segunda-feira, 17 de junho de 2013

As próprias limitações.

 
Logo na primeira semana tive que pagar dez flexões de braço, na frente de toda a turma, porque tinha descuidado de um equipamento. Tinha que ser eu! Os oficiais alunos sentiram um certo desconforto pelo fato de o instrutor me punir assim, como se tal prática fosse apenas para militares. Eu soube disso porque o mesmo instrutor que me fez pagar veio no dia seguinte me pedir desculpas... "Quê isso Sargento..." respondi, "Imagina! Estou me sentindo em casa (mentira). Na minha Academia é pior porque muitas vezes se um aluno erra, todos pagam, inclusive os professores... (verdade)".

Ah, gente, na boa... dez flexões não são nada perto do que estou me preparando pra enfrentar no decorrer deste curso. Olhando a grade curricular que nos foi distribuída, já estou pensando em como vou fazer pra vencer algumas sérias barreiras pessoais. Mas estou feliz porque acho que não tem nada que eu queira mais em termos profissionais do que me capacitar e estar apta a fazer um bom trabalho para o qual já sou paga. É um privilégio enorme poder vencer, com fé em Deus, as próprias limitações. Olhar pra trás e ver que elas nem eram tão grandes como supostamente se apresentavam.
 

140 comentários:

  1. Depois que passa a dificuldade é tudo nill

    ;-)

    Força ae, Biga!

    ResponderExcluir
  2. Hehehe parece coisa de filme...bom saber!

    :-*

    ResponderExcluir
  3. Primeirão, não acredito, que honra kkk!

    Novinha, 10 flexões é brincadeira, rsrsr. Não me diga que você faz de joelhos.

    Fiz um estágio junto ao BOPE daqui. Não cheguei a terminar porque fiquei puto, só 29 tiros, rsrsrs o governo só tinha dado o dinheiro da quentinha (e uma quentinha era pra duas pessoas!). Munição que é bom, nada... nem cheguei a terminar (eram 14 dias, fiquei 11), mas deu pra sentir o gosto de um curso operacional e perder 7kg em 4 dias (depois estabiliza...). tava no aço fisicamente mas fiquei decepcionado com a quantidade de tiros...

    boa sorte no curso e forte abraço!!

    PS: esse lance de desafiar os proprios limites é muito interessante. depois de algumas experiencias amadurecemos e aprendemos que nós somos muito mais do que esperávamos. e isso podemos levar para toda as "partes" da vida.

    KM

    ResponderExcluir
  4. Inaugurei!
    Bom dia!
    N.

    ResponderExcluir
  5. Pensei numa coisa: raras são as mulheres que atuam no ambiente militar e/ou operacional. Mesmo hoje, se formos comparar, os homens continuam sendo maioria. Normal, afinal 'guerras' sempre foram feitas por homens.
    Depois de pensar essas coisas cheguei à minha duvida crucial: talvez os parâmetros para se medir a capacidade física feminina, baseados nas possibilidades masculinas, sejam injustos. Isto quer dizer que vcs, digamos, 'pastam' mais!
    É por aí a coisa?
    Pra mim, vc já tem o meu respeito só de estar aí.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Li num outro lugar sobre uma arma esquecida em um quarto de hotel.

    Agora sobre um vacilo que causou constrangimento.

    Espero não ler sobre um disparo acidental que tirou a vida de um colega.

    Cuidado.



    L. silva, abç

    ResponderExcluir
  7. Oi... pode contar mais sobre esse curso? rs

    ResponderExcluir
  8. Amiga, Zero-UM!

    hehehe

    Será que isso foi um recorde?
    kkkkk

    Impressionante, você!

    É tudo nill???
    : )

    Valeu amiga!

    ResponderExcluir
  9. Amiga, Zero-UM!

    hehehe

    Será que isso foi um recorde?
    kkkkk

    Impressionante, você!

    É tudo nill???
    : )

    Sim, amiga... tá com cara de comédia...

    Obrigada, parabéns amiga!!

    ResponderExcluir
  10. Enrique Santos!

    kkkk

    Ainda não me pediram pra raspar a cabeça, mas... SERÁ???

    kkkk

    ResponderExcluir
  11. Oi, Novinha!

    Sempre achei que policiais tivessem alergia a militares, e vice-versa. Interessante...

    Tem bibliotecário na sua Polícia? (:

    ResponderExcluir
  12. Muitos tentam, mas so os fortes conseguem kkkkkkkk zero-unooooo

    Ihuuuu

    ResponderExcluir
  13. Regina!

    kkkk

    Bobinha.

    Cadê o Encontro da Confraria, mulher???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só um QRX, Bibiiiiiii

      B-)

      Excluir
    2. Bibi,

      Consultei os universitários e decidiu-se pelo Odessa:

      Excluir
    3. http://vejabrasil.abril.com.br/porto-alegre/bares/odessa-de-isaac-babel-46399

      Excluir
  14. Sei não, hein, KM...

    Apesar da decepção que você narrou, senti uma certa nostalgia aí com a PM...
    rs rs rs

    Nunca fiz flexão de braço com joelho no chão...
    : )

    O seu PS é perfeito. Queria ter escrito isso lá no post.
    rs rs rs

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu jamais voltaria pra PM, não suporto militarismo. só se pagasse MUITO bem, coisa q não acontece. só no DF e lá, não rola, rsrs.

      so sinto saudade da adrenalina, abordagem perseguições, rsrs. mas não vou sair de onde estou pra ir pra pm ñ.

      negócio eh PF!

      que bom q nunca fez flexões c joelho no chão. e barra, você faz quantas?

      abraço!

      KM

      Excluir
    2. Na vedade, novinha, acho que o maior constrangimento foi por ter pedido só 10, kkkk.

      Boa sorte!

      KM

      Excluir
    3. Só 10...; teve proteção aí...!
      :)

      Excluir
  15. Oi Paloma!

    Tem bibliotecário aqui, sim.
    : )

    Trabalho com um Agente formado em Biblioteconomia.
    : )

    Quer que eu o chame aqui pra falar com você?
    rs rs rs

    Ô Paloma... me diz uma coisa... como é que você fica sabendo dessas coisas, hein...

    Tô começando a achar que você é uma policial se passando por vestibulanda.
    : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puts, seria ultra legal falar com um bibliotecário da Polícia! *-*

      Fico sabendo do que você conta, ué.
      rsrs

      Você mesma vive falando que tem lugar pra todo mundo na sua Polícia, até pra ninjas como você. (:

      Excluir
  16. Paloma,

    Me refiro à questão Militares X Políciais...

    : )

    ResponderExcluir
  17. Paloma,

    Me refiro à questão Militares X Policiais...

    : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, sim...

      Tem militares e policiais na minha vida. Eles nunca brigam entre si, mas sempre rolou uns debates chatos nas reuniões de família. rs

      Ainda bem que na minha casa só tinha uma atriz aposentada e dois comerciantes! HAHAHAH :D

      Excluir
  18. Oi N!

    Quase inaugurou!

    Tá cada vez chegando mais perto...
    : )

    kkkk

    ResponderExcluir
  19. Respostas
    1. A de sempre, biga...happy hour...18h, ta bom?

      Excluir
  20. Sylvio!!!

    : )

    Com certeza, Sylvio... no que tange ao esforço físico, uma mulher mediana precisa se dedicar muito mais que um homem também mediano.

    Na verdade, muitas mulheres, ao saberem das exigências da prova física, nem tentam.

    ...

    ResponderExcluir
  21. Olá, L. Silva,

    Isso soou como "cenas do próximo capítulo"...
    : )

    Só que não.

    L. Silva... hum... este me parece nome de guerra de militar!

    Seja bem-vindo (a), e obrigada pelo comentário!

    ResponderExcluir
  22. Olá, OZ...

    Gostei desse nick...
    : )

    Conto. O que você teria curiosidades de saber???

    : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho curiosidade de saber o que você está aprendendo nesse curso rs. Se puder falar claro!

      :)

      Excluir
  23. Paloma!

    Tem mesmo como você bem disse "uns debates chatos"... kkkkk. Adorei isso!
    : )

    Não me envolvo muito nessas questões.

    Por enquanto, no contexto aqui do curso, não tenho nada a reclamar.

    Acho que em todo grupo sempre existem uns mais xiitas que os outros, né? Tem muito policial "fundamentalista" aqui na minha polícia também... osso duro, querida.

    ; )

    ResponderExcluir



  24. Mulher na Polícia18 de junho de 2013 21:39

    KM,

    Tem que ter perfil pra trabalhar na PM, com certeza. Só quem já trabalhou lá dentro pra saber, né?

    Me parece que você gosta mesmo de trabalhar aí, né?

    Barras? Pouquíssimas se comparado a você.
    : )

    As exigências dependem do concurso.
    : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1. Das dezenas de soldados que conheço, só sei de dois que querem seguir carreira.
      A maioria gosta de ser policial, do trabalho, mas odeia ser militar.

      2. Que tal a possibilidade de passar 4 dias detido por faltar um dia?
      Que tal anos e anos sem dar um tiro em treinamento (enquanto na PF são 400 por ano)? Ganhar 2000 mil reais líquido? Escala 12x24 12x48 ad eternum? Ver o pessoal do administrativo na escala de 6 horas por dia, de segunda a sexta, com direito a carnaval, semana santa, feriado e tempo - durante o expediente - pra fazer atividades físicas? Rrsrsrs.
      Perder a folga pra ir em audiências dos "acusados" que voce prendeu? Mas faria tudo de novo, pela experiência de vida que isso proporciona. Seria bom se todos pudessem passar pela experiência.

      3. As exigências fisicas às quais me refiro são do curso que você está fazendo nesse momento. Quais os índices?

      KM

      Excluir
  25. Muitos comentários in off...

    Vamos tentar organizar.

    Para a menina da Candelária...

    toma cuidado = toma juízo.

    rs rs rs!

    Não acho que você seja do tipo que "perde o juízo"...

    : )

    ResponderExcluir
  26. Pra moça da Investigação Social,

    Participar da maninfestação não dá nada se ficar só na maninfestação em si, agora, se a coisa evoluir e você for parar numa delegacia, e registrarem alguma ocorrência.

    Aí, pode dar algum problema, especialmente se você omitir isso quando preencher "a ficha". Entendeu?

    Eu, no teu lugar, evitaria encrenca seja ela de que sorte for.

    Beijo, lindona!

    ResponderExcluir
  27. Sabe o que me deixa mais espantada no militarismo, KM, talvez você possa me ajudar a entender. É que existem direitos básicos, fundamentais garantidos pela Constituição Federal a todos os Brasileiros, EXCETO aos militares...

    Cito dois que me lembro agora, assim de cabeça: o direito de voto dos recrutas e o direito de greve. Não dá, não consigo entender.

    : (

    Neste curso não tem requisitos físicos, KM. Não que eu saiba... a prova prática de que falei no post passado é técnica.
    : )

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanto a esses dois especificamente que você falou

      1. Aos conscritos não é dado o direito de voto porque eles poderiam, por coação, votar em alguém (essa é a explicação teórica, rsrsrs). Quanto à greve, é porque militar tem que seguir a hierarquia e disciplina. A greve seria uma quebra disso. Além disso, já pensou as forças armadas em greve? As PMs são forças de reserva das FA.
      § 6º - As polícias militares e corpos de bombeiros militares, forças auxiliares e reserva do Exército, subordinam-se, juntamente com as polícias civis, aos Governadores dos Estados, do Distrito Federal e dos Territórios.

      Se militar grevasse, as coisas estariam feias para os gestores e até para a sociedade. Acho que já falei aqui que pode parar tudo, menos a PM. O efeito seria devastador e IMEDIATO.

      2. Ah, o curso aí é de boa, beleza :-D. Boa sorte!

      PS: que filme é esse cuja cena ilustra o post? Que atriz gata, kkk!

      KM

      Excluir
  28. Sylvio e KM,

    Também achei que 10 era uma punição apenas simbólica, mas como esperava pagar muitas até o final do curso, deixei barato.

    kkkk

    Vocês dois estão do lado de quem, hein???
    : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Tem quer ralar... tem que sofrer...."

      kkkk. Se deixar barato foi não ter pedido mais, tá certo, novinha. Prego que se destaca é martelado :-D.

      KM

      Excluir
    2. Tou do seu lado, querida.
      Mas acho que vc aguentava umas 40!; de boa e com uma mão pra trás!
      Rêrêrê!!!
      Vero: essa do prego é batata!

      O pior é que, sendo a única mulher, fica difícil não se sobressair, mesmo tendo um aproveitamento mediano.
      Se bobear, vc sai daí com um braço do tamanho do Schwarzenegger.

      Excluir
  29. Sylvio,

    Inclusive, muitas mulheres entram na justiça alegando exatamente que esses indices não são justos. Muitas têm ganhado. Ou seja, muitos magistrados pensam mais ou menos nessa linha.

    A DoceAcida entrou recentemente com uma ação parecida, mas no caso dela, a alegação era a de que para o cargo de escrivão não deveria haver essa exigência. Bom, ela ganhou a liminar em primeira instância e ganhou o direito de continuar brigando pela vaga. Está na fase da academia, se não me engano.

    ; )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sociedade desenvolvida é sociedade justa, tem que se ater a esses pontos.

      Brigadu pelas palavras.

      Excluir
  30. KM!!!

    kkkk

    Adorei essa do prego que se destaca... nossa já tinha percebido isso, mas nunca tinha ouvido (ou lido) essa expressão...

    Perfeita! Genial!

    : )

    Você ouviu isso lá na PM?
    : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. O bizu era "não seja o primeiro nem o último".

      KM

      Excluir
  31. O filme se chama "A branca de neve e o caçador" e a atriz, você conhece da Saga Crepúsculo: Kristen Stewart.

    : )

    Trailer:
    http://www.youtube.com/watch?v=OVvnBet6668

    Eu gostei muito do caçador.
    : )

    A dos recrutas não faz o menor sentido. Qualquer um pode ser coagido a votar em quem não quer...

    A segunda é um sacrifício muito grande, que poderia ser minorado dom uma ouvidoria, pelo menos, sei lá... Afinal, como o militar faz pra defender seus direitos trabalhistas? Ou militar não tem direitos trabalhistas? Nem sindicato eles podem ter, né? ô raça esquecida, gente.

    ResponderExcluir
  32. 1. Lembro dela do Oscar, não assisti à saga. Li os dois primeiros livros, um lixo. Ela botou um chifre no cara lá hein, rsrs. "bonitinha mas ordinária"

    2. Não faz sentido mesmo

    3. Não dá pra ter greve. Veja o que acontece
    http://blog.opovo.com.br/blogdoeliomar/os-numeros-de-homicidios-registrados-durante-a-greve-da-pm-cearense/
    O caos é enorme e IMEDIATO

    PF se parar, quem vai sentir de forma imediata é quem precisa tirar passaporte ou viajar. Pra mim mesmo essa última não fez diferença...

    4. Temos a maioria dos direitos trabalhistas. Férias, 13º... Hora extra aqui não tinha. Adicional noturno era padrão uns 57 reais, rsrs. o principal direito que não temos é greve. Ouvidoria? Mais fácil criarem mais um ramal pra corregedoria, rsrs.

    KM

    ResponderExcluir
  33. 1 - Sei... e o que ele fez pra merecer esse chifre, não conta? Não quero saber. rsrsrs

    2 - Proposta de Emenda Constitucional, neles.

    3 - Não dá pra ter greve em serviço público nenhum. Se a PM fizer greve, o exército ou a Guarda Nacional faz tranquilo a função dela. Se a PF fizer greve o que mais tem é órgão deste país querendo suas atribuições.

    4 - Olha... pra mim o direito de reclamar é básico, como direito à vida. Ok, exagerei... mas né?

    Corregedoria também é um direito nosso.
    : )

    ResponderExcluir
  34. 1. é, não conta, rsrs. falei só pra tirar onda mesmo.

    2. faltam pessoas no congresso para defender os direitos dos militares. eles não gostam que militares votem... na última para presidente não votei porque estava... adivinhe! fazendo a segurança de uma escola que ia funcionar como local de votação. Quer mais? Eu nem era formado ainda, não ganhei diária (só o vale alimentação do TRE), estava desarmado (levei um cacetete), sem colete, dormi num colchão que o vigia da escola me arrumou, celular não pegava e fui procurar orelhão. o da escola não funcionava. O outro, a uns 500 metros, também não, rsrs. Mas tô vivo, graças a Deus.

    3. O que quero dizer é que se a saúde parar: quem não tá doente ou tem plano de saúde não vai sentir. Se a educação parar: quem não tá na escola ou não tem filho na escola não vai sentir. Se a polícia judiciária parar: quem não precisar registrar BO não vai sentir. Mas se a PM parar... rsrs. Não dá pra comparar. É imediato. Saques, terror, assassinatos... E com todo o respeito, o Eb e a Guarda (Força) Nacional NÃO fazem o serviço "tranquilo". O Eb não tem treinamento e a FN tem pouco efetivo e não conhece a realidade dos locais pra onde vai...

    4. Também acho que o direito de reclamar é básico, mas estou sendo realista

    5. A corregedoria daqui só serve pra punir praças, rsrsrs.

    KM

    ResponderExcluir
  35. 5 - Se a corregedoria funciona mal, toda a polícia funciona mal.

    4 - Eu sei... mas você não acha que isso é resquício do regime ditatorial, impedir os militares de se expressarem, de reclamarem, de buscarem seus direitos? A democracia não deveria ser para todos inclusive para os militares? Eles não podem exercer sua cidadania como os demais? Eles não pagam impostos como todos os outros?

    3 - Entendi... Nossa, kkk de onde eu tirei "guarda" nacional? Acho que foi um filme americano que eu vi esse final de semana. As outras forças fazem o serviço... ou seja, mesmo não fazendo tãããão bem, fazem... não é bem o caaaos absoluto. O que não é possível é mandar o exército fazer serviço dos medicos, dos professores, o caos é bem maior.

    2 - Falta.

    1 - Eu também.

    : )

    Tá estudando?

    ResponderExcluir
  36. 1 e 2: Encerrados.

    3. O que fazem é ridículo perto da necessidade. Se for por isso o EB também tem médicos, rsrs. Tem professor também (colégio militar). Aliás, nas regiões mais inóspitas do país, quem faz atendimento médico/odonto é o EB. Saúde e educação nem todos precisam ao mesmo tempo. Segurança sim.

    4. Acho que os militares devem se expressar sim. Mas se permitir a greve... acho que, para a sociedade, não compensa.

    5. Pois a situação da corregedoria é essa...

    Sim, estou estudando, no momento fazendo questões de penal. A prova é dia 21 de julho, tá em cima. Se você ainda estudasse (se estuda, me desculpe, foi a interpretação que eu tive dos últimos comentários) ia te chamar pra debatermos, rsrsrs.

    O curso que você está fazendo vai até quando?

    KM

    ResponderExcluir
  37. 3 - Claro que têm, mas a quantidade de médicos e professores das FFAA são insignificantes perto na necessidade dos médicos de um Município ou Estado. Já a tropa pra fazer presence na rua é muito maior que a tropa disponível da PM de qualquer Estado. Tá vendo porque eu nunca fiz concurso pra area militar, né? Porque eu sou muito teimosa. kkkk

    4 - Nenhuma greve compensa para a sociedade.
    : D

    5 - Sabe que nesses casos eu morro de vontade de chamar uma equipe jornalística de peso e botar a boca no trombone. O poder da imprensa é muito grande...

    Sou fraca em Direito Penal.
    : )

    Esse curso é longo...
    : )

    Não conheço nenhum blog ou livro... nada escrito por um escriba federal, vc conhece algum?

    Mas conheço esse de um Escriba da PC de SP... conhece?
    http://blogdocharlie.wordpress.com/

    Só pra compartilhar, mesmo, apesar de que tem um pouco a ver com o que a gente tava conversando: a temática sobre o volume de serviço no blog dele é grande. Sou fã desse blog.

    : )

    ResponderExcluir
  38. 3. Sim, são insuficientes. Quanto às forças de segurança, seu argumento é válido, em tese. Na realidade, a história é outra. Não vou polemizar.

    4. Nenhuma greve compensa, mas a da segurança OSTENSIVA seria a pior.

    5. Se militar chamar a imprensa ganha um PAD e uma cadeiazinha pra ter tempo de pensar na vida. Ah, e aqui o "vale refeição" pra quem tá detido é de 5 reais pra almoço e 5 pra janta, rsrsr.

    É longo, ainda bem que não é horário integral. Desistiu de ser caveira foi? Se não quiser fazer COT, dá pra fazer uns mais "leves", tipo do CORE...

    Blog de escrivão. Conheço o do charlie. Responsável por altas risadas e diminuir minha produtividade durante uns 2 dias.

    Não conheço nenhum blog de de escrivão digno de nota. Mas tem essa postagem que é legal. por favor leia e mê dê seu feedback, falando se isso existe na sua realidade.
    http://operacaopolicial.blogspot.com.br/2011/01/escrivao-ou-escravao.html

    Abraço

    KM

    ResponderExcluir
  39. Ah, tinha esse que era legal, mas as postagens muito irregulares e faz tempo que não é atualizado. mas vale a pena ler o que ficou

    http://depoimento-anonimo.blogspot.com.br/2011_03_27_archive.html

    KM

    ResponderExcluir
  40. 3 - na realidade a história é outra, eu e você sabems disso, mas estou falando como qualquer da sociedade. Infelizmente para o pessoal lá fora não faz diferença.

    4 - seria uma das piores.

    5 - chamada anônima.

    Caveira? Eu... não... aquilo foi só um recurso literário dramático de uma mulher no fundo da fossa.

    É verdade, esqueci deste. Nossa... esse blog ainda tá no ar?

    Vou ler.


    : )

    ResponderExcluir
  41. Faltou o feedback sobre o texto escrivão ou escravão :-D

    KM

    ResponderExcluir
  42. Sim, sim, sim...

    É muito parecido quanto às consequências caso "some" alguma coisa.

    Apreensões então... é delicadíssimo. Tem que conferir tudo, item por item, relacionar tudo direitinho e normalmemente cai na conta do escrivão.

    Não tem essa de "já contei" ou "tá conferido"... o escrivão tem que conferir e reconferir tudo. Até ter certeza de que está certo. Não é que você tá desconfiando do colega, é porque a responsabilidade é sua. Um dígito a mais e você poderá ser mandado embora a bem do serviço público.

    E tem colega que apreende coisas que não têm nada a ver com a investigação... Mesmo assim, o escrivão tem que relacionar tudo. Todos os documentos apreendidos e demais objetos apreendidos.

    A responsabilidade é muito grande.

    Mas esse depósito dele tá meio bagunçado. Isso é chaveado e só uma pessoa (que não pode ser um terceirizado) fica responsável por abrir e registrar o que entra e sai.

    Mas já houve casos de apreensões de muito dinheiro que desapareceu. Esse caso foi amplamente divulgado na imprensa. E todos os bandidos envolvidos tinham carteira de policia. Uma vergonha...

    Também sei de arma de delegado que sumiu da gaveta dele...

    Colega que "perde" uma arma atrás da outra...

    Tem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelos esclarecimentos. Esse de perder arma... bandido tem em todo lugar, infelizmente. Mas na Polícia é pior...

      KM

      Excluir
  43. Por nada. Disponha.

    : )

    Engraçado... acho que nunca me fizeram esse tipo de pergunta aqui.

    Mas onde você trabalha também deve ter coisa semelhante, né? Tipo... um processo que some... ou mal uso de uma viatura, essas coisas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pergunta? Sobre a realidade no local onde trabalha? Se for, pode esperar, que mais virão, rsrsrs.

      Não sou mais policial, então onde trabalho não tem viatura, rsrs.

      No setor onde eu trabalho foram implantadas rotinas (antes de eu entrar) administrativas que nos permitem detectar, rapidamente, se algo sumiu. Em pouco mais de 1 ano, até agora nada sumiu, rsrs. Sou do 2º concurso. Interessante que antes do 1º, era tudo uma absoluta bagunça. pra ver como servidores concursados fazem diferença...

      Uma outra coisa positiva aqui é que trabalhamos com uma boa quantidade de pessoal (2, rsrsr, mas é mais do que suficiente). Não tenho do que reclamar.

      KM

      Excluir
  44. Não... Ninguém quase nunca me perguntou sobre detalhes do trabalho do escrivão.
    : )

    Acho que todo carro é viatura, não? Bom... em francês carro é "voiture".
    : )

    Ahh, eu já passei por uns maus pedaços.

    Lembra desse post?

    http://mulhernapolicia.blogspot.com.br/2012/12/processo-terapeutico-antioxidante.html

    Quase... Por falta de exigir uma autorização por escrito...

    E este?
    http://mulhernapolicia.blogspot.com.br/2012/10/incoerencias.html

    Que sufoco...

    E este é pra dizer que pode acontecer com todo mundo...
    http://mulhernapolicia.blogspot.com.br/2012/11/so-por-uma-noite.html

    Né fácil não...

    ResponderExcluir
  45. 1. Ah, se todo carro é viatura, então perdoe a ignorância. Pouco sei do que ocorre fora do meu setor. Mas na polícia ouvia e VIA muito disso, etc, rsrsrs.

    2. Lembros dos posts, sim. Esse do delegado papa fígado, o outro do teu "colega"... Esse último então, kkkk. Sei como você se sentiu :-D

    Policiais estamos sujeitos a isso. Nada que a experiência e a vontade de melhorar não resolvam...

    Ei, como estão os protestos na sua cidade?
    #vemprarua

    Vamos pedir o arquivamento da PEC 37!

    KM

    ResponderExcluir
  46. 1 - De qualquer forma só usam a palavra "viatura" para se referir a qualquer carro no português de Portugual... eu acho.

    Muitos protestos pelo Brasil todo, né? Será que vai aumentar.

    Olha que legal esse video.
    http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=c2ogKcgF9kM

    ResponderExcluir
  47. 1. Beleza

    Já conhecia esse vídeo. Mas não respondeu à pergunta: como estão os protestos na sua cidade e você está indo (protestar! se for investigar, prender só os "malas" hein?! rsrsrs)

    #vemprarua
    #nãoàPEC37

    KM

    ResponderExcluir
  48. Acho que vou dormir...

    zzzz

    : )

    Um beijo de boa noite pra você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vá lá! Tá na hora de gente "Novinha" tá na cama mesmo. Muitas flexões pra fazer amanhã...

      Abraço.
      #vemprarua

      KM

      Excluir
  49. ei, vou dar pitaco na conversa alheia (pq pública), hein?!?
    sobre o lance dos militares, aquele filme 'a última fortaleza' explica isso: é pq se não houver disciplina, que se inicia na diminuição de alguns direitos, nenhum subordinado iria se lançar na direção do inimigo. é histórico e, na história, tem seu fundamento; ainda que hj em dia não se aplique mais... ou não!!

    :)

    ResponderExcluir
  50. Isso aí, minha amiga!
    Força e Honra. No final, quando cumprir a missão, saberá que tudo o que passou teve um propósito.

    A militar que vos escreve sabe o que está dizendo...rs.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  51. KM,

    Não sou mais "novinha", tá...
    rs rs rs

    Novinho será você daqui a uns dias e eu a "antigona" que vai te passar os bizus...
    : D

    kkkk

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKK. Quando eu entrar você já será agente PF de 2ª classe :-D.

      Quero q vc seja minha instrutora, rsrs.

      Abraço!

      Excluir
  52. Guerreira da Terra de Ortiz!!!

    Obrigada pelo apoio...
    Estou aproveitando bastante os ensinamentos e oportunidades do curso. Está valendo a pena!

    : )

    Beijinho!

    ResponderExcluir
  53. Caríssimo Artorius,

    Você está partindo da premissa de que o militar que faz greve é insubordinado. A questão é insubordinado a quê? Às injustiças? Às arbitrariedades? Às guerras alheias? Talvez ele seja mais "subordinado" que os enquadrados.

    Afinal, quem é o inimigo, contra quem o soldado tem que se lançar?

    : )

    Você não acha que essa noção de "pau mandado" tá um pouco ultrapassada para os padrões do sec. XXI?

    Já viu aquele filme "Questão de Honra"?

    Bjo!
    ; )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eita que muié brava!!! :) eu não defendi nada não, uai! é a explicação que a 'história' dá e, confesso, no contexto histórico, pra mim, faz até sentido e entendo a explicação. não quer dizer que concordo com ela ou não ou acredite na insubordinação como vc colocou aí ou, por fim, que ainda acredite fazer sentido atualmente.
      senta aqui e toma um cafezim com pao de queijo comigo e bora deixar de discussão!!

      :)

      Excluir
  54. Macomassim, brava???

    Eu não...

    Tava só com pressa.
    : )

    Uai... minerim... entendi que era a sua opinião e aí só coloquei a minha.
    : )

    Até mandei beijo procê!
    : D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olha, também passei com pressa e não vi o bejo. vou guardar pra depois!! no mais, não vou nem dar minha opinião sobre o fato, pq ando sendo tão questionado e rebatido, que se eu sair na rua, a moçada faz manifestação contra 'eu'!!!!!
      :)

      bj

      Excluir
    2. Eu mando beijo ele não pega...

      ^ ^

      Excluir
    3. opa, com calma, peguei agora!! :)

      Excluir
  55. KM...

    kkkkkkkkkk

    Dar aulas? Pra você???

    Aula de quê, menino?
    kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De alguma coisa. Você não disse que tem habilidades em armas?
      Pode ser até aula de
      "o que NÃO fazer na polícia: casos práticos".
      Aí voce pode dizer:
      1- não esquecer arma no hotel
      2- Pegar recibo de tudo
      3- Não fazer coisas que podem dar m**** sem autorização por escrito, rsrsrs.

      Abraço!
      #vemprarua

      KM

      Excluir
    2. Tá certo...

      Sou professora em "não faz que não dá certo"...

      : (

      Mas sigo aprendendo...

      Excluir
    3. Ei, foi só uma brincadeira! Quem já não deu uns vacilos?
      kkkkk

      Nada de carinha triste :-D

      KM

      Excluir
  56. Olá, Oz!!!

    Essa é fácil, já disse, inclusive...

    Estou aprendendo técnicas, procedimentos que vão me deixar mais preparada pra hora do barata voa. Sabe?

    É um curso muito bom!

    Você é o Mágico de Oz? Ou o Ozias...? Ozama?!
    : D

    Um beijo, Oz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh já disse? acho que não prestei atenção kkkkk.... legal...

      Sou só Oz mesmo, prefiro manter o anonimato rs...

      Acompanho seu blog a um bom tempo mas é a primeira vez que comento aqui... Estou me preparando para entrar na mesma policia que a sua.. no mesmo cargo que o seu hehehe

      Beijo!!!

      Excluir
  57. Eu nunca poderia fazer parte de uma conduta militar ou similar, descuidar-me faz parte do meu ser.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também tenho algumas sérias dificuldades... Mas vamos vivendo um dia de cada vez.

      : )

      Excluir
  58. Universo militar, regras militares.


    Desconfortável seria "aliviar" por um ou outro motivo - seria até ofensivo. E você não precisa disso.¹

    Obs.:¹ ele notou, apesar da fraternal (admirável, diga-se) "crise de consciência".



    Siga sempre assim, FIRME!



    Bjs, linda!
    #torcendoporvocê.

    ;)

    Spartanski

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, maninha!

      Seu incentivo soa como música aos meus ouvidos.

      Obrigada pela torcida!
      : )

      Excluir
  59. Status: #saudadesdaqui.

    Spartanski

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudades e na torcida por vc também.

      Um beijo, maninha, linda!

      Excluir
    2. Status: #saudadesdeteler

      Bons estudos, flor. {:

      Excluir
  60. Diga Novinha, quer dizer que a Sr. agora é militar? ... kkkkkk... então agora sabe mais ou menos pelo que eu estou passando..kk
    Bom amiga, torcendo aqui pelo seu sucesso.
    abração e pegue leve com os cabras lá!!!

    ResponderExcluir
  61. Oi Tenente Djordain!!!

    Não, não... eu sou "paisana" mesmo...
    : )

    A torcida é recíproca, Djordain!
    Que Deus te abençoe aí, te proteja e que você conclua seu curso com sucesso.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  62. KM,

    Não tinha beicinho aqui nos meus emotions...
    ; )

    Não estou triste, só sou manhosa de vez em quando, você ainda não sabia disso?
    : )

    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrsrs. mulheres...

      até o próximo post.

      abraço!

      KM

      Excluir
  63. Ai Artorius...

    Você me dá um trabalho...

    : )

    ResponderExcluir
  64. A gente tá brincando de "Qual é a música?"

    : )

    ResponderExcluir
  65. Respostas
    1. essa é boa, essa é boa!! ainda me lembro!
      tem a do docim de lêite. conhece?!
      se não, veja aí: http://www.youtube.com/watch?v=6SEqSdIBimw

      Excluir
  66. kkkkkkkkk

    Nããããããoooooooo!!!!

    É por isso que tem gente que é contra a liberdade de expressão.
    : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não tô falando que vc anda brava ultimamente!?! deve ser esse curso aí altamente rootz!!!

      :)

      Excluir
  67. Ah, é mesmo!!!

    Eu tô estressada.
    : )

    Eu quero a minha mãããããããeeeeee...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não se estresse. tudo dará certo no final. nada que algumas flexõeszinhas antes de dormir não resolva e, acaso não resolverem, conta as patinhas de bichinhos!!

      :)

      Excluir
  68. Tá tudo bem Artorius...

    Tô estressada não.

    : )

    rs rs rs

    ResponderExcluir
  69. Paloma!

    Sua mensagem foi pra mim ou para Spartanski?

    #Saudadesdeteler

    : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi pra Spartanski, porque ela sumiu. ):

      Excluir
  70. Ok, Oz!

    Seja bem-vindo(a)!

    Como é que estão os preparativos para o concurso?
    : )

    Beijo!

    ResponderExcluir
  71. Moça da Candelária... in off...

    Sério?

    Gás de pimenta ou lacrimongênio???

    : )

    Te cuida, menina!

    ResponderExcluir
  72. Moça da Candelária...

    Você disse que gostou no Nome de Guerra que eu te dei? Ou você ganhou outro nome na manifestação?
    : )

    Esse é o pior... Imagino que no inferno haverá bastante deste gás.

    : O

    ResponderExcluir
  73. É Paloma!

    Imaginei... rs rs rs

    Também sindo muita falta dela, mas ela tem que estudar, não podemos atrapalhar...
    : )

    Mas acho que esse carinho nosso demosntrado assim por ela, dá mais força pra ela ir pra cima deles, sabe?
    : )

    ResponderExcluir
  74. Tava pensando em você!

    : )

    Olha o que eu achei:

    http://www.dpf.gov.br/anp/institucional/biblioteca/

    No final tem o e-mail talvez você consiga conversar com algum bibliotecário.

    : )

    ResponderExcluir
  75. Aah, que legal! *-*

    Muito obrigada, Novinha! :D

    Vou fazer a oficina de teatro da faculdade. Você gosta de teatro?

    ResponderExcluir
  76. Claro!

    Já fez tua matrícula? Deu tudo certinho na Universidade?
    : )

    Quando começam as aulas?

    Claro que eu gosto de teatro. Então você tá namorando a carreira artística da sua mãe?
    : )

    ResponderExcluir
  77. Não, vou fazer na segunda. Já tenho toda a documentação, e ainda poderia fazer na terça. Então estou tranquila.

    Começam em setembro. Todas as federais daqui estão atrasadas porque ano passado teve greve.

    Minha mãe saiu do teatro aos quinze. Minha avó só saiu porque confeitar bolos era um pouco mais lucrativo. Se na época teatro fosse valorizado - não que hoje seja- tenho certeza que ela seria atriz até morrer.

    ResponderExcluir
  78. Nossa!

    É hereditário mesmo!
    : )

    E até lá você vai continuar estudando então para outro vestibular, é isso?

    ResponderExcluir
  79. Minha mãe costuma dizer que é como uma raiz, basta ter algum contato com o palco pra ele nunca mais sair de você. (:

    Isso. Mas se eu gostar de Biblio -acho que já estou gostando, rs- continuo e faço outra depois, não tenho pressa. :D

    ResponderExcluir
  80. Acho eu que a escrita ou literatura é assim também.
    : )

    Entendi, perguntei porque soube que a Federal vai abrir concurso para o cargo de Agente Administrativo (nível médio)...

    Não sei ainda quais são as matérias, mas devem ser as mesmas que você tem estudado para o vestibular.

    http://www.dpf.gov.br/anp/noticias/ultimas/mpog-autoriza-concurso-com-566-vagas-para-area-administrativa-da-pf

    : )

    ResponderExcluir
  81. Opa, muito bom!

    Será que já saiu o edital? Meu namorado com certeza vai querer fazer. Dependendo das matérias, faço também. :D

    ResponderExcluir
  82. Tu tá namorando???

    Ou tá falando do judeuzinho?

    : )

    ResponderExcluir
  83. Não te contei? Achei que já tinha falado...

    Mas só faz umas duas semanas. xD

    O judeu está em SC, seríamos amigos agora se ele não me ignorasse. rs

    Fazer o quê? (:

    ResponderExcluir
  84. Que legal!!!
    Esse é judeu, muçulmano, ateu?
    rs rs rs

    Nossa... deve ser porque ele está tentando te esquecer... não?
    : )

    Tem homem que não acredita em amizade após namoro, amiga.

    ResponderExcluir
  85. Agnóstico que nem eu. GRAÇAS! kkkkk

    Prefiro não julgar, cada um tem seus motivos. Só é muito chato a pessoa simplesmente te apagar depois de anos com você. /:

    Mas eu estou bem agora. (:



    ResponderExcluir
  86. É chato mesmo... mas pra eles, é normal.

    Não acho que ele tenha te apagado, talvez ele queira pertetuar o clima de quando vocês terminaram.

    Sei lá... mas pode ser isso. A cabeça dos homens é meio assim, estranha, sabe?
    : )

    ResponderExcluir
  87. Sim, homens são as criaturas mais estranhas que existe...

    ResponderExcluir
  88. rs rs rs

    Muitos dizem o mesmo da gente...
    Absurdo!
    : )

    ResponderExcluir

Confissões