai poder contar agora. Eu digo pra minha mãe que ela fez o melhor investimento do mundo. Ela investiu em mim! kkkk

    Sério! E te garanto que ela está muito satisfeita com o retorno não só financeiro que teve. A minha mãe, meus avós, meus tios, moooooooorrem de orgulho do meu trabalho, lindinha.

    Mas teve uma época que ela pagou curso caro pra mim; teve uma época que eu paguei curso pra ela; agora eu pago a faculdade da minha irmã... E é assim: lá em casa, ou vai todo mundo ou não vai ninguém.

    Posso te falar uma coisa? Eu adoraria ver você aprovada no concurso da polícia, não só pra ver a cara de mané desse seu namorado. Mas também porque quem passa pelo que você tá passando, amiga, vai saber ajudar outras pessoas que estão em situação semelhante. Tô apostando nisso!!!

    Outra coisa... medo de ficar sozinha??? hahahahahaha

    Filha... aqui na polícia a proporção é de 10 homens para cada mulher... você vai nadar de braçada... Para com isso!

    kkk

    Brincadeirinha pra descontrair.










    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem querer intrometer no assunto do outro...essa parte in fine muito me interessa...

      ;-)

      Biga, como que eu não falo Gauchês? Eles estão ao meu redor onde quer que eu vá...parece uma praga deliciosa, por sinal...baaaahh

      Rsrs

      Excluir
  19. Regina...

    Amiga, é a versão feminina das "dez virgens para um mártir".
    : )

    Beijo!

    ResponderExcluir
  20. Tamara,

    Na verdade o Islamismo em si não defende o suicídio (mártires) como mal-divulgado no mundo terrorista afora.

    Ademais, há uma polêmica sobre se o Alcorão realmente diz essa promessa das virgens para os fiéis no paraíso. Há quem sustente que houve erro de tradução no entendimento de trechos correlatos. Então, por favor, reescreva seu comentário substituindo a palavra "muçulmanas" pra evitar que alguém entenda que houve ofensa à religião Islâmica. Ok?

    Please...
    ; )

    Obrigada.
    (Daí comento a segunda parte...)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode deletá-lo Novinha, tranquilo. :)
      Eu sei, tive uma palestra e quase dois meses na faculdade depois sobre costumes e cultura islâmica, inclusive sobre a mudança do termo "jihad" pós Cruzadas. Escrevi na pressa e por brincadeira, ainda mais de madrugada, eu estava era quase dormindo kkkk

      Agora do meu blog foi estranho, tem aparecido no meu normal, e tem gente comentando lá... Que estranho. Oo

      Excluir
  21. A propósito, Tamara...

    Desculpe, eu teria deixado essa notinha sobre o seu comentário no seu blog... mas parece que tem algum problema lá... Não tá mostrando as postagens, só o papel de parece e a parte da música, que também não tá tocando...

    Sorry...

    ResponderExcluir
  22. Futura Delta_

    Imaginando a cena... a admiração dele pela mãe e o teu rostinho enquanto ele falava!!!

    Bj.

    ResponderExcluir
  23. Futura Delta!

    Como disse a Regina: "não tem preço".

    : )

    Vamos fazer o encontro da Confraria em Goiás, você vai?
    : )

    ResponderExcluir
  24. Futura Delta_

    Tem preço mesmo n, visse!!!

    : )

    Tô querendo ir demais p Goiás!!!
    Fazendo os planos!!!
    Vamos ver se dará certo!!!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  25. "E super pessoa que se mete na vida alheia: parceiro, o próprio nome já diz: anda AO LADO. Não é atrás, nem na frente, nem em qualquer outro lugar que não seja AO LADO. Porque se você estiver na frente dele na hora que cair, ele não vai ter tempo de tentar te segurar, e se você estiver atrás ele não vai te ver.

    Eu sei que sou retardadamente idealista, mas em questão de "pessoas que Deus me deixa conhecer", eu tenho sido mais abençoada do que qualquer coisa dentro de uma vida toda virada de ponta cabeça".

    :)

    Eu nem preciso comentar. Muito menos acrescentar qualquer coisa nesse teu comentário que já disse tudo, Tamara. Perfeito!

    Só queria dizer que percebo que Ele fica muito mais feliz quando percebe que eu estou feliz.

    : )

    Obrigada, Tamara.
    Valeu!

    ResponderExcluir
  26. Oi Masseli!!!

    Prazer em vê-lo por aqui novamente.

    Eu sei... a ano passa rápido e subitamente a gente se dá conta do tempo que passou, né?

    Continuo torcendo por você.

    Um beijo, Masseli!

    ResponderExcluir
  27. Futura Delta!

    Quero ver você na foto de novo, hein?!

    : )

    ResponderExcluir
  28. "Spartanski!

    Orgulho, entre mãe e filho, é uma via de mão dupla.

    : )"


    Preciosidades.


    Spartanski

    ResponderExcluir
  29. Sim, mas que atualmente estão meio desvalorizadas, né?

    : )

    ResponderExcluir
  30. O que, pela raridade, torna tudo ainda mais valioso.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  31. Oi, posso entrar??

    Acompanho o blog a mais de um ano... Me inspira a continuar na batalha dos concursos..

    Muito Grata!

    ResponderExcluir
  32. Oi Paty!

    Seja bem-vinda!
    : )

    Vem comigo que te explico no caminho!
    : )

    ResponderExcluir
  33. Oi moça do "off".

    Puxa... tava até preocupada...
    Achei que tivesse dito algo errado.
    : )

    Sabe como é, né, alguma palavrinha mal colocada e...

    Que bom que você gostou... Me mantenha informada sobre sua trajetória de conquistas tá?

    : )

    A propósito, esse concurso de que vc me falou aí... seria para qual cargo?

    : )

    Força mulher, vai lá e mostra pra eles!
    : )

    Beijo e conte comigo!

    ResponderExcluir
  34. Amiga, esses momentos mãe e filho realmente não tem preço...é únicoooooooo!!!! Delicia ver eles reconhecendo em outros, os que eles mais amam...significa que seu indiozinho já morre de orgulho da mamãe dele.
    Olha, eu sei que eu apareci, falei que ia ficar, mas sumi de novo...Nossa..tá difícil pra mim...Lembra que te falei que tinha uma novidade? pois é...fui aprovada no voluntariado do corpo de bombeiros da minha cidade!!! Meu primeiro trabalho (infelizmente) foi por causa do furacão Sandy, que devastou nossa pequena cidade...:( ... mas foi gratificante ver o quanto a solidariedade e o amor ao próximo foi grandemente demonstrado... Fora isso, Liam está cada dia mais lindo e vou ver se coloco o último video que Diego colocou dele no facebook lá no blog...Nem tem 9 meses ainda e já está quase andando...fala mais que a boca, igual a vovó dele..rsrsrsrsrs..ahhh dia 10 de dezembro chego na terrinha...passar natal e ano novo com minha mãe e familia não tem preço...Bom, demoro pra vir, e quando venho despejo tudo de uma vez né? Eu volto antes do natal pra desejar só coisas boa procê e pro povo daqui...milhões de beijos....:)

    ResponderExcluir
  35. Futura Delta!!!

    Esse é o sorriso da foto?

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Futura Delta_

      Provavelmente!!!

      :D

      :)

      Excluir
  36. Oi Marcinha...

    Adivinha de quem foi que me lembrei primeiro quando sobre daquele furacão?

    Menina que coisa...

    Que bom que você pode "tirar o melhor proveito" se é que eu poderia utilizar termos assim nesta situação, de uma catástrofe tão apocalíptica como aquela. Tenho certeza que foi uma experiência marcante... Não pode contar no blog como foi isso?

    Parabéns pelo seu Pequeno Príncipezinho. Ele tá lindo demais!!!

    Um beijo pra você e outro nessas bochechas fofas do netinho da vó mais coruja do mundo!

    ; )



    ResponderExcluir
  37. Oi Novinha. Tudo bem? Ficar perto dos filhos é tudo de bom. Difícil é para quem tem que ficar distantes deles.

    ResponderExcluir
  38. Ah... não me diga que é o seu caso, Tipão?

    Separado?

    : (

    ResponderExcluir
  39. Não sou separado, em termos de marido e mulher, mas separados por necessidade financeira. Como sabe, estou tentando terminar meu doutorado. Bolsa de estudos já acabou e minha filha mais esposa tiveram que ir para casa dos pais da minha mulher enquanto termino isso aqui. Triste demais :(

    ResponderExcluir
  40. Estou aqui há 6 anos. Cheguei no início de 2006. Defendi mestrado em 2008. Agora em 2012 - 2013 é pra sair a defesa do doutorado.

    ResponderExcluir
  41. Resposta do In Off de hoje:

    Lamento, mas neste caso, pelo menos no que tange ao crime de lesão corporal, que é o que me parece, não seria competência da justiça brasileira, logo nenhuma polícia brasileira poderia agir (o crime em si não toca o solo brasileiro), neste caso, nem mesmo a Interpol. Aí teríamos que ver a legislação daquele país.

    E, sem o "endereço" não tem nem como denunciar, né?

    Obrigada pela pergunta.






    ResponderExcluir
  42. É muito difícil!

    Mas elas estão muito longe?

    ResponderExcluir
  43. Eu no estado de São Paulo e elas no Maranhão. uns 4 mil km...

    ResponderExcluir
  44. In Off (réplica).

    Aí sim, você está certíssimo.
    : )

    Teríamos um caso de extraterritorialidade penal. Uma exceção àquela regra geral inicial de que te falei (o crime não "toca" o território nacinal).

    Mas mesmo assim, para a polícia brasileira poder agir no caso de crime praticado por brasileiro no exterior, seria necessário que:

    a) esse criminoso entrasse no território nacional;
    b) ser o fato punível também no país em que foi praticado;
    c) estar o crime incluído entre aqueles pelos quais a lei brasileira autoriza a extradição;
    d) não ter sido o agente absolvido no estrangeiro ou não ter aí cumprido a pena;
    e) não ter sido o agente perdoado no estrangeiro ou, por outro motivo, não estar extinta a punibilidade, segundo a lei mais favorável.

    : )

    ResponderExcluir
  45. Tipão...

    É, elas estão muito longe!

    Mas as férias estão chegando, né? E você vai ter a oportunidade de passar um bom tempo com elas, não?

    ResponderExcluir
  46. Férias, isso eu penso que terei - posso estar engano - só após ter um emprego e tirar as famosas férias de (30 dias), rsrs. Como diria minha professora de graduação: Aluno não é gente! Novinha, estou doido pra virar gente. Terminar isso aqui e passar num concurso. Ter renda, casa, e assim poder ter a família na nossa casa. Ter uma vida, se é que entende o sentido. irei semana que vem pra lá e retorno apenas em janeiro - tomara que eu passe no concurso que estou indo fazer por lá - concursos policiais são difíceis de passar, mas não impossíveis. Além desse estou pensando em fazer outro para Universidade - esse é cadastro de reserva. Assim vou estar terminando aqui e começando lá a realização de me tornar gente. Novinha, estou na luta...

    ResponderExcluir
  47. Feliz da polícia que tiver um Doutor como você em seus quadros, né Tipão?

    : )

    Espero que essa polícia saiba valorizar isso.

    Meu caro, você tá plantando agora pra colher bons frutos no futuro. É tudo uma questão de tempo, né? Só não deixe a distância esfriar o relacionamento de vocês.

    : )

    ResponderExcluir
  48. In off (tréplica)

    Nesse caso, tem, além das condições já citadas antes, para punir o estrangeiro, o Brasil precisa de mais dois requisitos.

    1 - Não ter extraditado (a justiça pediu pra julgar o cara lá e o Brasil concedeu) o cara.

    2 - O Ministro da Justiça tem que pedir a extradição do cara (pede para o governo de lá pra mandar o cara cumprir pena aqui).

    Entendeu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me metendo na conversa, mas esse assunto é interessante! Já vi, q caso o estrangeiro apenas passe no espaço aéreo brasileiro (digo a bordo de algum avião) ele pode ser interceptado... e responder pelo crime.

      Excluir
  49. continuação da tréplica...

    Isso que você tá sentindo é exatamente o que nós policiais sentimos sempre que há uma imunidade envolvida ou uma prisão nossa é relaxada (tornada sem efeito) por falta de provas ou outra deficiência qualquer. Ou, enfim, quando a justiça libera o vagabundo por qualquer outro motivo...

    Não é nada fácil.

    O ser humano, infelizmente, é isso

    ResponderExcluir
  50. Imagina...

    Nossa, foi um prazer enorme!

    É interessante essa matéria, né?
    : )

    ResponderExcluir
  51. Sei que é meio complicado, mas você tenta entender que é muito complicado para um país liberrar um nacional para cumprir uma pena por um suposto crime cometido no exterior.

    Imagine, por exemplo, se você vai a passeio para a Arábia Saudita, namora uma menina de lá, e de repente algum religioso de lá aparece aqui pedindo que você seja extraditado para lá, porque cometeu um crime que você não faz a menor ideia do que seja...

    Esse processo precisa ser muito bem avaliado, pois há várias questões, inclusive culturais envonvidas, você não acha?

    : )

    ResponderExcluir
  52. (in off again)

    Não, você continua certíssimo.

    O exemplo que dei, realmente é diferente do seu.

    A minha intenção era só para que você se sentisse na situação de um estrangeiro sendo julgado em outro país.

    E o caso que você narrou realmente me parece ser crime em qualquer lugar do mundo. Ou seja... meu exemplo acabou te confundindo, né?

    Apaga!
    rs rs rs

    Mas já que estamos no assunto. Sem fazer qualquer relação com o caso citado por você. Só para mostrar que a questão cultural deve ser levada em conta.

    1 - Dizem que em países onde há rigoroso controle de natalidade, filhos indesejados frequentemente são mortos pelos próprios pais.

    2 - Em certos países islâmicos mais radicais, os próprios pais levam os filhos para serem castigados pelas autoridades religiosas. Isso envolve penas cruéis como açoites, amputação de membros, olho por olho, dente por dente, mãozinha por mãozinha...

    3 - Na somália até hoje ainda se pratica a amputação do clitóris. Os pais acreditam que essa cirurgia é necessária para a purificaçã das meninas.

    No Brasil, tudo isso é tratado como crimes gravíssimos.

    Mas eu não acho que estes casos tenham qualquer relação com o caso citado por você. É só pra ilustrar a questão cultural.

    Entende?



    ResponderExcluir
  53. Valeu (in off)!

    Adorei o papo!

    Tô à sua disposição para o que precisar!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  54. parafraseando renato russo: isso é saudade de tudo aquilo que vc ainda não viu!! né, não?!
    :D
    ainda junto e misturado! força e fé sempre pelo caminho!

    ResponderExcluir
  55. opa! comentário no post errado. era pra ser no anterior!!
    :D

    ResponderExcluir
  56. Oi Artorius!!!

    Vc tá vivo então, né?
    kkkkkkkkkkkkkkk

    Tava pensando aqui... "será que o Artorius foi para a ANP e não me avisou???"

    : )

    ResponderExcluir
  57. Quase, quase, quase vivo, ou

    Quase, quase, quase na ANP???

    : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quase, quase, quase AnP! vivo: sempre, sempre, sempre!

      :)

      Excluir
  58. Respostas
    1. uai, tô aqui óia!!!

      rsrsrs

      em minas, ainda comendo pão-de-queijo!!

      Excluir
  59. Doce Ácida!

    Tá antenada aí, né???
    : )

    Eu concordo com você. Isso é tocar o território nacional. O espaço aéreo brasileiro é território nacional.

    : )

    Tô na torcida por ti!
    Me mantenha informada, sim?

    Beijinho!

    ResponderExcluir
  60. Diga moça Novinha ... kk
    passando para dar um abraço correndo!!
    valeu

    ResponderExcluir
  61. Olá novinha! Tô passando aqui pra dá um oi.
    Eu tinha sumido mas é que chegou período dos concursos, aí tô tensa! Mas vou compartilhar um vitória contigo em breve, tenho fé! rsrs
    Beijinhos e bom final de semana!!

    ResponderExcluir
  62. Oi Isabella!!!

    Obrigada por ter vindo, lindinha.

    Estamos na torcida aqui por você!

    : )

    Um beijo e vai pra cima deles!
    : )

    ResponderExcluir
  63. Buenas, Novinha....
    Passando apenas para dar um oi... este é um dos meus blogs preferidos... sempre que quero ler algo interessante na net apareço por aqui, mesmo que seja em alguma postagem mais antiga.

    Aproveitando, que você e sua família tenham um 2013 pleno de realizações e obstáculos superados! Feliz Ano Novo!!

    ResponderExcluir
  64. Olá Futuro APF...

    Fique à vontade, sua visita sempre me alegra.

    Desejo que em 2013 você tenha uma belíssima formatura na ANP.

    Um beijo e obrigada pelo carinho.

    ResponderExcluir

Confissões