terça-feira, 16 de novembro de 2010

Culpa.

De arrepiar a alegria dele pela chegada da mãe após alguns dias fora, caçando com os homens da aldeia. A mãezinha guerreira ganhou beijo molhado, abraço gostoso e três bilhetinhos que diziam: "Mamãe eu te amo"; "Mamãe, você é muito linda" e "Mamãe, senti falta de você". Tinha tudo pra se sentir a última bolachinha do pacote, afinal ela era uma caçadora, uma guerreira e era a mãe do indiozinho mais alegre, mais lindo e mais carinhoso da tribo. Mas tinha aquela dor. A lembrança do dia em que a professora dele a chamou pra bater um papinho causticante. E enquanto o indiozinho brincava no pátio ela ficou sabendo que ele  demonstra que adora os pais, mas parece ver a mãe como uma pessoa inacessível. Essa última palavrinha ácida lhe acertou o peito como flecha profundamente lançada, do tipo que entra e não quer mais soltar e que dói ao toque mais tênue. "Deve ser de família" concluiu a mãezinha absorta e cheia de tristeza "pois o pai dele pensa a mesma coisa de mim".

*********
Queridos leitores,

Nossa amiga Priscila Castro publicou em seu blog a  entrevista que vocês pediram. Só tem um pequeno detalhe, depois de alguma negociação (de dar inveja à máfia siciliana), concordamos em retirar as perguntas e só ficaram as respostas mix-turadas. Pra você que votou na enquete da Pri, os meus comovidos agradecimentos e 130 (!!!) beijos no coração. Aguardo vocês lá:

202 comentários:

  1. é verdade, o blog da mulher da polícia é o melhor de todos os tempos

    ResponderExcluir
  2. Mafia siciliana??? Que oba oba é sse Mulher na policia?....rsrsrsrs


    Beijosss!

    ResponderExcluir
  3. Oi amiga querida, vou lá ler a entrevista, estou curiosa....rss
    Beijosssssss.

    ResponderExcluir
  4. E a dona gostou da publicação singela?

    Meu espaço agora é parte seu por longos 15 dias.Convido o pessoal daqui a continuar acompanhando lá no Blog da Pri o sucesso dessa mulher puro mistério...

    Obrigada por aceitar fazer parte disso, esse nosso contato carinhoso faz muita diferença pra mim... De repente vc olha em volta e ve gente de alam limpa sem nem olhar pelas janelas...

    Obrigada outra vez!

    www.prikastro.blogspot.com

    PS:Máfia siciliana eu adooooro!
    Dom Corleone que se cuide...

    ResponderExcluir
  5. "Eu já sabia!!", já dizia um cartaz levantado por um brasileiro, assim como, um torcedor apaixonado pelo time erguia um parecido numa final de campeonato.

    Claro que ela dizia humildemente "não, imagina...", o que tornava mais comovente ainda o poder que tinha sobre tantas pessoas. Mas no fundo, também sabia que aquela eleição seria barbada.

    Num momento estranhou aquela sensação que permeava seu ser: ama sua profissão, mas o sucesso em uma carreira tão diferente como a de escritora...

    Joga os pensamentos para longe, afinal, o pouco tempo que sua rotina lhe libera, tem que responder a inúmeros comentários, um por um.

    E essa viagem, tem volta?

    ResponderExcluir
  6. Ah, que foto essa, hein?! Linda!

    O texto ficou ótimo! Sabe que eu curto quando você escreve como um conto? Tem muita qualidade para isso. :)

    Só a mãe índia, tem que tomar cuidado. Na tribo tem tanta pessoa que diz coisa pra cutucar e maltratar os outros... Sabe, infeliz em sua oca, se satisfaz com a tristeza alheia.

    esses índios...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Você vai reverter isso, eu sei que vai!
    :)

    ResponderExcluir
  8. Te entrevistaram, que chique! Vou dar uma passada lá. Eu sumo, mas não abandono o blog, é muito carinho.

    beijo!

    ResponderExcluir
  9. Concordo com a M.enal.i, você vai reverter isso. Afinal de contas você é a mãe que livra o filho de uma batida, é também a mulher que realiza missões impossíveis! Na verdade, eu e Walter enxergamos isso como uma admiração e não uma inacessibilidade.

    Beijos na alma!
    Layla Barlavento
    culpadowalter.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Hoje minha neta ganhou umas palmadas: depois de ter arrumado o próprio guarda roupa (coisa rara)com carinho, minha filha chegou na casa dela e TODA a roupa estava espalhada pelo quarto. Não foi a primeira vez que aconteceu isso. Rebeca tem 3 anos..., muiito inteligente, vivaz!..., turrona.
    Acho que faz isso por pirraça, falta da mãe...

    Minha filha trabalha, é inteligente; 19 anos. Neste exato momento está num hotel com um rapaz que conheceu. Legal o cara, embora não o conheça, não me foi apresentado.

    Entendo a situação das duas - particularmente e de maneira geral - isso não evita meu desconforto e, apesar de minha compreensão, duvido que me considerem 'assessível'.

    Ninguém é 'assessível, a não ser os gurus, os mestres; ou aqueles que são muiito desenvolvidos espiritualmente.

    Divaguei?

    - Muito legal esses links no post, muito sofisticado! rsrs!
    Irei dar uma olhadinha na entrevista.

    Grande abraço!
    Alguma coisa de mim não gosta

    ResponderExcluir
  11. Minha linda!
    Ele não é mesmo um amor? Tá deixando chique o meu blog... rs. Sempre digo que se ele fosse mulher, ia ser uma perua...kkkkkkkk. Lindo o meu amor.
    Vou lá pra ver a entrevista, ando desatualizada das coisas por aqui. Mas não é descaso, não. Só uma artimanha do tempo contra a minha doce pessoa. E o amigo secreto? Vamos participar?
    Vou ficar feliz se vc for!

    Beijão bem grandão!

    ResponderExcluir
  12. Bem, pelos menos o indiozinho ainda tem muito amor pela mãe, mesmo sentido ela um pouco "inacessível". Sinal de que ainda pode mudar a visão de que ele tem dela.

    Acredito que pra ele a mãe é muito mais que uma mãe, é uma heroína. Motivo de orgulho. E motivo de os olhos dele brilharem quando ele fala dela pros outros amiguinhos da tribo.

    E a falta a gente consegue fazer com que ele entenda, de outra forma. Pq ele sabe que a mãezinha é guerreira e precisa disso. Ele entende. E o pai tb, lógico que entende. E inacessível é uma palavra muito forte. O certo seria - o indiozinho sente saudades.
    E saudades tb doi...

    Vou ver a entrevista no outro blog!
    Depois volto aqui!
    Mas texto lindo, foto linda!!
    Eu adorei!

    Bjão

    ResponderExcluir
  13. Que maneira inteligente de se descrever!!
    Conta tudo sem entrar muito em detalhes.
    A gente junta tudo e Voilà - eis a mulher na polícia!

    Gostei de saber esse tanto a mais de vc.
    Glock! A "minha polícia" usa Taurus =(
    Uma pessoa que gosta de esportes, vive esportes.
    Respira cultura.
    Vive polícia.
    Música.
    Companheirismo.
    Amizade.
    Carinho.

    Consegui perceber um tudo isso de vc.
    E mais um pouco.

    Parabéns pela entrevista.
    Pela vitória.
    (:

    .

    ResponderExcluir
  14. Ps.: O título desse seu texto "culpa" me doi aqui.

    ResponderExcluir
  15. Oi, oi!
    Eu fiz um comentário no blog da Pri mas ainda não apareceu.
    Nõ deve ser problema no blog, ela deve estar tendo que autorizar os inúmeros recados que foram deixados lá, "pra você".

    Eu tô bem, querendo férias.
    Mas aqui firme e forte.
    Pensando assim - vai que sou chamada pra ANP. Vou ter férias pra tirar e poder ficar lá, recebendo meu salário aqui... rs

    Sobre a culpa, não sei o que é pior. Se seria a culpa ou o arrependimento. Mas os dois machucam demais.

    E uma coisa que sempre quero te contar - quando estou lendo a lei de tortura ou faço um exercício sobre essa lei lembro de vc, do seu texto e do Zé Ramalho... e fico cantando sozinha... rs

    Bjo

    ResponderExcluir
  16. É tão difícil se dividir e dar conta de tudo.
    Eu estou jogando a toalha, há tempos q meu trabalho não é gratificante o suficiente para deixar meus filhos. Espero q tudo o q vc faz valha a pena. Deixo meu abraço apertadinho pra vc.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. mal de família, dizia minha vó. nesta seara de culpas quem vai atirar a primeira pedra?

    beijo


    p.s. vou ver a reportagem

    ResponderExcluir
  18. Oi, legal teu blog, já estou te seguindo também.
    Beijos e bom dia!

    ResponderExcluir
  19. Para mim o que diz uma Mulher Policia, não é um pedido é uma ordem,rrrr por isso já vou correndo para lá, mas antes quero deixar um beijinho a esta menina que eu aprendi a gostar já algum tempo.

    José.

    ResponderExcluir
  20. Somente podemos seguir a caminhada confiante, quando sentimos o amor pulsante, nos tornando seguros para a travessia.

    Reflexiva e profunda.

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  21. Achei interessante a tua biografia em palavras...

    Mas com certeza tu é bem querida, não é de estranhar que ganhe.

    Fique com Deus, menina Mulher da Polícia.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  22. Lindo texto, como sempre vc sabe transmitir muito bem seus pensamentos.
    Quando crescer quero ser igualzinha.

    Amiga vc ta ficando tão famoso e eu toda convencida de poder participar disso tudo, parece ate que somos amigas intimas, sabe aquele lance de fã né??!

    beijos carinhosos sempre

    ResponderExcluir
  23. Oi minha querida! As coisas por aqui andam meio complicadas e por isso estou muito afastada da net. O meu blog (coitadinho) está cheio de teias de aranha (rsrsrsrsrs), mas tudo bem, Nosso Pai lá em cima sabe o que faz e só cabe a ele definir nossas estradas. Tenho fé e sei que tudo o que acontecer será por vontade de Nosso Pai. Quanto à Mônica mandei uns e-mails para ela e ela me dise que não tem mais vontade de escrever e que se desiludiu muito com os companheiros que só reclamam enquanto o problema está atingindo seu eu, seu individual, mas se o seu individual está bom, eles pouco ligam para o coletivo e depois de tantos anos à frente do blog ela percebeu que era chover no molhado, ou enxugar gelo como dizem por aí! A questão oficiais x praças na PMERJ é ainda pior do que nós pintamos, pois para não magoar e se indispor com um ou outro oficial que tem a humanidade em primeiro lugar minimizamos os problemas e atritos. Vamos ver como vai ficar o tratamento do meu grandão nos próximos meses e aí eu mando notícias. Tente manter esse espaço sempre assim, seus textos são inteligentes, bem escritos e retratam a realidade feminina de uma forma maravilhosa, posso não estar postando nem comentando, mas sempre que tenho uma chance passo por aqui para dar a minha espiadinha!
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  24. Olá Mulher da Polícia...!!

    Nossa, eu até havia me esquecido daquele ditado: "quem é vivo sempre aparece"..., rsrsss!! Adorei ver você por lá, em meu canto, tomando um café. Fiquei surpresa.

    Cheguei aqui e, evidente, fui me interagir das novidades, dando uma espiada na página atual. Foi quando eu li: "Confissões de uma concurseira". Gostei muito. Ri muito. Mas fiquei mais feliz por saber que você passou. Parabéns!! Fez por merecer, com certeza.

    No mais, claro que eu deixei um comentário lá no Blog da Pri, nos postes: "Vencedor da 3ª Enquete 'Autor da Quinzena': Blog Mulher na Polícia" e "In definições" (mas estão dependendo de serem aceitos).

    Parabéns..., de novo!! Merecidíssimo prêmio...!!

    Ah sim!!, essa guerreira índia, mãe desse indiozinho (crônica fofucha!!), tem a ver com você?! Se sim, é hora de dar uma atençãozinha ao seu filhote, né?!Rs

    Beijos e até mais ver...

    ResponderExcluir
  25. Já tinha muitas saudades suas, mas também eu
    tenho falhado. Sabe amiga, estou proibida pelos médicos de estar muito tempo ao PC,
    e então entre inserir coisas nos blogues e
    responder aos comentários, gasto o tempo(sempre
    abuso) que posso estar aqui sentada frente ao
    PC. Mas fiquei tão contente com o seu comentário. Um grande beijinho/Irene

    ResponderExcluir
  26. Confesso; você demonstra um amor inestimável, entre um filho e uma mãe. Neste momento, cuja emoção toma conta de nós, não nos preocupamos se são índios ou não. O importante é o encontro entre os seres humanos, neste mundo em que a palavra solidariedade está fora de moda. Basta sair às ruas e verificar este fato.
    Saudades da Polícia!... Estou precisando de polícias.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  27. Quem é que achava que ia levar uma surra na enquete? Quem? Quem?

    ResponderExcluir
  28. O que a Pri disse lá no blog dela, sobre a atenção e o carinho que você tem com quem visita seu blog, é a mais pura verdade!!!
    É uma delícia ser tão bem recebida por você, doce Menina Mulher!!!
    Olha, o cafezinho (eu prefiro coca-cola) e o pão de queijo estarão prontinhos quando você quiser, tá?
    Ah, e ainda tem o colinho de mãe...

    ResponderExcluir
  29. Seguiré al tanto de su blog votando las veces que sean necesarias...Besos con cariño

    ResponderExcluir
  30. SAbe, às vezes temo ser inacessível à minha filha também. E sei bem como isso dói!

    ResponderExcluir
  31. Mas Bah! Caçar deve ser muito bom!(como será?) só preciso da 9mmmmmmmmm! se fica o bixo pega se corre o bixo come !! Aff

    ResponderExcluir
  32. Vamos ter que conciliar (sob pena de potenciais traumas futuros) as novas atividades de mães e pais e a atenção com os filhos. Digo isso de forma generalizada. Estamos criando uma sobreposição de carências sociais, humanas preocupante demais para um futuro bem próximo. Não se trata de catastrofismo, é uma constatação. Meu abração. paz e bem.
    PS: vou lá correndo ver sua entrevista.

    ResponderExcluir
  33. Ô Maezona nada de se sentir a pior das especies, o indiozinho é filho de heroina, e a heroina luta por toda a tribo ou melhor todas as tribos e principalmente pelo indiozinho.

    Obrigada por ser compartilhar a alegria, dor, culpa, felicidade e vaidade conosco. Já te disse que este blog é meu companheiro e continua sendo!

    Um grande Abraço Deus a abençoe
    Zi msg04

    ResponderExcluir
  34. 'Alguma coisa de mim não gosta'...
    Agora que vi que meu texto ficou truncado...
    Acho que ía dizer que, alguma coisa de mim não gosta de algo que eu não gosto...

    Rsrsrsrsrsrsrs!!!!!!!!!!!!!!!!

    Aiai!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  35. O Mimo é pra vc tb amiga, depois passo lá pra ver.

    Bom dia.

    b eijooo.

    ResponderExcluir
  36. Deve ser da carreira, pois penso o mesmo dele...

    ResponderExcluir
  37. Vou correr para ver a entrevista. Amei este texto.

    beijos

    ResponderExcluir
  38. esse blog agora faz parte do meu dia-a-dia, parabéns mulher inspetora!!!!
    Diz-me aqui, que quem passa por aqui e nao volta mais? tenho certeza que todos voltam...é contagiante sua atenção inspetora, nos faz bem, nos aproxima, nos prende aqui...
    xeroooo
    ah, obrigada pela homenagem lá viu? ameeeeeeeeeeeiiiiiiiiiiiii

    ResponderExcluir
  39. Aff, ser mãe, mulher, esposa, boa profissional, se manter no salto, não esquecer o batom... As vezes parece que a vida exige mais de nós que dos homens.
    Eu mesma estou aqui teclando enquanto o bofe trabalha, se eu não estivesse gestante estaria no meio dos tijolos e do concreto vendo a obra sendo tocada.
    Ain, o cheirinho de cimento...Saudades...Agora só depois de julho do ano que vem quando a neném desmamar.
    Ainda não conheço essa dor de saudade da criança que fica em casa, mas sei que mais cedo ou mais tarde...
    A história de deve ser de familia também é complicado,lembro de seu ultimo post a respeito. Tem gente em Cuiabá querendo que eu fique parada em casa até a neném completar um ano. Tem coisa que só mulher que passa!!!

    ResponderExcluir
  40. Uma pausa pro chá da tarde... rs
    Sabe, estava pensando, como você consegue ter tempo pra família, pra Polícia, pra fazer coisas de "mulherzinha" que todas nós fazemos, pra casa e ainda ser tão disponível aqui no blog?! Conta o segredo, teus dias tem mais que 24h! rs

    Olha, sobre o texto do meu blog.
    Te confesso que as pessoas que me conhecem, que convivem comigo e que são relatadas ali não fazem idéia disso tudo. E acho melhor, o texto fica mais sincero. Se todos ficassem sabendo muito do que digo ali, de peito aberto, seria de certa forma censurado. Não ia querer perguntas do tipo: "aquilo foi pra mim?!"

    E o texto atual é pra alguém que já foi descrito ali, aliás, ele é uma das pessoas que me faz feliz por estar alcançando os objetivos - o "parceiro".

    Eu não desisto das pessoas, aliás, qd gosto é sincero e daí não desisto. Só faço isso quando vejo que tentar mais uma vez é me machucar. Daí prefiro ficar na arquibancada, de longe, mas ainda torcendo.

    E ele está numa faze boa. Passou no MPU, fez um nº bom de pontos na ABIN. E realmente fico feliz por ele, feliz pq sei que no próximo da PF ele deve estar dentro.

    Se ele passar na Abin vai ter que vir morar perto de mim, em Brasília. Ele é de outro Estado. Eu moro em Goiânia. Até comprando um livro do APF Sandro pra ele...

    Tá vendo, já falei mais um tantão de mim aqui... rs

    Mas é isso, eu realmente torço por algumas pessoas. E me preocupo com elas. Por isso qd li a notícia dos PF's ontem fiquei com o coração "cisco". Daí o PF me responde a msg agradecendo o carinho, preocupação e orações. Que todos ali do grupo estão mal. Mas que é pra eu continuar firme do lado de cá, estudando. Então vamos em frente!!

    É isso menina-mulher-polícia. Texto ficou gigante. Quase uma redação de 30 linhas...rs
    Te cuida aí. Pode ter certeza de que muita gente torce e ora por vc tb.

    Bjoooo

    ResponderExcluir
  41. Ah, obrigada pelo selinho!!
    Querida demais!
    Eu adorei!!

    E nem precisas agradecer por nada, neh?!
    Você só recebe o que transmite.
    Aqui fica evidente aquela lei de "ação e reação".
    Só recebemos o que damos.
    (:

    ResponderExcluir
  42. coisas para dizer, não dizer e des-dizer.
    ando por aqui, imersa em palavras.
    por hora, as suas são as mais interessante em dias.

    cuide-se bem por ai.

    abraços e o desejo sincero de uma ótima sexta.

    ResponderExcluir
  43. Ser mulher, guerreira, mãe, não é uma tarefa fácil.
    O elo entre mãe e filho é eterno e supera qualquer coisa.
    Um amor incondicional, presente de Deus.
    Te admiro muito viu?
    Desejo que ventos de amor e paz soprem em sua vida.
    Beijos no seu lindo coração.
    Lady

    ResponderExcluir
  44. Florentina...td bem? essa semana andei meio pra baixo...mas acho q já passou..
    Fiquei chocado com os 2 APF assassinados!!! quero desejar meus pesares a vc e a todos que sentem essa perda.
    Que Deus abençoe todos esses guerreiros como vc, que deixam suas famílias, seus lares para uma causa maior.
    FORÇA, CORAGEM e FÉ!!!
    bjoo

    ResponderExcluir
  45. Você deve ser a parte "delicat" da polícia...essa sua alma feminina é tão reveladora, que através de um "post' que escrevo, você me desvenda com uma facilidade que poucos tem; apesar de estar "tudo ali"

    Você sim é especial!

    Beijus*

    ResponderExcluir
  46. Kadê vc?!!!!!!!!! e agora o que será de nós..

    ResponderExcluir
  47. Oi Federal!

    Olá meus amigos. Obrigada por tantos comentários.

    Tá tudo bem, pessoal. Só estou aproveitando uns dias de hospedagem no blog da minha amiga Pri, pra dar uma descansada, uma desopilada. Às vezes a gente precisa de um tempinho pra recolocar as ideias no lugar.

    "A-gente espera do mundo e o mundo espera de nós um pouco mais de paciência".

    Muito obrigada pelas manifestações de preocupação, gente, já, já eu volto...

    Beijinho a todos.

    ResponderExcluir
  48. Olá amiga!
    O seu blogue está cada vez melhor, parabéns!!
    Venho também agradecer a sua visita!
    Eu estou bem felizmente, e desejo ardentemente que você também esteja ok!
    Abraço,
    FrancK

    ResponderExcluir
  49. mas não é que eu estava morrendo de saudades, mesm?
    agora estu bem e não ficarei mais longe.
    beijos
    tudo continua maravilhooso
    parece que vc tambem esteve dando um rolé

    ResponderExcluir
  50. Curiosa está comemorando
    Agradeço a sua companhia e visita. Agora conquistante mais um selinho. 121 mil visitas. Lhe ofereço com muito carinho.
    Amigos são como Você, são para sempre! SÃO ETERNOS.
    muito obrigada por estar junto comigo nesta comemoração.Estou muito feliz.Sei que fazes parte deste Jardim.
    És minha flor mais preciosa. cheia de perfume e cor. Obrigada.
    Carinhosamente,
    Sandra

    ResponderExcluir
  51. Amiga, teu blog está uma delícia!
    Matei a Saudade!!
    Um fraternal abraço, bjs.

    ResponderExcluir
  52. Por muitas vezes não somos reconhecidos por aquilo que fazemos.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  53. Sobre isso mil coisas invadem minha mente, mas eu tenho certeza que bem mais a sua.

    ResponderExcluir
  54. Crianças... são delas que aprendemos as maiores lições.

    Um beijo e que Deus seja contigo sempre!

    "Sejamos como a vela, que consome a sua própria substância para dar luz e calor aos que a cercam." (Elizabeth Leseur)

    ResponderExcluir
  55. Oi Novinha! To sumida não! to trabalhando muuuito! uahsuash! massa o post!

    bjão! inté

    ResponderExcluir
  56. Estar por aqui sempre é sinônimo de bons momentos.
    Bom ler você!
    Beijo e meu carinho!

    ResponderExcluir
  57. Novinhaaaa...
    Será que tem gostado das composições texto + imagem?

    Adoreiii o 'sob o olhar de Priscila Castro'.
    E, esse 'todo meu veneno' bem dá um título pra um post que tenho aqui viu...
    Vou amadurecer a idéia.

    To adorando essa sua passagem pelo meu blog.
    Não me abandonem em pessoal!Rs...

    ResponderExcluir
  58. Oi gata, eu estou indo...meu coração está pequeno...Ando sofrendo um pouco pra ser sincera. E infelizmente isso não tem sido uma catarse. Engraçado...pensei em escrever hoje, sabe?! Vou tentar esboçar algo. Deixa seu msn pra mim nos comentários...ok?
    Beijo

    ResponderExcluir
  59. ...de lanças fincadas entendo.
    Comoveu-me.

    ResponderExcluir
  60. Temos uma amiga em comum..
    Então venha ver.
    Lhe convido para ver quem está comigo aqui.
    É um prazer te receber neste cantinho. Venha dar uma olhadinha. Tenho certeza que vai gostar.
    http://sandraandradeendy.blogspot.com/
    Carinhosamente, vou te esperar. Aqui grandes amigos se encontram e se revelam. Carinhosamente,
    Sandra.

    Amigos são flores plantadas com muito carinho.

    ResponderExcluir
  61. Pessoa querida eh vc!!
    Olhe, eu tenho mesmo sotaque nordestino e acredito que nunca irei perde-lo. Nao faria sentido, eu acho. Bem, mas a voz da pessoa falando em portugues - no video - eh a da minha mae. Eu so devo dizer uma palavra. Rs,rs,rs,rs.
    Mas, adorei vc ter tocado no assunto. Isso rende um post!

    ResponderExcluir
  62. o texto é muito bom
    vi um vídeo hoje com assunto semelhante
    e realmente remete aos erros egoístas
    tão comuns por pensarmos sempre que podemos até ter defeito a ou b, mas em nada influencia na vida das outras pessoas, logo, insistindo nesse pensamento bobo, não precisamos mudar enquanto estamos prejudicando apenas a nós mesmos
    se é que estamos nos prejudicando

    bom

    não ficou muito claro o que eu disse
    mas a intenção era boa

    ResponderExcluir
  63. Obrigada pelo carinho e que bom que se identificou com o meu último post. Adoro quando causo essas reações nas pessoas. Amei i post, como vai avida? Bjuuus
    Apareça

    ResponderExcluir
  64. Ola!! Q bom q apareceu por lá no blog.....
    To estudando muito!! Intensifiquei bastante os estudos...acho q em 2011 sai um...vamos ver!!!
    Bjs e obrigado

    ResponderExcluir
  65. Olá novinha! Td bem contigo?
    O teu blog pelo jeito tá firme e forte...bombando hein? ;-)
    Diferente do meu, que está um tanto jogado às traças, hehehe
    Mas de resto está td bem, a vida está boa e espero logo em seguida retomar aos posts do meu blog. Cobrarei tua visita ok? hehe

    Bjs, boa semana! \o

    ResponderExcluir
  66. Querida, texto novo no meu blog. Viu?! Você cobrou e eu consegui sair da inércia.
    Passa lá pra conferir.
    Beijoo

    ResponderExcluir
  67. OLÁ
    ADOREI SEU BLOG E ESTOU TE SEGUINDO
    ME FAÇA UMA VISITA E ME SIGA
    VOU ADORAR QUE SEJAMOS AMIGAS
    BEIJOS

    ResponderExcluir
  68. Olá Mulher de Polícia!
    Então, a unica coisa que diferencia na hora de desenhar mulher ou homem são os cabelos longos, que é meio difícil de fazer.
    Tirando isso, os dois dão o mesmo trabalho. ;)
    Obrigado passar sempre pelo meu blog!
    T+!

    http://brunocomotti.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  69. Amore, vc deixou de me seguir?
    Eu fiz algo de errado??
    Perdoe-me perguntar assim, beijos. Só fiquei preocupada.

    ResponderExcluir
  70. Oi linda!

    Hum...
    Acho que você está fazendo alguma confusão entre as seguidoras. Não uso esse sistema de "seguir" blogs.
    rs rs

    Eu acompanho os meus blogs prediletos por outro método. E pode ficar tranquila que o seu é um deles.

    : )

    Inclusive acabei de fazer um comentário lá, antes da sua nova postagem.

    : )

    Um beijo, flor.

    ResponderExcluir
  71. É triste ter essa sensação... de que o outro não nos é acessível. E eu tenho essa sensação em relação a certas pessoas. :S

    =**

    P.s: se a minha internet ajudar, vou ler a entrevista, rs.

    ResponderExcluir
  72. Não me sinto a vontade em falar da culpa. É um sentimento muito católico pra mim, embora saiba que tenhamos, como diria Walter Benjamim "um corcunda cego que manipula nossas ações", que nada mais é que nossa cultura judaica-cristã. Tudo isso pra dizer que não gosto de falar em culpa.
    Prefiro mil vezes falar das coisas que reconheço com muito mais facilidade, como a sua vitória merecida no blog da Pri. Ela é devida a vários pontinhos específicos que fazem de você um todo fascinante aos leitores.
    Primeiro, escreve com uma precisão cirúrgica. Nenhuma palavra que você põe no texto pode ser retirada e nenhuma palavra pode ser acrescentada. Você sabe a medida certa.
    Além disso, os temas abordados são sempre, da mesma forma, extremamente instigantes aos leitores, tanto os que são do meio policial quanto os que são leigos no assunto. Isso, como já disse, fascina.
    Por último, e não menos importante, você torna cada leitor especial, tendo o trabalho de responder cada comentário e, sempre que pode, faz uma visitinha.
    Esses são alguns dos motivos da sua popularidade e de ser tão bem quista e lida.
    E chega de bajulação minha. Cadê os troquinhos que me prometeu se eu lhe fizesse uns elogios aqui?
    Brincadeiras a parte, você merece cada voto recebido e cada leitor.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  73. Olá moça,
    Como sempre você nos presenteando com uma postagem gostosa de ler!
    Estou feliz de te ver novamente no meu blog, e amei a resposta no blog da Alane, adorei como você descreveu o meu blog.
    Você escreve muito bem acho que você devia fazer alguma coisa diferente e paralela a seu blog voltada a isso, já pensou em desenvolver um livro?
    Respondendo a sua pergunta, digamos que eu percebi o quanto eu estava infeliz e agora estou tentando percorrer um caminho em busca de uma vida mais alegre ...mais é um caminho meio espinhoso. Leia a minha última postagem que vc vai entender melhor rs.
    Mais pode estar certa que precisando de reforço vou chamar essa índia :)

    Bjokas.

    ResponderExcluir
  74. Nossa você está rápida no gatilho rs!
    Meus pais digamos que tem problemas maiores que os meus, é inviável ir morar com eles! Queria muito ter pra onde “fugir” mais o jeito vai ser me virar sozinha mesmo, mais como vc disse agora eu tenho um emprego já é um começo.
    Sabe é complicado, a gente acha que encontrou o príncipe encantado e de repente descobre que na verdade esse príncipe só existiu na imaginação, como eu disse eu suportei muitas coisas, viver sem amor é possível mais sem respeito não!
    Então a questão do livro vendo por esse lado é verdade, não teria os comentários do leitores! Mais acho que seria legal talvez até mesmo se você fizesse ele em conjunto com outras pessoas, nos deixaria com menos vontade de quero mais rss. Mais é só uma dica, se um dia você decidir por em prática com certeza seria best seller...eu seria a primeira a comprar :)!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  75. oimulher inspetora? como vão as coisas? tava com saudade de vir aqui, fds é mto corrido...mas enfim, estou passando só pra deixar um bjo e uma semana abençoada!!!

    ResponderExcluir
  76. Olá gatonaaaaaaaaaaaa!!!!

    Olha eu aqui de volta, que saudade. Espero que esteja bem, voltando para ficar...kkkkk.

    Abraço forte Regi

    ResponderExcluir
  77. Seria possível vosmicê dá uma passadinha na senzala pra vosmicê vê minha prosa?

    Agradecido, viu?

    :)

    ResponderExcluir
  78. Oi, minha querida,
    Demoro em vir, mas sempre venho...rs O tempo está tão escasso para mim... Pois é, pais e filhos, eternos dilemas, eternas disputas, mas saiba que o amor entre uma mãe e um filho, independente das diferenças tbm é eterno, e há sempre temmpo para novos recomeços! Bjos!

    ResponderExcluir
  79. Oiê novinha!
    Sentindo falta dos seus textos...
    (:

    Então, não conheço a Regina pessoalmente.
    Apesar de morarmos na mesma cidade... rs
    Mas nos conhecemos através do teu blog!

    Bjos!

    ResponderExcluir
  80. oi mulher querida inspetora,
    eu e a Le só nos conhecemos por fotos do orkut mesmo, acho que se vê-la na rua , certamente a recolhecerei....rsrs ta faltando só vc lá, mesmo que seja em um kukut anônimo rsrs
    xerooo querida!

    ResponderExcluir
  81. Oi, tudo bem? Estou aqui porque um dia você comentou no meu blog, o Gabitopia (wwww.gabi.blog.br). Tô aqui pra dizer que agora eu tenho Facebook (Gabi Topia) e Twitter (gabi_blog_br). Estou lendo seus posts, tô gostando muito do seu blog... Beijos!

    ResponderExcluir
  82. Mas suco por si só, já é uma bebida que adoro.

    ResponderExcluir
  83. Nessa eu não tive coragem de perguntar "de quem".

    ResponderExcluir
  84. Wow! No alvo!

    Como não pensei isso?

    Spartanski

    ResponderExcluir
  85. Graviola: É doce e tem um "azedinho" muito sutil no final - quase não dá pra notar.

    Enfim!

    (risos)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  86. Mesmo?! Que pena!



    Adorei hoje.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  87. Quando penso em graviola só consigo me lembrar de carambola, conhece?

    ResponderExcluir
  88. risos! Claro que sim!


    Não, não tem muito a ver. (risos)

    :D

    Spartanski

    ResponderExcluir
  89. Boa noite, maninha!
    Bjs pra você!

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  90. Não.

    É bem diferente! :)


    Spartanski

    ResponderExcluir
  91. rs rs rs

    Foi mal...
    : )

    Vou procurar nem que seja a poupa e fazer um suco!
    : )

    Boa noite, maninha!

    ResponderExcluir
  92. (risos) Sem problemas, linda.


    Sim, sim. Me conta depois - se achar.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  93. Já vi umas matérias sobre isso, sim.

    Agilidade e flexibilidade puras.

    : )

    ResponderExcluir
  94. Dormi, super bem, maninha, e você?

    Incrível o vídeo!
    Impressionante, né?

    Valeu por dividir!
    : )

    Gostei do "Tic tac"!

    ResponderExcluir
  95. Eu também, muito bem, linda!


    Demais, não é?

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  96. Aliás, todos são realmente impressionantes. O Salt de Chat é bem básico (entre aspas, claro - hehe)

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  97. Fortinha ela, né?

    Olha... esse do muro aí, é muito, muito, muito útil na vida policial!

    Será que é perigoso treinar isso sozinha?

    ResponderExcluir
  98. Você viu? Só de ver aqueles saltos/segurando o muro, era possível imaginar.



    Muito útil. Aliás, eu acho esse esporte muito interessante pra carreira.



    Spartanski

    ResponderExcluir
  99. Ao meu ver; um dos primeiros "ensinamentos" é ter uma boa segurança nos saltos e aterrizagens.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  100. Imagino que seja necessário um bom aquecimento antes, tênis apropriado, e é arriscado fazer isso sem uma tela de protação, não acha?

    ResponderExcluir
  101. Muitos detalhes preciosos a se pensar antes até, de dar um simples salto.

    Tênis
    Averiguar obstáculos
    etc, etc.

    E, sim, um belo e bom aquecimento.


    Spartanski

    ResponderExcluir
  102. Um detalhe: Subir e descer escadas dá uma resistência...

    Ajuda demais no "treino respiratório".

    Spartanski

    ResponderExcluir
  103. E o seu joelho, maninha, não sentiu nada?

    Escada força muito o joelho, não?

    ResponderExcluir
  104. kkkkkkkkkk

    Excelente!!!
    (o vídeo)

    Que legal!
    : )

    ResponderExcluir
  105. Realmente incrível.: Não senti nada! Nem, sequer, "sinal" de qualquer dor.


    Força. Força muito! O segredo é "aliviar" os saltos; o tempo/treino vai moldando cada vez mais esse encontro pés/chão.


    Spartanski

    ResponderExcluir
  106. Viu a "torcida", né? (risos)

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  107. Deve ter algum macete especial também para as mãos, né?

    Vc conseguiu "pescar" algum?

    ResponderExcluir
  108. Será que a musculação já tá fazendo efeito pra ti???
    : )

    Vc fez alguma outra corrida longa depois de um tempinho na musculação?

    Então, sobre a torcida, foi o que eu disse sobre a escolha da arte marcial a praticar. O apoio, o estímulo da galera conta muito!

    : )

    ResponderExcluir
  109. Estou tentando "estudar" os vídeos. Muita, muita teoria antes da efetiva prática. Por hora; salto firme/seguro é "regra". Adiante penso que terei mais "detalhes". :D



    Talvez. Será? Engraçado, começar o treino/salto (pra valer) está me fazendo muito bem.


    Fiz sim. Umas duas vezes/ três - talvez.¹

    Obs.:¹ apesar de que: não corri todos os dias da semana.


    Fiz bicicleta (forte) por curto tempo (2 minutos); umas duas ou três vezes também - antes da musculação.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  110. "Então, sobre a torcida, foi o que eu disse sobre a escolha da arte marcial a praticar. O apoio, o estímulo da galera conta muito!"


    Verdade.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  111. Muito bom! Há muito, muito tempo, não assisto.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  112. Não tá perdendo nada, só dão episódios repetidos.

    ResponderExcluir
  113. Maninha, estou achando (lembrei) que a dor no joelho devia-se em grande parte, também, ao tênis. Esse que estou agora é perfeito. Os saltos então? Incrível o desempenho.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  114. Quando você falou daquela dor no dedinho imaginei que fosse isso mesmo.

    Que bom que agora tá dando certo, não quero que você se machuque de jeito nenhum! Cuidado aí nesses saltos, menina... Uma pisada em falso e... quero nem pensar!



    ResponderExcluir
  115. Saltos: Agora, só o necessário.

    Adoraria investir naquelas modalidades, mas preciso me conter (ó céus!) e evitar riscos desnecessários. Assim o farei.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  116. De qualquer forma: Ideia fixa.

    Status: Em "espera", por hora.

    (risos)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  117. Posso te contar um segredo?

    Vou contar logo antes que você diga "pensa bem..."

    Cara, eu tô louca que saia logo esse edital pra agente de novo! Estou louca pra te ver logo na ANP!!!

    ResponderExcluir
  118. Sério...

    Sei que o tempo trabalha a seu favor, e isso me deixa mais conformada. Mas caramba! Às vezes queria que chegasse logo. Vai ser emocionante demais!

    ResponderExcluir
  119. Você não imagina o quanto é especial ler algo assim.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  120. Eu acredito em cada palavra.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  121. "Vai ser emocionante demais!"


    Tão mais quanto eu possa agora, nesse momento, imaginar.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  122. Acredite, porque é verdade e espontâneo.
    : )

    ResponderExcluir
  123. "pensa bem"...

    Você adora essa frase, né?
    Às vezes quando a gente pensa beeeeeemmmm, a gente deixa de ser espontâneo.

    ResponderExcluir
  124. E eu acho muito legal quando você se preocupa com a minha proteção.
    : )

    ResponderExcluir
  125. E eu fico sem palavras, sem saber como agradecer todo carinho e incentivo. Suas palavras são sempre muito especiais.


    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  126. Guardo com muito carinho - comigo.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  127. Não tem que dizer nada, maninha.
    Se conseguir sentir, já me dou por satisfeita.

    : )

    ResponderExcluir
  128. Às vezes me perco nas palavras mas, sinto. Sinto sim...

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  129. Ia perguntar exatamente isso. (risos)


    Não tanto.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  130. Não tanto é: estou começando - talvez.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  131. Queria fazer outra brincadeira com você? Será que você aguenta???

    : )

    ResponderExcluir
  132. kkkkkkkkkk

    Não... acho melhor você ir dormir!

    kkkk

    ResponderExcluir
  133. risos!

    Porque? Não quer mais?

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  134. Será que você não vai dormir no meio da brincadeira?

    ResponderExcluir
  135. Então tá...

    Mesmo estilo da anterior.
    : )

    Pode ser?

    ResponderExcluir
  136. Estou tentando entender:

    Quando eu converso com sono eu falo coisas sem sentido? É mais ou menos isso?

    ResponderExcluir
  137. kkkk

    Entendi!

    Obrigada por me contar, eu não sabia!
    kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  138. ok...

    Desculpa por isso!
    Vou tentar evitar.
    : )

    (morrendo de vergonha!)

    ResponderExcluir
  139. 4 - Defina você mesmo em uma só palavra.

    ResponderExcluir
  140. Não, oras...

    Eu que perguntei.
    kkkk

    Eu não tô com sono e nem cansada!!!
    kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  141. Não se desculpe, ora! :)

    "Eu não tô com sono e nem cansada!!!
    kkkkkkkkkkkk"

    risos!


    Spartanski

    ResponderExcluir
  142. Você não tem defeitos!
    : )

    6 - Defina a Novinha em uma só palavra.

    ResponderExcluir
  143. Claro que tenho!

    E aquilo lá, não entra na "categoria" defeitos da Novinha não.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  144. : )

    Nossa!

    10 - o dia mais feliz da sua vida.

    ResponderExcluir
  145. 10 perguntas, maninha...
    : )

    Obrigada por responder. Assim eu vou te conhecendo melhor.

    ResponderExcluir
  146. Não se preocupe...

    Eu sei que é difícil.

    A exigência da resposta é que se pensar demais pode não ser tão espontâneo, transparente... mas às vezes é o contrário. É melhor pensar mais pra ter uma resposta mais precisa, né? Eu entendo.

    ResponderExcluir
  147. Demorar às vezes é "procurar", "procurar a fundo". Mas, prefiro ser mais rápida. :)

    Spartanski

    ResponderExcluir

Confissões