quarta-feira, 21 de abril de 2010

Agora é a minha vez.


Ele tinha bastante experiência e muita classe. Fiquei fã desde o início. Me sentava sempre no meio da primeira fileira e quando ele precisava de alguma coisa pedia pra mim. Eu atendia por prazer, sem necessidade de algum sentido. Distribuía as cópias, recolhia material, ajudava com a papelada, fechava a porta da sala. E sem muito esforço ele foi o meu pai durante todos aqueles meses de curso de formação. Às vezes acho que me protegia - jeito perigoso de amar. Assim que terminou a formatura, esse instrutor pediu pra turma se reunir uma última vez na sala de aula. Subiu no tablado e nos colocamos em pé ali, de frente pra ele. Havia preparado um discurso latejante de despedida e imprimiu toda a sua alma numa folha de papel. A voz dele em sotaque gaúcho foi ficando mais grave e embargada. Disse coisas muito doloridas sobre a realidade do sacerdócio policial que a gente estava prestes a assumir. E chorou. Tentou continuar a leitura e chorou mais ainda. Alguns colegas olharam pra mim e eu entendi. Me aproximei, fiz um carinho no braço dele daquele jeito que só as pessoas que sentem paz sabem fazer e pedi pra ele me deixar terminar de ler o texto. No final da leitura me agradeceu envergonhado com os olhos vermelho-colorado, porque até as cores dos olhos dele eram gremistas. Dei um abraço nele e a turma toda fechou desorganizadamente unida em cima da gente. Naquela fina alegria vencedora que faz a gente acreditar que a partir de agora a história vai ser diferente. Porque vai.

201 comentários:

  1. Podemos então ver , que mesmo dentro de um homem forte e seguro ,existe afinal, apenas sentimentos e amor.

    ResponderExcluir
  2. MOMENTO DE AGRADECIMENTO.

    É muito gratificante cada vez que abro a página do meu espaço e encontro meus amigos por aqui.
    Cada visita, cada comentário, mesmo que seja um simples OI me dá uma satisfação grande em continuar abri-la diariamente.
    Vocês enriquecem meus dias.
    Me esforço a cada dia para somar emoções com vocês, e as vezes nem respondo à altura.
    A quase dois anos de blog, cresci muito, aprendi muito, devo isso a todos vocês meus amigos e seguidores.
    Não importa o sexo, religião, valores e sim a dedicação diária em comentarem no blog.
    Tenho um respeito enorme por vocês.
    Obrigado por vocês existirem.
    Obrigado a todos vocês amigos e seguidores que votaram no meu blog. Se ele chegou até aqui devo tudo isso a vocês.
    Obrigado por vocês caminharem junto comigo "Pelos Caminhos da Vida".
    Vamos aguardar a próxima votação.

    Ana.

    Fique com Deus.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  3. Olá Silvinha!!

    Tava com saudades suas!!!
    Ele era um dos últimos homens que eu poderia imaginar ver chorando um dia... pra vc ter uma idéia.

    Beijo, linda!

    ResponderExcluir
  4. Ana...

    Disseste uma verdade...
    Também não saberia o que fazer aqui sem todos os comentaristas e seguidores e dentre esses os queridos amigos que me conquistaram com todo o seu carinho.

    Um beijo, minha querida!

    ResponderExcluir
  5. Nossa, amei isso. Que sorte vc teve de ter um instrutor assim, faz toda diferença ser guiada por alguém que valoriza o que faz e faz bem.
    queridona, olha o lonk

    http://en.tackfilm.se/?id=1271709069151RA98

    vc vai amar, juro!

    ResponderExcluir
  6. Mas relamente, vamos te acompanhar aqui esta história escrita com verdade e justiça...

    Fique com Deus, menina Mulher na Polícia.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  7. Oi Walkyria!!!

    Foi uma sorte amiga, com certeza ele marcou nossa formação de uma forma muito especial.

    Que bom você por aqui.

    Um beijo!
    (O link tá carregando...)

    ResponderExcluir
  8. Oi Daniel!

    Está de volta ao continente?
    Você vai ser minha testemunha, então, combinado?

    Beijinho, querido!

    ResponderExcluir
  9. Nossa,é muito intenso quando convivemos e passamos vários momentos ao lado de um grupo ou uma pessoa e depois por consequência do destino,cada um tem q trilhar seu caminho,mas...as melhores coisas,levamos conosco!!!

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  10. Que emocionante seu post.
    Engraçado como momentos como esse nos marcam pra sempre, não?
    Que bom que é assim.

    Beijo grande e ótima semana!

    ResponderExcluir
  11. Oi Geane!!!

    É verdade! Ver os colegas crescerem, se superarem enquanto tantos às vezes desistem no meio do caminho é uma coisa que fortalece muito o grupo e cria um vínculo forte de amizade, de irmandade. Não sei explicar bem, mas é muito gostoso lembrar de tudo isso.

    Grande beijo pra você, linda e obrigada por ter vindo.

    ResponderExcluir
  12. Oi Sanzinha!!!

    Marcou forte, linda!
    Porque ele não era muito sentimental, sabe? Ninguém da turma esperava vê-lo se emocionar a esse ponto. Nem eu esperava!Foram boas lembranças!

    : )

    Beijo!

    ResponderExcluir
  13. É uma sensação estranha esses momentos. Fora toda a felicidade e toda aquela ânsia de futuro há algo mais, como se no peito coubesse um balão. Acho que a saudade nasce aí.

    ResponderExcluir
  14. Boa noite moça!
    Nossa, que post emocionante, como sou muito emotiva, já consegui sentir cada momento.
    Marcam, momentos assim, guardamos em nossos corações.
    Uma pessoa que expõe suas emoções dessa maneira, merece toda admiração e respeito.
    Tenha uma ótima quinta-feira.
    Bjão

    ResponderExcluir
  15. Oi Rafiki!

    Com certeza! Havia um balão enorme no meu peito. E sinto muitas saudades dessa época, da turma. E também sinto toda essa ânsia de futuro com você falou. rs É desse jeito mesmo. Mas quero aproveitar bem cada fase e extrair o melhor de cada uma. Acho que consegui aproveitar bem essa fase da Academia.

    Obrigada, querido, grande beijo de boa noite pra você. Durma bem!

    ResponderExcluir
  16. Brilhante! Me senti como se tivesse participado da formatura! Sucesso para você! Agora é sua vez!

    ResponderExcluir
  17. Boa noite Lady, querida!

    Que bom que consegui transmitir um pouco do que vivi para você.

    Até hoje tenho muito respeito por ele. Acho que todos nós, os novinhos, guardaremos uma certa reverência por tudo o que ele nos ensinou.

    Ótima quinta pra você também!
    Amo quando você aparece por aqui.
    Um beijo, linda!

    ResponderExcluir
  18. Olá Eric!!!

    Deu pra sentir o peso da responsabilidade nos ombros também? rs rs rs rs rs

    Isso de não poder decepcionar as pessoas que amamos é um fardo pesadíssimo. Não é?

    Obrigada por ter vindo!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  19. Gracias por tus visitas a mi blog...Todas las despedidas duelen...Pocas personas se ganan nuestro corazón...

    Besos

    ResponderExcluir
  20. Oi, querida, eu vim parar no seu blog porque achei um comentário seu no meu. hehehehe

    Bjos

    www.mulherzinhasim.blogspot.com
    www.formspring.me/mulherzinha

    ResponderExcluir
  21. É simplesmente lindo a pessoa que mostra seus sentimentos,,,que deixa rolarem as lagrimas da alma,,,é sempre bom saber que existe amor dentro do peito,,,amor de qualquer jeito,,,um beijo querida e um dia lindo pra ti.

    ResponderExcluir
  22. Com grandes poderes vem grandes responsabilidades! Já ouviu essa frase?
    As pessoas que têm mais chances de nos decepcionar são as que mais amamos, pois são delas que esperamos toda a lealdade, reconhecimento, confiança e respeito que desejamos. Acho que, se todos tivessem consciência disso, ninguém idealizaria muito sua relação com as pessoas e não esperaria coisas demais de ninguém. Afinal, não somos perfeitos, não é mesmo?
    Não esquente muito sua cabeça com esse assunto de responsabilidades. Todo mundo tem deveres com você também.
    Abração!

    ResponderExcluir
  23. Olá Mulher na polícia,
    Afinal sempre é verdade que é uma mulher na polícia, e eu um delinquente a brincar com o fogo,tenho que ter mais cuidado a partir de agora.
    Gostei muito do texto, e quando os sentimentos vêm à flor da pele é bonito sim senhora.

    um beijinho,
    José.

    ResponderExcluir
  24. ...e assim a vida vai nos pregando
    peças num aprender sem fim.

    adorei estar aqui...

    deixo beijos pra polícia...rsrs

    ResponderExcluir
  25. A história se faz diferente a cada amanhecer... nem te conto...rs
    E num fala assim "Já é outra" que fica parecendo que eu não presto...rs

    Se usa msn... me add ai mgmerlim@hotmail.com

    tenho vontade de saber mais de ti

    beijo

    ResponderExcluir
  26. Olá, Novinha!

    Estranha a vida, né? Na Universidade vivenciei isso há pouco tempo, vendo um dos homens mais duros e revolucionários chorar na despedida de uma turma da qual era padrinho. A gente cataloga as pessoas e esquece que são humanas... Como naquela música - Saiba - do Arnaldo Antunes, linda na voz da Calcanhoto.

    Indiquei seu blog nesta postagem, viu, depois dá uma olhadinha lá: http://fernandolagonet.blogspot.com/2010/04/sinceramente-eu-acho-que-nao-mereco.html

    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Hum...
    Odeio despedidas...
    Seja um até logo...
    Ou um adeus...
    Todas trazem consigo dor...
    Nunca consegui me manter firme em despedidas...
    Talvez um dia aprenda...

    Bjs

    P.S.: Obrigada pela sugestão...
    Tenho trabalhado bastante pra melhorar minha maneira de escrever...
    Obrigada pelo toque...

    ResponderExcluir
  28. Parabéns e muito sucesso!
    Adorei o novo layout!
    Bjs,polícia!

    ResponderExcluir
  29. Gracias por la visita a mi blog, así como tus cálidas palabras...
    Intentaré leer con detenimiento las tuyas, así las comprendo.

    Abrazo desde el aire de la red:

    Ju

    pd: ¿nos conocemos?

    ResponderExcluir
  30. Mais do que conhecimento, levamos experiências e emoções que nos fazem proseguir.

    Quanto carinho nesse texto...e pela Mulher na Polícia. Adorei mesmo!

    beijo

    ResponderExcluir
  31. Ler seus posts me faz imaginar e até mesmo sentir, o quanto o sacerdócio policial deve ser realmente muito difícil.
    Sua sensibilidade na escrita as vezes parece chocar som o esterétipo que tenho da profissão e isso é, simplesmente, muito bom!

    Ah... conheceu alguém com o meu nome? É raro né? Quem sabe um dia não seja realmente eu? rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  32. Despedidas sempre me lembram Blues...Aliás a forma com que você escreve até parece com roteiros de tão realistas e bem costuradas...

    ResponderExcluir
  33. Mp
    Primeiro
    obrigada pelo apoio e pelo poema
    E adorei saber mais um pouco da sua historia
    bjinhos

    ResponderExcluir
  34. È isso ai, Homem tb. chora, Homem tb. se emociona, Homem tb. se apaixona, Homem tb. Ama!!!

    Os Homens tb. tem sentimentos sabia, que coisa linda né..

    Beijosss pra vc. Mulher!

    ResponderExcluir
  35. Acho lindo quando as pessoas conseguem, de certa forma, tocar as nossas vidas assim. Também já vi gente que nunca pensei que tivesse sentimentos chorando como um bebê, e isso me faz pensar em como somos todos sensíveis, apesar de por fora termos uma casca dura, todos somos por dentro seres humanos. Essas despedidas, ainda mais quando regadas de palavras e exemplos de vida, são mesmo emocionantes!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  36. Mais bonita que a história vivida que comentou é observar sua gratidão para quem com tão poco tempo, quiz transmitir o muito do que é aqui fora

    ResponderExcluir
  37. Ballesteros, Hola!

    Duele, pero me encuentro con estos amigos en un lugar llamado nostalgia.

    Besos!

    ResponderExcluir
  38. Olá July!

    Que bom que você veio!
    Seja bem-vinda!
    É assim mesmo, ninguém vai à polícia se não tiver um bom motivo.

    : )

    Beijos.

    ResponderExcluir
  39. Olá Everson...

    Acho que a emoção dele era resultado de certa imcompreensão. A gente consegue camuflar isso até determinada altura. E já ele estava em um nível muito alto. É lindo!

    Beijo, meu poeta!

    ResponderExcluir
  40. Olá Eric!

    Minhas preocupações são mais com o despreparo mesmo. Meus limites me dão uma sensação incômoda de inadequação. Eu preciso melhorar muito ainda.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  41. Olá José!!!

    Brincar com fogo não é crime.
    Não aqui no Brasil.
    Mas queima, mesmo.

    Ah... essas emoções à flor da pele também não só queimam, como incendeiam.

    Beijos, José!

    ResponderExcluir
  42. Mago...

    Eu te disse que vc precisava olhar mais para os lados e você seguiu direitinho minhas orientações, né? Conta só pra mim... Prometo que não espalho pra ninguém.

    rs rs rs

    Beijos!

    ResponderExcluir
  43. Olá Viviam!!!

    Prazer em tê-la aqui!
    Sinta-se muito bem-vinda!

    Aprender um pouco a cada dia é lançar-se num dos maiores prazeres da vida. Não é?

    Beijo!

    ResponderExcluir
  44. Pode parecer lugar comum, mas... " hay que endurecerse pero sin perder la ternura jamas." Abração! Paz e bem.

    ResponderExcluir
  45. Um fantástico e tranquilo fim de semana para si!
    Um abraço,
    Maria Lemos

    ResponderExcluir
  46. Olá Fernando!!!

    Muito bondoso você, né???
    Obrigada!!!

    Depois que vim pra polícia tá ficando cada vez mais difícil confiar nas primeiras impressões. Passou a ser perigoso, sabe? Risco de assumir meus preconceitos. E como é difícil dissolver um preconceito!

    Beijo, e mais uma vez muito obrigada por suas palavras generosas!

    ResponderExcluir
  47. É com imenso prazer que chegamos até a sua casa e convidamos você a fazer parte do Espaço Aberto – Um blog para todos! Lá você em breve encontrará proposta para postagens coletivas (Tem uma ótima que já está pronta para ir ao ar!), sorteio de brindes, entrevistas, publicações dos mais diversos assuntos, enfim você não pode ficar de fora. Venha participar!

    ResponderExcluir
  48. Oi Rebeca!

    Você ainda não se acostumou com as despedidas porque você é humana. rs

    Bom, não entendo nada de literatura e não sei exatamente quais são seus objetivos nesse ramo, mas gosto dos seus textos. Então pra mim você já é uma grande escritora. Acho admirável que você esteja buscando melhorar sempre. Quando a gente gosta do que faz procura mesmo fazer bem feito.

    Beijinho.

    ResponderExcluir
  49. Ju!!!

    Hola niña!
    Me alegra que hayas venido!
    Te conozco a través de su blog, solamente.
    Por que el me encanta.

    Besos!

    ResponderExcluir
  50. Oi Carol!!!

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Que novo lay out???

    rs

    Beijo, moça!

    ResponderExcluir
  51. Oi Diu!!!

    Gosto tanto quando você vem por aqui!

    A gente tem que prosseguir, amiga... ficar parada é que não dá. Ou como dizem os meninos do NXZero "Entre razões e emoções a saída é fazer valer a pena".

    Beijo, linda!

    ResponderExcluir
  52. Olá TahiAna, querida!

    VC disse: "Ler seus posts me faz imaginar e até mesmo sentir, o quanto o sacerdócio policial deve ser realmente muito difícil".

    Então acho que estou conseguindo me expressar bem, pelo menos, amiga. Se isso for verdade... ter um blog é tudo de bom, mesmo.

    E continuou: "Sua sensibilidade na escrita as vezes parece chocar som o esterétipo que tenho da profissão e isso é, simplesmente, muito bom!"

    Isso de estereótipos policiais é uma coisa complicada, amiga. O que vejo daqui de dentro é que é um universo tão grande que é difícil destacar apenas um estereótipo. Mas isso não vem ao caso pois estereótipos não são vistos de dentro, como o próprio nome indica é a visão de quem está de fora. Sei lá...

    Mas quero trocar figurinhas dentro desse tema com você. Quem sabe um dia você não aparece aqui na minha delegacia (Espero que não seja por nada grave)... e a gente tem a chance de reformular ou reafirmar esses estereótipos?

    Quem sabe um dia?

    : )

    Beijão pra você.

    ResponderExcluir
  53. Olá Juan...

    Deixe ver se eu entendi: Isso foi um elogio!?
    rs rs rs

    O que me consola é que não há reencontro sem despedida. Não é?

    Beijo, querido!

    ResponderExcluir
  54. Você deve ser muito especial :-)

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  55. Tib, minha amiga linda!

    Eu sou uma das que vão vibrar muito com a história do seu grande amor. E enquanto não acontece eu torço, torço e torço.

    Saudades suas.

    Te cuida em Brasília, hein... se alguém aí maltratar seu coração chame a polícia.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  56. Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog O Livro dos Dois Dias do Everton Russo, cuja literatura adoro. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Divulgar é preciso! Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado, além sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs



    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.


    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.


    Abraços

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  57. Oi Delano!!!

    Adoro quando os homens tiram a couraça.
    Ficam tão lindos!

    : )

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  58. Renata!

    Interessante que para realmente tocar uma outra alma humana, toda teoria, e técnica é dispensável. É necessário apenas humanidade. Mas para ser humano aqui na polícia é preciso ter muita coragem!

    Muito obrigada por seu comentário!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  59. Oi Juliana,

    Deu pra perceber minha gratidão... né? Que ótimo. Com certeza, amiga, ele transmitiu muito mais do que teorias, ou conceitos frios. Transmitiu uma boa base onde poderemos estruturar corretamente os ensinamentos do dia a dia. Isso não tem preço, né moça.

    Beijinho, linda!

    ResponderExcluir
  60. Cacá...

    Esses momentos de ternura, passam batido no corre-corre do dia-a-dia. Então a gente vive perdendo a ternura muitas vezes num mesmo dia.
    Infelizmente.

    ; )

    ResponderExcluir
  61. Obrigada, Maria!

    Pra você também!
    Um final de semana muito bom!

    Beijinho!

    ResponderExcluir
  62. Amigos do Espaço Aberto,

    Obrigada pelo convite!
    Parabéns pela iniciativa!
    Abraços a todos!

    ResponderExcluir
  63. Oi Gigi!!!

    Você é uma flor, né?
    Beijinho, linda!

    ResponderExcluir
  64. Fabrício!

    Seja bem-vindo!
    Obrigada pelo convite.
    Vou lá sim!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  65. Nossa,que emocionante?
    Será que terei aula com ele?

    Beijões!

    ResponderExcluir
  66. IP!!!

    Quem sabe? rsrsrs
    Seria uma honra para a Academia.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  67. Hay que endurecer sen perder la ternura...

    ha!

    Agradeço o recadinho carinhoso, tô me recuperando bem.


    Novinha tem um selinho pra ti no meu blog, passa lá*

    Beiju

    ResponderExcluir
  68. Yes!!!

    Obrigada Falcãozinho!!!
    E já coloquei lá na página dos prêmios.
    Valeu!!!

    ResponderExcluir
  69. Agora é a hora de fazer valer todos os momentos de emoção.... no dia-a-dia.
    Estou realmente em transformação, mas ainda não sei aonde isso vai... rs...
    Bom fds amiga blogueira! Beijos

    ResponderExcluir
  70. Esse momento de despedida é sempre emocionante. A gente começa a pensar: como será que o nosso aluno vai agir a partir de então? Já fiz até música, por causa disso...

    ResponderExcluir
  71. Um beijo carinhoso de bom sabado pra ti amiga...

    ResponderExcluir
  72. Boa tarde.
    Um encontro de emoções.
    Parabéns.
    Muito obrigado pela visita.
    Beijokas.

    ResponderExcluir
  73. Passando pra desejar um lindo fds!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  74. Cris,

    O tempo passa e cada geração deixa a sua marca. Eu tenho uma parcela de responsabilidade para com minha geração de policiais (os novinhos) e agora é a minha hora.

    Você também deve estar sentindo alguma coisa parecida. Essas transformações... rs.

    Beijinho, e obrigada linda!



    Beijo!

    ResponderExcluir
  75. Professor Lago!

    Então também deve ter deixado muitos fãs na PMESP...

    : )

    Beijos!

    ResponderExcluir
  76. Vanessa...

    Olhos em cores azul-celeste, preto e branco... Tem noção??? rs Olhos vermelho-colorado (cor do Inter) pode ser comprometedor... Coisa de gaúcho, sabe?

    Beijo!

    ResponderExcluir
  77. Oi Everson!!!

    Muito obrigada pela visita!
    Beijo e ótimo final de semana pra você também.

    ResponderExcluir
  78. Pérola!!!

    Sim um encontro de emoções, de gerações, de culturas... Um grande encontro.

    Prazer em recebê-la aqui!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  79. Obrigada Carol...

    Tá sendo ótimo, meu final de semana, estou na casa da mamãe...

    : )

    Obrigada, beijos!

    ResponderExcluir
  80. ola!
    ficou sabendo da novidade ja ne? nao escrevi antes pq sabia q vc iria ficar sabendo...
    bjos

    ResponderExcluir
  81. Oi Vitão...

    Senti saudades!
    Fiquei sabendo sim...
    rss

    E então? Como é que você tá se virando?
    Se precisar de alguma coisa...

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  82. Olá moça!
    Vim deixar meu carinho e desejar um lindo domingo, recheado de coisas boas.
    Bjão

    ResponderExcluir
  83. Lady,

    Obrigada, pela visitinha carinhosa, linda!
    Pra você também... Tudinho de bom!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  84. descrito com a intensidade de alguém que viveu um momento de fato inesquecível

    a mistura de preocupação com carinho, ou por carinho
    sempre traz algum momento diferenciado, passivo e ativo de reflexão e um sorriso, mesmo que discreto

    muito bom, como de costume

    ResponderExcluir
  85. Vini,

    "Tudo o que é bom dura o tempo necessário para se tornar inesquecível". (Chorão)

    Ainda bem, mas por via das dúvidas eu vou deixar registrado aqui. rs

    Beijinho!

    ResponderExcluir
  86. Que lindo!! O Brasil precisa de mais instrutores assim...


    beijos

    ResponderExcluir
  87. Lindo, lindo... O Brasil precisa de mais instrutores assim...


    beijo

    ResponderExcluir
  88. Oi Érica!!!

    O Brasil precisa de policiais assim.
    E eu precisava de um instrutor assim trabalhando nas 24 horas comigo.
    rs rs rs

    Obrigada por ter vindo, linda!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  89. Olá !!!

    Ao longo da vida temos intrutores e professores especiais pq ensinam muito mais do que lições de teorias fantasticas; ensinam lições de vida as quais marcam nossa existencia e concedem valores impagaveis.

    abraçossssss

    ResponderExcluir
  90. Oi Irene,

    Acho que o que fez dele um bom professor foi ter aprendido a duras penas o valor das lições que precisava ensinar.

    Beijo pra você, moça.

    ResponderExcluir
  91. Coisa que admiro em ti é esse carinho com todos os leitores. Isso também é característico de pessoas pacienciosas. Confesso que não consigo fazer o mesmo (e olha que tenho um décimo dos teus comentários). Mesmo assim, continuas dando atenção e força aos amigos.
    Além disso, pelo que percebo nos seus textos, além do talento pra escrever, tens capacidade nata em instruir. Se já não o fazes, logo estarás fazendo. Serás uma excelente estrutora. Competênca e sabedoria para tal não te falta.
    Beijão

    ResponderExcluir
  92. Você perguntou lá no Idiotizando qual é o meu objetivo real com o blog. A resposta é simples: Escrever! Amo escrever.
    Mas também amo que leiam o que eu escrevo! Tenho um sonho de distante de escrever um livro e, quando isso acontecer, vou precisar de pelo menos meia dúzia de pessoas que o leiam, além de minha família, rs.

    E o seu objetivo?

    Beijos

    ResponderExcluir
  93. Olá Otário,

    Que gentis essas palavras!

    Na verdade penso que é uma honra saber que alguém passou por aqui e se importou em oferecer alguma contribuição ao texto, às idéias. E como é gostoso quando a gente percebe que chegaram comentários! É altamente estimulante contar com a particiação dos leitores nesses textos e posts simples do meu blog. Gente que tem cada blogão... rs rs rs, como você, por exemplo.

    Então acho que o mínimo que posso fazer é tentar retribuir de alguma forma esse carinho. Quando dá... porque muitos leitores campeões de comentários aqui (que chamo carinhosamente de atiradores de elite) não possuem blog. Além disso eu tenho sempre a sensação de que estou devendo principalmente por ser um blog anônimo. O que não é opção minha, mas é uma imposição da profissão.

    Agradeço o seu comentário e incentivo quanto à atividade docente, querido, mas o mestre aqui é você.

    : )

    Beijinho!

    ResponderExcluir
  94. Olá Tahiana!!!

    Eu achei interessante a sua movimentação no sentido de dar um up grade no seu blog... que já é muito bom. Entendi que você está pesquisando possíveis melhorias e isso me deixou curiosa.

    Bem, sabendo do seu objetivo em escrever um livro, vou torcer para que o alcance. E vai ser interessante acompanhar esse processo todo.

    O meu objetivo com esse blog é apenas deixar registradas minhas experiências na polícia. E ter, sei lá..., melhores condições de analisá-las pra saber que rumo estão tomando... Ou talvez saber onde estou errando... não sei direito, mas acho que é por aí. Alguns comentários aqui também me ajudam bastante. Alguns leitores me incentivam muito, outros me dão conselhos "paternos". E outros ficam chocados comigo... rs rs rs Não tenho como evitar isso... mas é divertido, também.

    Boa sorte, escritora!
    E muito obrigada!

    ResponderExcluir
  95. Dentro de todos nós a emoção muitas fezes fala mais alto.
    Bom é termos nesses momentos com quem contar!


    Tenha uma ótima semana!

    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  96. Oi Tatiana,

    Um ombro amigo, um colinho, um braço forte não fazem mal a ninguém.

    rs rs rs

    Ótima semana pra você também.

    ResponderExcluir
  97. Oi...bom é poder dividir sorrisos e lágrimas, emoções, asom como aconteceu com vocês...momnetos assim nos torna mais próximos, mais humanos no sentido mais humano da palavra...gente...que chora, que ri, emociona...enfim...
    Você foi 10 com sua atitude...
    Um abraço na alma..bjo

    ResponderExcluir
  98. Primeiro quero deixar um beijo pra vc, minha policial linda! Mesmo sem conhece-la tenho certeza que é linda, só pelo que escreve e pela sua simpatia e autenticidade!

    Quero agradecer pelo comentário que deixou no meu blog na minha penultima postagem. Não o fiz por lá porque estive ausente por uns dias, viajando à negócios e sem muito tempo pra acessar meu blog.

    A propósito, acabei de publicar um novo texto. Quero sua opinião lá, viu moça? rs.

    Minha querida, adorei seu texto! Como já disseram aqui, vc realmente tem um timbre pra escritora! A sua narrativa é envolvente e tem um charme de roteiro!

    Essa coisa de homem chorar sempre foi um grande tabu, ainda mais se tratando de um policial. E vc conseguiu registrar aqui este paradigma de uma maneira muito harmoniosa, nos mostrando que, antes de qualquer coisa, somos todos seres constituidos de grande parcela de sentimentos!

    Cresci ouvindo meu pai dizer "que homem não chorava", até que um dia presenciei ele chorando e dizendo que até então não havia completado o seu raciocinio: "Filho, eu sempre disse que homem não chorava; que não chorava como as mulheres, pois o choro do homem carrega lágrimas mais pesadas, difíceis de sair dos olhos".

    Obrigado! Vc me fez lembrar disso e me deixou com os olhos úmidos... mas o meu estúpido instinto de macho insiste em me dizer que isto é apenas por causa da claridade do monitor!

    ResponderExcluir
  99. Que post sensível! Achei bonita essa história. Sinal que ele sentia grande afeto pela sua turma e realmente desejava coisas boas a todos vocês.

    ResponderExcluir
  100. Gostei da força da afirmação: "PORQUE VAI"

    ResponderExcluir
  101. Uau!! Competente, sedutor e com sotaque gaúcho? Socorro!

    ResponderExcluir
  102. Ôpa! Vim parar aqui por acaso; vim através de outro blog, mas foi por acaso. Ao ler 'Mulher na polícia', pensei: que delícia, afinal, na academia de polícia, as mulheres devem aprender a lutar. Ai, que delícia! Adoro ver mulher lutando, dando golpes, derrubando nós homens com golpes de Judô, Jiu-Jitsu, ou seja lá qual for a arte-marcial. Melhor que 'Mulher na Polícia', pra mim, é 'Mulher no Tatame', ou ‘Mulher no Ringue’. Na ACADEPOL, as mulheres vão pro tatame mesmo?...
    John Sparring

    ResponderExcluir
  103. Voltei para perguntar uma coisa: você, MP, por acaso já não deu uma passadinha no Blog do Maroni??? O Deijivan e o Hefesto comentam lá. Não só pelo seu aprimorado estilo ao escrever, mas também pela experiência (muito interessante) na área policial, conquistada através de seu ofício, seus depoimentos no referido blog seriam de grande valia para todos nós... Certamente seus comentários e opiniões estariam sempre ancorados na razão e equilíbrio. Insisto, se não visitou o Blog do Maroni, ao menos dê uma passadinha por lá.
    Voltarei depois, ok?
    JS

    ResponderExcluir
  104. Olá! Vim retribuir a visita e me surpreendi. Você escreve muito bem!! Adorei os textos que li, este em especial me emocionou. Sensível, suave, uma linda homenagem.
    um beijo e sucesso. Que a história seja mesmo diferente, é o que todos desejamos!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  105. Elcio querido!

    Obrigada pelo comentário!
    Que bom que consegui te transmitir um pouco do que aquilo significou pra mim.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  106. Deijivan...

    Você desperdiça sua atenção e elogios comigo.
    Mas isso me faz um bem...

    Obrigada!

    Um super beijo pra você.

    ResponderExcluir
  107. Ana!!!

    Um beijo, linda!
    Obrigada pelo seu carinho!

    ResponderExcluir
  108. Oi Mulher,

    Li alguns posts de seu blog. Você escreve muito bem, mesmo. Gostei de como relata os seus sentimentos e o seu dia a dia.

    Sabe, eu tive uma amiga de sala, na época do ginásio, chamada Mônica. Falava pouco, era séria, mas me tratava bem, talvez porque eu não era muito diferente dela. Depois de alguns bons anos, eu a vi nas ruas de nossa cidade, toda fardada de policial militar. Eu me surpreendi, mas ela foi agradável como sempre fora comigo. Era uma amizade mais subentendida do que falada. Desculpe-me, mas lembrar dela, vem todo um passado de escola, de colegas, daí, posso escrever demais.

    Enfim, não demorou muito tempo, creio que próximo de uns 02 anos depois, quando eu ouvi a notícia de que uma policial havia sido baleada e morreu na hora, num tiroteio decorrente de um assalto na garagem da Empresa Pássaro Marron, de Guaratinguetá-SP (nossa cidade).

    Engraçado, logo me veio na cabeça, o pensamento de que poderia ter sido ela, a minha amiga de sala, Mônica. O triste, foi saber que havia sido a própria. Senti pelo ocorrido, penso que ela partiu cedo demais... Mais ainda, de que não precisava ter sido desse modo...

    Beijos e apareça mais vezes para tomarmos um café e papiarmos um pouquinho,

    ResponderExcluir
  109. Menina que desabafa...

    É isso mesmo, linda.
    Ele tinha coração.
    Obrigada, tá???
    Amo quando vc aparece aqui.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  110. Oi Bárbara!!!

    Vai, sim...
    Porque tenho fé.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  111. Magui...

    Umhum, amiga...
    Com todo o respeito mas o coroa era lindo e casado...

    Gostei, querida.
    Venha sempre...
    rs rs rs

    Beijos!

    ResponderExcluir
  112. Anônimo...

    Desculpe, demorei um pouquinho pra te responder porque queria dar uma atenção maior às suas perguntas.

    Aulas de defesa policial são ministradas em todas as academias de polícia acredito eu... Na minha não era direrente. Inclusive é a aula campeã de lesões físicas... especialmente para aqueles concurseiros profissionais que só estudam e não praticam nenhuma atividade física.

    Normalmente uma menina treina com outra menina. Eu tinha uma parceira para as aulas, mas meu treino para a prova e a própria prova foram feitas com um colega que me respeitava muito. Como eu estava nervosa pra caramba preferi fazer com ele porque tinha medo de machucar minha parceira. Isso daria um bom post. Mas muitas meninas davam show na aula de defesa pessoal porque já tinham praticado artes marciais antes. Embora esse não fosse o meu caso a minha nota foi excelente, graças ao meu parceiro que me ajudou muito e deixava eu aplicar golpes mais enérgicos... Afinal prova é prova... né???

    Qualquer hora vou dar um passadinha lá no blog referido. Deve ser bom, mesmo.

    Muito obrigada por ter passado por aqui, mas você não é o John Sparring que eu estou pensando não. É???

    Ainda vou fazer um post sobre defesa pessoal. Mas vc vai ter que voltar pra conferir.

    Beijos, moço.

    ResponderExcluir
  113. Tati!!!

    Nossa... que bom saber que você veio!
    Muito gentil seu comentário, linda.
    Funcionou como um grande incentivo de uma baita escritora.

    Sou sua fã...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  114. Ana Lúcia!

    Que bom que apareceu pra tomar um café aqui na delegacia... rs rs rs

    Nossa, que história a dessa sua amizade... Sinto muito...

    Já perdi uma pessoa querida aqui na políca. Colega... é realmente muito triste. Uma perda difícil de reparar, um sofrimento muito grande para as famílias. Mas é um risco de que tomamos ciência cedo.

    Bem... sei como uma amizade é insubstituível. Mas se não tiver ainda outra amiga na polícia... serve eu???

    Adoro tomar um café com conversa, mesa de pão de queijo, bolo, biscoito, pão, geléia, manteiga... ai, ai, ai.

    E estou aqui, sempre.

    : )

    Beijos, moça bonita!

    ResponderExcluir
  115. Mulher na policia. Você escreve muito bem, aborda assuntos muito interessantes. gostei muito do seu blog, bem organizado e bem escrito.

    =)

    beijoos

    ResponderExcluir
  116. Oi linda!

    Que bom que você veio!!!
    Muito obrigada pelo carinho nas palavras.
    De fato... O tédio inspira a gente.

    Beijinho!

    ResponderExcluir
  117. Eu já estou de orelha em pé, estou muitíssimo atento, pois falou em defesa pessoal feminina, meu grau de atenção eleva-se a quinta potência... Vou tomar esse seu comprometimento em fazer um post sobre defesa pessoal como uma promessa, e eu vou cobrar, viu?! Rs rs rs... No YouTube há inúmeros vídeos de luta de mulheres, de defesa pessoal básica a torneios internacionais... Já salvei quase todos, inclusive trechos extraídos de filmes policiais. Acho que agora vc tem uma dimensão do meu interesse nesses vídeos. Poucas pessoas entendem como ver as mulheres praticando essas atividades físicas mexe comigo e quanto isso me ‘anima’ e ajuda...
    Estarei sempre por aqui, para me entreter com seus textos que são primorosos. Além do mais, vc tem um costume que eu aprecio muito: dar atenção a todos os leitores. Eu fazia o mesmo em meu blog/flog, que atualmente está inativo pela falta de tempo hábil; nem tanto para postar, mas para responder todos os comentários, o tempo tem-me sido insuficiente...
    Estou no aguardo de novidades, e, quem sabe, até um vídeo de umas aulinhas suas ou de suas companheiras de ofício...
    Beijos,
    John Sparring

    ResponderExcluir
  118. Claro, sr. Anônimo,

    Compreendo o seu interesse por essa atividade, e vou fazer o post conforme prometi, mas temo que talvez as suas expectativas sejam maiores que a minha capacidade de corresponder.

    De qualquer forma saiba que de minha parte receberá sempre o tratamento atencioso e respeitoso que merece.

    Seja bem-vindo!

    ResponderExcluir
  119. Bom dia!!!

    : D

    Que legal, você treinou natação...
    Me conta, maninha, como foi?

    : )

    ResponderExcluir
  120. Que legal...

    Nossa!

    É como ver um peixinho brincando n'água.
    : )

    Acho que nessa semana vou conseguir nadar, estou tentando combinar com um colega da área.
    ; )

    Olha... desisti do Muay Thai... Fui lá essa semana achando que finalmente conseguiria fazer uma análise, tipo ver qual é... e nada... não teve treino de novo... Cara... não vou começar com uma turma que não quer treinar, né?
    : )

    ResponderExcluir
  121. Hehe

    :)


    Quando conseguir, me conta como foi!

    :)


    Caramba! É, isso já está dizendo tudo, maninha.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  122. Eu fui.
    : )

    Quase morri. Pra quem tá de fora pode parecer "um pouco devagar" mas pra quem tá fazendo...

    Passei até mal, porque não tinha me alimentado bem antes. Já viu esse filme?
    KKKKKKKKKKKKKK

    Eu sou um lixo, mesmo!

    ResponderExcluir
  123. Não brinca, sério?! Que perfeito! :)


    É? Nossa! Onw!

    :)




    Como é que é, maninha? Eu não li isso!
    É... já vi esse filme...

    risos!

    Não pode isso, mocinha... não, não! :)



    É nada.


    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  124. Verdade...

    Eu querendo ser "a disciplinada" e chegar no horário, me esqueci desse pequeno detalhe...

    Quando estou muito eufórica com alguma coisa eu perco a fome (tipo esqueço de comer), já viu isso?
    : )

    ResponderExcluir
  125. Então volta lá...

    kkkk

    : )

    Desculpe te interromper.
    : )

    Beijo!

    ResponderExcluir
  126. Ora! risos!



    Está ocupada, maninha? :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  127. Não, não. Estou só tentando ver isso aqui - na internet. :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  128. Status: Resolvido. :)


    É? Certo. Estou por aqui!

    ;)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  129. Já jantou?
    : )

    E aí? Como foram os estudos hoje?
    : )

    ResponderExcluir
  130. Não, ainda (risos). E você?

    :)


    Caminhei mais um pouco! Estou tentando, a todo custo, segurar o ritmo.

    Spartanski



    ResponderExcluir
  131. Jantei enquanto você tava vendo o simulado.
    : )

    É um leão por dia, mesmo, né?

    ResponderExcluir
  132. Mesmo? Muito bem! É assim que se faz! :D




    Sim, sim. E que leão.

    Spatanski

    ResponderExcluir
  133. Como é que é???
    "Spatanski"?

    kkkk

    Pensei que era só eu...
    kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  134. risos! risos!


    Você adora... Hahahaha


    Spartanski

    ResponderExcluir
  135. kkkkkkk

    Tá vendo como é ter um nick/avatar complicado desses???
    : )

    A propósito, como surgiu esse nominho?
    : )

    ResponderExcluir
  136. Eu só faço e sempre fiz a virada olímpica...

    Acho que é mais lógica, mais aerodinâmica... não sei explicar.

    : )



    ResponderExcluir
  137. É inspirador, mesmo...

    (Muito melhor do que "Novinha")

    Não sei onde eu tava com a cabeça...
    : )

    ResponderExcluir
  138. Também. Penso que desliza mais - sem contar o impulso de retorno. :) Obrigada!

    Spartanski

    ResponderExcluir
  139. Sim... Tenho a impressão de que a posição dá uma base melhor para o impulso.

    Mas não cheguei a treinar a simples... de repente...
    : )

    Você tá treinando as duas?

    ResponderExcluir
  140. (Cada denominação é única - a preciosidade não está no termo em si mas, no valor real, nas conquistas reais, nos caminhos percorridos, nas experiências. Isso sim faz ser especial.)

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  141. : )

    Olhando por esse lado...

    Onde foi que você usou seu nick pela primeira vez? No CW?

    ResponderExcluir
  142. Você tá querendo melhorar a minha autoestima?
    rs rs rs

    Tomara, porque eu tô precisando mesmo!
    : )

    ResponderExcluir
  143. Estranho, porque pra mim essa simples parece ser mais propícia a ficar na vertical na hora da virada... logo com maior probabilidade de tocar o solo...

    ResponderExcluir
  144. Verdade. Notei isso agora.

    Quando tentei, fiquei praticamente em pé.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  145. "Você tá querendo melhorar a minha autoestima?
    rs rs rs
    Tomara, porque eu tô precisando mesmo!
    : )"

    risos!

    Ué, não disse nenhuma mentira, maninha.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  146. Durma com Deus, linda. E sonhe com os anjos!

    Obrigada pela companhia/dicas/palavras. Obrigada mesmo.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  147. Obrigada também.

    :)


    Bons sonhos!
    Bjs! :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  148. Sim, sim. Perfeitamente bem. E você?


    *É que não queria atrasar seu soninho, linda! :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  149. Você parece que tá um pouco dispersa... (além de dolorida...)

    ResponderExcluir
  150. Onw, maninha. Desculpa se passei essa impressão!

    Spartanski

    ResponderExcluir
  151. Tá preocupada com alguma outra coisa?
    Algum problema com a internet?

    ResponderExcluir
  152. Não tem problema.

    Era só pra saber, mesmo.

    : )

    ResponderExcluir
  153. rs rs rs

    Acontece...

    Tudo bem... não se preocupe...
    É que senti que tinha alguma coisa diferente, mesmo... que bom que não é nada preocupante.
    : )

    ResponderExcluir
  154. Que bom que você não se importa com a pergunta...

    ResponderExcluir
  155. Tá bom, então...

    Agora acho que vou dormir tranquila.
    : )

    ResponderExcluir
  156. Bjs, maninha! Bons sonhos!


    "Bom estar com você...lá lá lá..."¹

    Obs.:¹ sempre!


    Spartanski

    ResponderExcluir
  157. Você é do tipo organizadinha, né? Faz planos e executa direitinho... pontual.

    rs rs rs

    ResponderExcluir
  158. risos...

    Engraçado... você não fica incomodada por se deixar revelar assim, ás vezes? Fica?

    ResponderExcluir
  159. Nada.

    Às vezes você parece ser difícil de se deixar conhecer... e às vezes é o extremo oposto.

    : )

    ResponderExcluir
  160. hahahaha

    Boa... essa elevou minha autoestima à décima potência na escala Richter.

    : )

    ResponderExcluir
  161. Uau! risos!


    Fico feliz. Bem feliz com isso. :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  162. "Engraçado quando você acerta no alvo..."

    Não me provoca...
    : )

    kkkk

    ResponderExcluir
  163. Não sei...

    Mas obrigada mesmo assim.

    É boa essa esperança de ir conhecendo você aos poucos...

    ResponderExcluir
  164. Mais ou menos...

    porque você falou que depende do mérito de quem vê...

    : )

    Esse mérito foi irônico...
    : )

    ResponderExcluir
  165. Acho que agora eu vou dormir mesmo, maninha.

    Boa noite pra você...

    Obrigada, tá? Apesar de questionar o mérito, eu fico feliz por sua generosidade.
    : )

    ResponderExcluir
  166. Não é bem assim...

    É que "as peças" vão se encaixando aos poucos, né?

    rs!

    ResponderExcluir
  167. Boa noite, linda!



    Que bom que você entendeu. :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  168. Bons sonhos, linda! Bjs pra você!

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  169. Bom dia, maninha!

    Quando eu disse "questionar o mérito" me referi ao fato de eu realmente merecer ou não conhecer essas coisas tão especiais a seu respeito(me refiro ao fato de o blog ser anônimo), que você, por vezes, me revela com tanta generosidade...

    Em outras palavras, me sinto privilegiada sem o merecer.

    Foi isso mesmo que você entendeu?
    : )

    Boa semana pra você, florzinha.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  170. Oi, maninha!

    Como você está?!


    Uma ótima semana pra você!

    Bjs!

    :)


    Spartanski

    ResponderExcluir
  171. Oi!

    Estou bem dolorida... em músculos novos aqui nas costas/cintura que nem sabia que tinha...

    Cada esporte tem suas dores específicas, né?
    : )

    Beijo!

    ResponderExcluir
  172. rs rs rs

    Você ainda tem medo de mim???
    : O

    Brincadeira, obrigada pelo carinho, maninha!

    (muda de post, please)

    ResponderExcluir

Confissões