segunda-feira, 29 de abril de 2013

Quarto de hotel.


Sasha Grey in The Girlfriend Experience
 
Ela é do meu concurso. Estamos dividindo o mesmo quarto de hotel nessa missão. É bom que vocês saibam que a minha história na polícia é um "Conto de Fadas" perto de "A Hora do Pesadelo III" que foi o que ela passou na primeira lotação.  Teve uma depressão ~daquelas~ logo que chegou lá, e quase levou uma punição por conta disso (depressão é um motivo alegado com alta frequência nos pedidos de remoção, logo, atrai certa desconfiança); se envolveu com o cara errado; sofreu um acidente sério, não necessariamente nessa ordem, mas enfim, ela se machucou bastante. Agora parece que o pior já passou e ela me conta tudo, embora mantenha um ar longínquo, exceto quando chora. Eu gosto dela. Ela conhece todas as novidades sobre cremes, makes e produtos para o cabelo. Tornou-se meu referencial teórico nessa área.  Está fazendo uma pós em Direito Processual Civil (autopunição? rs). Contudo, o que ela não sabe, nem precisa saber, é que eu sou amiga da mulher do cara por quem ela ainda sofre.

109 comentários:

  1. Confissões de uma policial...

    Spartanski

    ResponderExcluir
  2. Spartanski!

    Aquela para quem ser Zero Um, já é rotina;
    kkkkkkkkk

    Parabéns!

    De novinha pra novinha, né, a gente se entende.
    ; )

    ResponderExcluir
  3. Oi Carina!

    Tô gostando de ver você participando aqui!
    : D

    Viu meu sorrisão de felicidade?
    : )

    As "outras", pois é.

    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Novinha.

      Que honra receber um feedback seu! =)

      Acompanho seu blog desde o inicio... mas acho que essa foi a minha primeira postagem! rs

      Quando escrevi "as outras", quis dizer as "outras" no sentido de: amantes, policiais, mulheres...
      Todas elas também sofrem.
      Não é algo que acontece só com você ou só comigo... acontece com todas elas também.
      Porém, as vezes, parece que o sofrimento vem somente nos visitar...ou que a nossa dor é sempre mais intensa, a nossa ferida é mais profunda, sangra mais...
      Mas não.
      Todas NÓS sofremos...

      =)

      Excluir
  4. Então, talvez você tenha uma visão mais ampla da história.
    Isso não dá um sensação estranha?

    ResponderExcluir
  5. Oi Rafiki!

    Sim.

    Dá uma sensação de que eu não deveria postar essas coisas. Aquela distração lânguida da pessoa que acha que não vai dar problema.

    : )

    Beijo, querido!

    ResponderExcluir
  6. Mas poste, poste sim, senão como vamos montar o seu quebra-cabeça?

    ResponderExcluir
  7. Você tá montando "o meu" quebra-cabeças???
    : )

    Faltam muitas peças?
    rs rs rs

    ResponderExcluir
  8. "Contudo, o que ela não sabe, nem precisa saber, é que eu sou amiga da mulher do cara por quem ela ainda sofre."



    Pelo visto ela sabe que ele é casado. Não dá uma sensação ruim ouvir uma mulher reclamar, sofrer por um homem casado? E o pior, ouvir ela falar do marido da sua amiga??

    Não teria esse auto-controle, sério.

    ResponderExcluir
  9. PS: Processo Civil nem é tão ruim assim! rs

    ResponderExcluir
  10. Oi Aline!

    Olha, você tem que fazer concurso pra polícia, mesmo, viu? E tem que trabalhar com investigação. Interrogatório definitivamente é a sua praia...

    Você sempre me faz falar mais alguma coisa, né??? Que menina danadinha você!!!

    rs rs rs

    Então, essa é uma história longa, minha flor. Porém esse post não ficou pequenininho por acaso...
    : )

    A "titular" sabe da coisa toda. Eu é que não sei de nada. Cada um tem sua versão, né? Pra "outra" o cara tava solteiro, se é que eles são ou eram casados no sentido jurídico da palavra. Eu sei lá! Só sei de uma coisa, minha flor... se essas duas se encontrarem um dia eu quero estar longe...

    kkkk

    Eu hein...


    ResponderExcluir
  11. Ps. E quero estar longe de Processo Civil também.

    kkkkk

    ResponderExcluir
  12. hahahahha Adorei!

    Bom, considerando esses fatos "a mais" eu também não ia querer estar por perto, que situação :S

    Coração é burro mesmo! rs


    Sabe dizer quais problemas ela teve na primeira lotação? Tem algum problema em dizer??

    ResponderExcluir
  13. Sei bem...

    Você chegou a ler este post aqui?

    http://mulhernapolicia.blogspot.com.br/2012/12/processo-terapeutico-antioxidante.html

    Aconteceu lá na lotação dela.

    Dá pra você ter uma boa ideia.
    : )

    Bom, mas ela sofria muito pela distância e saudade da família e dos amigos. Carência crônica generalizada.
    É punk!

    ResponderExcluir
  14. Hum, me lembro desse post. Coitada, pelo visto a situação ali é pesada mesmo.

    Realmente um abismo chama outro, tem épocas que parece que o mundo vai desabar, fica tudo tão pesado ... Parece que sua colega de quarto está nessa fase.



    ResponderExcluir
  15. Se você quer correr de processo civil, imagino o que dirá de direito e processo do trabalho. Sim, essa foi minha pós! rsrsrrs

    ResponderExcluir
  16. Por isso que o ideal é não ficar por aí andando à beira do abismo, né? Mas a gente jura que se garante... é aí que começa.

    : )

    Mas por que Direito e Processo do Trabalho, você sonha em combater o trabalho escravo, é isso?
    : )

    ResponderExcluir
  17. Sou funcionária (celetista mesmo!) de uma empresa que tem muitos problemas trabalhistas.

    Acho que numa tentativa de solucionar - ou de amortizar as perdas rs - a empresa ofereceu a pós e aceitei.


    ResponderExcluir
  18. Então você advoga para essa empresa?

    : )

    ResponderExcluir
  19. Isso! =D

    Quero fazer pós em penal, mas é melhor esperar um pouco, focar no próximo concurso.

    ResponderExcluir
  20. Ahhh, doutora...

    Tá escondendo o jogo!
    rs rs rs

    Vou ter que repassar todas as minhas falas pra ver se não falei nenhuma impropriedade.

    "Data venia..."
    rs rs rs

    Que legal, né?
    Há quanto tempo você se formou?

    ResponderExcluir
  21. hahahhahha

    Advogar é uma loucura! Não sei como era antigamente, mas digo com propriedade que hoje é muito difícil.

    Me formei em dezembro de 2009, peguei a OAB logo depois.

    ResponderExcluir
  22. Então você gosta da sua profissão, né?

    ResponderExcluir
  23. Eu nunca fui muito bom com quebra-cabeças imensos.

    ResponderExcluir
  24. I-men-sos?

    Kkkkk

    Tô começando a achar que você me considera uma garota complicada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Complicada eu não sei, mas interessante e sendo assim com a sua complexidade.

      Excluir
  25. Oi Carine, tem razão.

    Te confundi com uma outra Karine com "K" que comentou aqui há bastante tempo. Desculpe.

    Então, seja bem-vinda!
    Mas você me conhece desde o início e eu não sei naaaaaaada sobre você??? Por quê, mundo cruel???
    rs rs rs

    Tudo bem... vou parar de palhaçada porque não quero assustar você logo no primeiro comentário seu...
    : )

    Eu acho que foi isso mesmo que entendi, Carine. Você quis dizer que as mulheres policiais são mulheres como as outras. Que têm os mesmos problemas, dificuldades, anseios e dramas...

    Concordo...

    Olha isso:
    http://blogdocharlie.wordpress.com/2013/02/23/namorar-uma-policial/

    Beijo!





    ResponderExcluir
  26. Gosto, mas acho que estou perdendo o encanto. De qualquer maneira não quero mais, estou deixando a advocacia. É apenas uma questão de tempo.

    ResponderExcluir
  27. Entendi.

    Você quer deixar a advocacia, mas não o Direito.
    : )

    Isso?

    ResponderExcluir
  28. Exatamente! Acho que ainda que quisesse deixar o Direito, não conseguiria. Tá impregnado em mim, desde sempre! rs


    ResponderExcluir
  29. Dá pra perceber...
    : )

    Que bonito isso.

    Mas pelo jeito você só pode pedir pra sair da empresa após ser aprovada em algum concurso público, né?
    : )

    Tá conseguindo conciliar???

    ResponderExcluir
  30. Sem comentários, amiga! Acabamos - por vezes - servindo como válvula de escape para vários vértices de um mesmo triângulo, ou quadrado, ou quiçá... um losango! rs

    Abraços.

    ResponderExcluir
  31. rs rs rs

    Matematicamente falando, né, Recruta.
    rs rs rs

    Olha só...

    Sua amiga, aquela Soldado que postou o texto da Cabo... sumiu do Face... deu algum problema a postagem dela?

    : )

    Obrigada, Recruta.

    ResponderExcluir
  32. :)

    É isso mesmo, só posso sair depois de aprovada, mas conciliar é tão difícil ...

    De coração, não consigo conciliar, não da maneira que deveria. Por exemplo, hoje fui à outro estado e voltei, imagina o cansaço. Como dar conta de estudar dessa maneira? Tô tentando, mas não é muito fácil.

    Estou há algum tempo pensando no que fazer, se conseguir ser demitida fico 5 meses no seguro desemprego, além da rescisão, aí dá pra estudar ...

    É dar um passo pra trás pra dar dois pra frente, vamos ver se crio coragem.

    ResponderExcluir
  33. Aline...

    Tem que ter muita coragem e costas quentes, né?

    Aqui tem muita gente que fez isso (o Artorius, a DoceAcida, a Spartanski...). Sendo que os dois primeiros eram advogados! Sobre Spartanski não sei se posso falar...

    Bom, eles estão se dedicando 100% aos estudos, mas você deve imaginar como é a pressão familiar em cima deles, né? Tem que ter muito foco e uma estrutura psicológica de dar inveja aos mais disciplinados guerreiros...

    Comigo, não foi assim... Pedi minhas contas na empresa na última sexta-feira limite pra tomar posse em um outro cargo público que não era o de policial.
    rs rs rs

    Acho que tanto nos meus vestibulares quanto nos concursos essa minha falta de compromisso com o sucesso urgente, me ajudou muito.

    Mas essa sou eu, você pode ser diferente.

    ResponderExcluir
  34. Bom saber que tem pessoas aqui nessa situação. Me sinto mais "compreendida".

    Já pensei em sair e estudar, mas só em comentar o assunto já fui muito pressionada pela família, me fez desistir. Só tive apoio do meu noivo, mas não moro com ele, então ...

    Enquanto isso perco o sono! rs

    ResponderExcluir
  35. Não é fácil...

    Sei disso. Mas se fosse fácil também não teria muita graça, né?

    Mas também temos a galera que mesmo trabalhando chegou lá. O Facco é um deles. Trabalhava de segunda a sábado, estudava somente à noite e nos finais de semana, ele passou no concurso pra Agente da PF.

    Tem o Coxinha que mirou APF e acertou na Procuradoria do Município, parece que tá feliz por lá...

    A DoceAcida passou pra escrivão da PC do Maranhão, mas tá sub-júdice por causa do teste físico.

    O Jordão passou na PM da Bahia.

    A Tânia passou no concurso de APF, já tá trabalhando... fez o curso junto com o Facco.

    O Afortunato cursou ANP ano passado junto com Facco e Tânia...
    : )

    Sonhos que se tornaram realidade...
    : )

    Daqui a uns dias será você me convidando pra sua formatura.

    : )

    Pode escrever!

    ResponderExcluir
  36. Status: Na "pole"... (risos)


    Em termos gerais e, entrando na "crítica" da situação, ao que parece(!), "a moça do quarto de hotel" se envolveu com o cara errado e "a moça sua amiga" com um errado cara... Complicado!

    Spartanski

    ResponderExcluir
  37. Que situação! E que linda menina ela é! É difícil ter vontade de tocar a vida em frente quando o coração não tem sossego e dói. De qq forma, acho vcs muito corajosas. Se bem que é mais fácil enfrentar dores físicas e problemas concretos do que o tormento impalpável da alma.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  38. Putz que coisa! E nem vai saber né, biga?!

    Tudo bem contigo?

    ResponderExcluir
  39. Obrigada, Novinha. De coração!

    Prometo que convidarei! :D

    ResponderExcluir
  40. Oi Rafiki!

    Nossa! Gostei disso, posso dizer que tenho um amigo que "me acha interessante na minha complexidade"?

    Isso soa tão bem...
    : D

    ResponderExcluir
  41. Spartanski...

    É o que me parece, também...

    Mas não sei de nada não...

    Pode ser que ele realmente tenha terminado e a "titular" não aceitou...

    Também não tô defendendo ninguém, não, hein...

    Não sei de nada...
    : )

    ResponderExcluir
  42. Oi Caroline!!!

    Você voltou!!!
    : )

    rs rs rs

    "É difícil ter vontade de tocar a vida em frente quando o coração não tem sossego e dói".

    Ficou bonito e verdadeiro o que você disse. Eu, sem muito estilo, me limito a dizer que dói mesmo... pra caramba...

    Minha colega é bonita mesmo, mas essa foto é de domínio público da Internet.
    : )


    ResponderExcluir
  43. Oi Rê!

    Não vai saber, salvo se algum de vocês contarem pra ela.
    : )

    Eu tô bem... cansada. Mas tô levando.
    : )

    Sobre o que você perguntou. A resposta é não.
    : )

    Beijo amiga linda!

    ResponderExcluir
  44. Eeeeeeeeeita na minha terra isso dava até morte!

    Guerreira tinha nada mais difícil na vida para acontecer não é?
    Pior é que nem tem o que falar melhor mesmo que nunca saiba.
    Nessa hora você sabe o que é ética!

    Se precisar de ajuda com makes dessa "arte eu manjo"!

    Bjk fica com Papai

    ResponderExcluir
  45. Aline!

    Prometo que ficarei muito feliz por você compartilhar essa sua vitória comigo.

    : )

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  46. Oi Isis!

    Ahh, obrigada pela ajuda, bom saber!
    rs rs rs

    Tô correndo da confusão alheia, minha flor!
    Já chega a minha vidinha confusa, né?

    Um beijo pra você!

    ResponderExcluir
  47. No mínimo essa história já tem três versões... pra quê mais uma?

    rs rs rs

    ResponderExcluir
  48. Sabendo de parte da situação, passada em poucas linhas, só consigo me colocar no lugar da colega de quarto, desabafando sem saber que a outra parte sabe da história e, ainda, tem uma relação mais próxima com a outra envolvida... :-(

    Mal do ser humano (ou sagitariano) se colocar diante da parte "mais fraca", né? rs

    Agora julgar as escolhas... só ela (eles) sabe (m) o que realmente aconteceu, fora o que é simplesmente dito né...

    Bjs!


    ResponderExcluir
  49. Oi Mineira!!!

    Eu acho que as três partes envolvidas são "mais" fracas.

    rs rs rs

    Mentira.

    Não acho nada.
    : )

    ResponderExcluir
  50. Ainn q situação, que saia justa Novinha! Não queria estar no seu lugar... tem coisas que é melhor nem começar, não é? Que o melhor a fazer é ignorar e deixar de lado, as vzs o preço é alto. O ideal talvez seria nos transformar num bloco de gelo, e fugir as emoções...o calor destas pode derreter e fazer desaparecer quem não nasceu para viver certas histórias. Mas que necessidade é essa de amor hein?? Não só amor homem-mulher, amor de todas as formas... é o melhor e mais cruel dos sentimentos. O amor não admite perdas nem divisões...

    ResponderExcluir
  51. Adoro esses comentários onde eu percebo que a pessoa mergulhou no post e sofreu comigo. E nesse caso com os envolvidos também, né, DoceAcida...

    Você viu que eu citei seu nome no comentário para a Aline?
    : )

    Obrigada por ter vindo, querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha a gente sempre mergulha Novinha, vc nos leva p seu mundo!
      Ah vi sim, a Aline vai ser 'operacional' tbém! Rs... Mas continuo estudando, até pq como diz mainha:''o seguro morreu de velho e o desconfiado ainda hj está vivo!'' kkkkkkkk Esses dias estou na loucura do Pará, ainn prova domingo (05/05), oremos!
      Viu q marcaram as provas de deltas no mesmo dia na BA,PR e PA... ô povo sem coração!
      Menina descobri que a mãe de uma colega da biblioteca é APF aposentada, já viu! Me ofereci logo p ir na casa dela, rsrs, e lá fui eu, Novinha ela me contou tanta história, fiquei toda boba e lembrei de vc... Ain gente eu qro isso p mim, eu acho tudo tão fascinante... tirando a parte ruim, ela me contou que teve uma época que ligaram p PF dizendo: ''olhe, eu sei onde estuda os filhos de fulano, fulano, fulano...'' aí citaram ela, Novinha ela disse q essa fase foi mto tensa, contou tbém que tem mta gente babona, sabe? Que parece estar lá de favor! Q na Policia, dentro da policia, vc não tem vida pessoal, que os outros são apenas colegas de trabalho, poucos firmam uma amizade boa, que da porta da delegacia p dentro vc é policial e nada mais... que o ambiente quase sempre tem muita picuinha, muita fofoca...mas mesmo assim ela disse que se pudesse voltar no tempo faria tudo do mesmo jeito, ela ficou quase 30 anos na PF, q de nada se arrepende e recomenda o trabalho. Eu achei tudo de bom, né? kkk
      Bjokas!!!
      Bom Feriado Novinha!
      :p

      Excluir
  52. "O amor não admite perdas nem divisões... "

    Que frase...

    Spartanski

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A qualquer ameaça ele já nos pune, não é?? Vem aquela dorzinha no fundo... um aperto, leva nossa paz, mesmo q seja momentaneamente...!
      :)

      Excluir
  53. Verdade.

    Ou é ou não é.
    Tudo ou nada.

    : )

    Te contar, vocês...

    ResponderExcluir
  54. Olá DoceAcida!!

    Bom dia!

    Puxa... eu adoro essas conversas assim. Nunca me canso de ouvir as experiências das pessoas que admiro. Mas pena que é raro encontrar pessoas que te inspiram, te motivam, te dá uma força assim como ela fez com você.

    Não sei se tenho mais inveja dela, por ter tido essa chance de conversar com você, ou de você por ter tido essa chance de conversar com ela.
    : )

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  55. Merci!
    : )

    "Il ya en moi une audace que la volonté d'autre c'est incapable d'intimider".

    Bom feriado, pra você Rafiki!
    : )

    ResponderExcluir
  56. Oi, Novinha.

    Nossa, difícil decidir pra quem é mais complicado isso tudo. Senti a dor da sua colega daqui, mas também dá pra se colocar no lugar da outra, né? E no seu lugar também. Até por que são tantas histórias possíveis... ):

    Sua amiga também é policial?

    ResponderExcluir
  57. Sim...

    Entramos na Polícia no mesmo concurso, Paloma.
    : )

    Isso nos proporciona uma afinidade mais que natural. Eu acho.

    Feriado nada convincente esse hoje, né?

    ResponderExcluir
  58. Quis dizer a outra amiga...

    Por mim, tanto faz. Se fosse outro dia, eu estaria estudando no modo automático de qualquer jeito. /:

    Na polícia pode "enforcar" o feriado? rs

    ResponderExcluir
  59. Sim, Paloma!

    A outra, que na verdade não é "a outra" porque é a a "titular" (rs) também é da polícia. E ele também é da polícia!

    Tudo entre nós aqui...
    : )

    Ai, ai...

    Não podemos enforcar feriados. Mas muitos enforcam assim mesmo.
    : )

    Você tá estudando hoje?

    ResponderExcluir
  60. Caraca, Novinha... O_O rsrs

    Que tenso, ein!

    Sabe que eu tenho uma curiosidade sobre a carga horária da polícia. Perguntei pro meu primo se vocês tem férias e ele disse "cara, a gente é normal". rsrs

    Eu estudo todos os dias do ano, exceto vésperas e dias de prova, e dia das mães (ela fica em casa e não me deixa estudar). Ano passado tentei estudar no natal, mas eu estava na casa daquelas tias gêmeas, aí não deu mesmo...

    ResponderExcluir
  61. É isso mesmo, Paloma!

    Garra, dedicação, compromisso e s'embora!

    Seu primo deve achar o máximo a sua curiosidade, né?
    : )

    Espero que ele esteja feliz com a carreira que abraçou. Você leu a entrevista da DoceAcida com uma policial aposentada? Que loucura!
    rs rs

    : )

    ResponderExcluir
  62. Ele ri e tenta me convencer de que policiais são seres humanos. (:

    Agora que eu li. Eu gosto da DoceAcida, tem outros leitores seus que gosto também. :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha own Paloma, acho vc super meiga!!! Tbém gosto de vc!!

      Excluir
  63. rs rs rs

    Ele não vai conseguir! kkkkkkk

    Pois é, a DoceAcida interage bem com outros leitores. Isso é ótimo.

    Bem, você também é muito querida por aqui, sabia? Eu já percebi.
    : )

    ResponderExcluir
  64. rsrsrs :D

    Ah, é? Que legal! :D Na verdade, o pessoal aqui é bem simpático. Quando eu tinha blog, tinha que moderar os comentários pra eles não brigarem. (:

    HP vs Crepúsculo era motivo pra discussão direto, mas eu não deixava (e ria muito).

    ResponderExcluir
  65. Pois é... e é engraçado porque você conquistou as pessoas por aqui mesmo, né? Ou seja, não tem um blog seu onde os leitores daqui possam ir lá pra te conhecer melhor ou interagir mais com você... É interessante, isso.

    Se você tivesse ido ao Encontro da Confraria no Rio a galera teria te envolvido (no sentido de abraçar) mais ainda.
    : )

    O melhor desse blog, Paloma, são os leitores, não tenho dúvida.

    Então o seu era um blog sobre livros, autores, literatura? Ou cultura geral? Ou n.d.a.?
    : )

    ResponderExcluir
  66. Hm, será? Sou mais legal virtualmente, acho que já te disse isso. rsrs

    Você é uma fofa! :3

    Eu tinha dois. Esse era sobre livros sim, fazia resenhas dos que eu lia, ou dos que eles me pediam pra ler. Eu tentava convencer a galera da minha idade (na época) de que ler é tão legal quanto comer e dormir, alguns eu consegui.

    Acho que se eu nunca tivesse um blog, e visse tantas opiniões e realidades diferentes da minha eu não teria hoje tanta facilidade pra aceitar as pessoas como elas são. Me espanta como isso é difícil pra tanta gente...

    ResponderExcluir
  67. Nossa! Você não deveria ter parado de escrever, então. Era um blog de utilidade pública, e que fazia muito bem a você inclusive.

    Eu entendi o que você disse. Já tive não poucas experiências com pessoas menos propensas a aceitar ideias divergentes. Elas dificilmente aceitam informações e pontos de vista que contrariem seus pensamentos. Entre esses que são assim, mais, digamos, fechados, tem aqueles que se fecham e os que querem porque querem impor por sua goela abaixo a posição deles. Levam tudo para o lado pessoal... Trabalho com um sujeito desses (tipo 2).

    Ele não se contenta se no final a gente não disser "verdade, você tem razão".

    kkkk

    ResponderExcluir
  68. Sim, estão por toda parte.

    No cursinho discuto com o pessoal em quase todas as aulas de redação (a professora provoca debates e tranca a jaula com os tigres dentro). O pessoal simplesmente não aceita o que é diferente, parece que voltaram no tempo dos feudos e ficaram por lá, dá raiva.

    Ontem mesmo fui xingada por que defendi o casamento gay. Teve uma lá do fundão que gritou "casa comigo, então, se tu gosta" (sic). Deixei quieto, porque né... ¬¬

    ResponderExcluir
  69. kkkkkkkk

    Desculpe.

    Poxa... "casa comigo" não é um argumento válido.

    Eu ficaria feliz se respeitassem quem é contra e se quem é contra respeitasse quem é a favor.

    Você gosta do cursinho? Tá te ajudando?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Eu ficaria feliz se respeitassem quem é contra e se quem é contra respeitasse quem é a favor."

      Essa é a frase mais sensata referente a polêmica...

      Desculpa aí a interferência...

      Mas é assustador, o n aceitar o q é diferente, por achar q se esta fora dos padrões...
      Cada um é o q é...
      Se quer ser, seja (gay, lésbica, bissexual, etc)!!!
      Seja o q for, seja o q lhe faz feliz, desde q n faz mal a ngm!!!

      A preferência de cada um, n é da conta de ngm, além da própria pessoa. Afinal, no final de td, quem vai prestar contas do q fez/foi é ela somente!!!

      Futura Delta_

      Obs. Paloma, parabéns pela inteligência!!!

      Excluir
    2. Obrigada! :D

      Temos a mesma opinião sobre o tema, então.

      Excluir
  70. Relaxa, meus amigos estão me zoando e imitando a minha reação até agora. (:

    Olha, não gosto muito não. Tá, não gosto nada.

    Eu prefiro estudar sozinha, até porque só entendo qualquer coisa quando leio, mas o cursinho é bom pra dar ritmo e orientar. Ainda mais pra quem é lerda como eu.

    E tudo piora quando seus "amiguinhos" de sala não param de falar e rir por um segundo. (:

    ResponderExcluir
  71. Caracas...

    Somos duas. Rendo muito mais estudando sozinha do que assistindo aula. Mas concordo o cursinho é "bom pra dar ritmo e orientar".

    E tenho dificuldades pra me concentrar, logo, galera conversando... me atrapalha demais.

    : )

    Parece que você já tá bem amadurecida nesse processo do ingresso na faculdade, Paloma. Tipo... é diferente de quem não sabe nem o que tá fazendo lá (porque se estão conversando... né?). Saber a matéria não é tudo. Aprender a estudar faz uma diferença grande. Demorei pra aprender isso.
    : )

    ResponderExcluir
  72. Acho que o mundo é dos autodidatas :DD. Tá, mentira. Sempre quis ser igual esse pessoal de exatas que entende tudo só de ouvir. :/

    Só falta passar né, Novinha. Quanto mais eu estudo, mas acho que não sei nada. ):


    ResponderExcluir
  73. Você e todos os vestibulandos e consursandos do mundo pensam isso. Embora vários mintam.
    : )

    Qual é a sua maior dificuldade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, muitos mentem.

      Não tive uma base legal em física e biologia, então tenho mais dificuldade. E as questões são muito conteudistas, diferente de matemática, português, geografia e as outras que são mais interpretativas.

      Resumindo: acho difícil qualquer coisa que eu não posso associar com algo que já li antes.

      Excluir
  74. "(a professora provoca debates e tranca a jaula com os tigres dentro)."

    Pedindo a devida licença (desculpem a intromissão):

    Devo confessar que ri demais!





    E, fazendo um parênteses para um justo e breve comentário, parabéns pela postura - maturidade e inteligência¹, Paloma.

    Obs.:¹ de fato, suas palavras sempre evidenciam isso.

    Spartanski

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não precisa se desculpar, Spartanski! Aliás, pode falar comigo quando quiser, sempre curto seus comentários. :D

      E nossa, obrigada! rsrsrs Você me pegou de surpresa agora.

      Um beijo, flor. (:

      Excluir
  75. Eu te disse, eu te disse, eu te disse... Paloma.

    : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disse, mas como você é ninja, não vale. (:

      Novinha, vou dormir.

      Beijos, sua linda! :D

      Excluir
  76. QUando quero um momento de relax passo por aqui. Textos sóbrios e interessantes, ainda que falem de cremes, mulheres em depre etc. Abraços.


    Roner Gama

    ResponderExcluir
  77. Física e Biologia?

    Bom... Conheço o André que é PHDFGH em Física (sabia?).
    http://andrelv.blogspot.com/
    : )

    E conheço a Mari que é pós-master-bisness-pé-degree em biológicas... (saudade daquela mineirinha...)
    : (
    http://maciodaro.blogspot.com.br/


    Quando quiser alguma ajuda...
    Os dois são top!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Novinha! Entrarei em contato com eles. :D

      Excluir
  78. Oi Roner!!!

    : )

    Ai que felicidade ler isso!!!
    Então ó... fique à vontade, tire os sapatos porque a casa é sua, tá?

    Um beijo grande!

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  79. Nem fala... Mamede.
    : )

    A sorte dela é que eu sou de confiança.
    : D

    ResponderExcluir
  80. Por nada, Paloma, qualquer coisa me fala.
    : )

    ResponderExcluir
  81. Novinha, n queria está na sua pele n!!!

    Futura Delta_

    ResponderExcluir
  82. Por que Futura Delta?

    Vc acha que eu deveria contar a ela?

    ResponderExcluir
  83. Nunca!!!
    Pra que???
    Ela n te deixaria mais em paz!!! rsrs... Vc se cansaria c tantas perguntas q ela faria em um só minuto!!!

    Como sofri mt c uma traição, n consigo lidar bem c esse tipo de situação n!!! Deve ser, não, é trauma!!!

    Futura Delta_

    ResponderExcluir
  84. Tanto dói que tem sido uma causa bem frequente de longas depressões, seja em homens ou em mulheres.

    Você já superou mesmo ou isso é uma sequela?

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Novinha, sinceramente n tenho reposta p sua pergunta n!!!

      Às vezes tenho certeza q já superei, às vezes tenho certeza de q nunca vou conseguir superar...

      O fato é q n tenho contato nenhum c a pessoa...

      E se eventualmente, alguém me pergunta se conheço, respondo q n sei de quem se trata!!!


      Futura Delta_
      :(

      Excluir
  85. É Novinha... É a famosa sinuca de bico.

    (A "titular" sabe da coisa toda [possivelmente ela descobriu - geralmente sempre descobre]. Eu é que não sei de nada. Cada um tem sua versão, né? Pra "outra" o cara tava solteiro [Tem fundamento uma vez que o "cara" só fala depois que "pega" pra não dizer outra coisa, isso quando fala], se é que eles são ou eram casados no sentido jurídico da palavra [mesmo que não fossem, a meu ver o que vale é a consideração em estar juntos e/ou dizer que são comprometidos](...))

    É de lascar essa situação e a sua não está lá esses Roberto Carlos Novinha. Isso por estar envolvida mesmo não querendo estar - uma vez que você é confidente...

    Cargo perigoso Novinha.

    Mudando de assunto: DoceAcida você é do Maranhão ou só fez o concurso da PC de lá?

    Beijo pra vocês.

    ResponderExcluir
  86. Futura Delta...

    Então, no mínimo, você ainda está muito magoada com ele. E o mais complicado nisso tudo, é que se você não o perdoar isso vai fazer mal pra você mesma.

    Não estou dizendo pra reatar o relacionamento com ele, mas quando a gente libera perdão pra pessoa a gente solta um peso morto que carregamos sem nos dar conta.

    Faz mal pra gente porque sem querer a gente leva essas dores para outros relacionamentos. Fingir que não conhece, por exemplo, é um mecanismo de defesa que a gente usa pra não sofrer mais. Como ignorar o preso. Mas Renato Russo estava certo: "mentir pra si mesmo é sempre a pior mentira". Até o nosso corpo sofre quando carregamos peso desnecessário.

    Não sei dizer como, mas você precisa liberar perdão pra esse pedaço de carne que você finge que nem conhece...

    Tô falando isso porque você é minha amiga! E te considero... Não estou te dando sermão não. Até porque eu também luto pra conseguir perdoar essas feridas. Não é nem um pouco fácil.

    De qualquer forma, falar sobre isso já é um grande passo.
    : )

    bjo...

    ResponderExcluir
  87. rs rs rs

    Meu caro Tipão... agora é tarde, né, pois já sou amiga das duas. Tô errada???
    rs rs rs

    Diplomaticamente falando os EUA não têm nada que se meter na relação do Brasil com o Irã, tem??? Sou um país neutro que não toma partido nas guerras alheias.

    : )

    Beijo, Tipão!





    ResponderExcluir
  88. Novinha, errada você? Penso que não!

    Depois que a água "boda", não tem jeito, ou então deve-se esperar para ver se volta a normalidade.

    Quem possivelmente estaria errado seria o cara, mas nesse caso nem se fala.

    Já em relação a diplomacia - isso depende muito dos interesses internacionais, rsrs.

    Contudo, como você mesmo disse (com adaptações): é preferível ser um país neutro que não toma partido nas guerras alheias.

    Eu muito menos, rsrs.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  89. Tipão,

    Eu brinco, mas a coisa é séria. O amor é um sentimento tão importante, tão bonito e tão necessário na vida da gente, mas é também um sentimento muito mal interpretado nos nossos dias. As pessoas o confundem frequentemente.

    Rola muita parada errada "em nome do amor" (egoísmo, ciumes, mentiras, engano, traição) e nessa brincadeira muita gente boa sai machucada, estraçalhada. Às vezes, uma palhaçada irresponsável de alguém traz sequelas irreparáveis que o indivíduo leva consigo para toda a vida.

    É triste.

    ResponderExcluir
  90. Futura Delta,

    Continuando o comentário anterior. No caso do post, os três são policiais e estão na mesma cidade. É por isso que, eu tenho uma certa resistência com esses relacionamentos entre colegas. Claro que existem muitas famílias que deram certo e tudo, mas quando dá errado, a possibilidade disso virar um inferno é grande.

    Mas se você realmente estiver convencida de que tem que perdoar, pede a Deus pra te ajudar a fazer isso. Tenho certeza que, se você pedir isso pra Deus, você vai conseguir.

    : )

    Mas te prepara porque quando a gente leva uma ferida pra Deus curar, ele vai fazer o serviço completo e esse processo de cura pode ser doloroso. Às vezes a ferida precisa ser limpa antes. Ou seja, vai doer um pouquinho. Mas é melhor do que deixar inflamar, entrar em processo de putrefação e criar bicho. Aí, minha amiga, vai doer muito mais.

    Né fácil não!

    ResponderExcluir
  91. Se ela sofre por um alguém, então não tem jeito mesmo.
    Com esse histórico de infelizes acontecimentos, e ainda se mete em sofrer por um comprometido? Está fadada a experimentar a parte mais azeda da vida.
    E você, mesmo num post leve, sempre olhando o humano...
    Bjs.

    ResponderExcluir

Confissões