quarta-feira, 18 de julho de 2012

Mulher na Polícia? Pode isso Arnaldo?

Caríssimos leitores, essa tirinha veio, com a devida autorização, do Blog do Charlie. Um dos meus blogs policiais favoritos. O autor é um Escrivão  muito talentoso da Polícia Civil do Estado de São Paulo. Ele escreve diariamente, desde abril de 2011 e pelo jeito, nunca perde o Humor.

199 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...ele é foda mesmo.

    O pior é que até hoje tem gente que acha que mulher é PNE. Somos apedeutas, limitadas que corremos aos gritos ao ver uma arma...é isso mesmo produção?

    É o famoso "Ârram pra num render"...

    Os que eu encontro com essa "dificuldade" de entendimento, indico o vídeo da equipe feminina do CORE...ai mando o famoso: "Vai la. Chama ela de mulherzinha" hahahahahaha.

    Bjoooooo!

    ResponderExcluir
  2. Oi Florzinha!!!

    O que eu posso te dizer é que ele retrata com fidelidade o cotidiano policial. E essa cena aí então. Duvido que haja alguma mulher na polícia que nunca tenha passado por isso, lindona!

    Beijo pra você!
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  3. Sempre relato - nos artigo ou textos que publico sobre este tema - que a mulher já conquistou o seu espaço em vários setores do mercado de trabalho, e que isto não é por acaso. A "sensibilidade", o perfeccionismo, auto-cobrança e valorização do trabalho que faz - estas coisas fazem da agente ou policial feminina um ser diferenciado no setor da segurança segurança pública. Muito em breve, estarei publicando no meu Blog algumas entrevistas que estou fazendo com alguns amigos e amigas policiais, no intuito de abordar questões relativas à segurança pública no país, mas também, este ponto que trata sobre a Mulher na policia. Estou terminando de aprontar! assim que estiver pronto, lanço aqui para você!
    Grande abraço
    http://queroserpolicia2.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Jordão!

    Muito bem colocado!
    : )

    Sabe o que eu sempre digo? Que na polícia tem lugar pra tooooodo mundo. Mas o preconceito é uma coisa difícil de mudar... Demora...

    Eu acho que será muito legal essa sua ideia de abordar essas questões.

    Me avisa!

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O pré-conceito é realmente algo "virótico", porém, em se tratando da mulher, apenas os mais tolos, desinformados ou os que andam lerdos por aí, não conseguem enxergar que este ser existe para deixar as coisas mais belas e organizadas - tem mulher bagunceira também...rsr - e que, muitas vezes estão expostas à trabalhos extremamente extenuantes, até mais do que a rotina policial.
      Pode deixar que te avisarei sobre as entrevistas!!!!

      Excluir
    2. kkkkkk

      Tô vendo que você é um galanteador.
      : )

      O problema é que, como o Charlie retratou na tirinha, o senhorzinho que vai à delegacia, parece estar muito de boa fé, né? Incrível!!!

      É muita falta de informação...
      É difícil!

      Você já conhecia o blog do Charlie?
      : )

      Excluir
  5. Infelizmente é assim em várias profissões, inclusive na profissão mais "mulherzinha" que conheço...a de Secretária. Ô profissão pra sofrer preconceito, viu? Tem vários estereótipos: o de burra, o de amante do chefe, o de incompetente que fica o dia todo lixando as unhas e por aí, vai.
    E eu, que acabo de me formar em Secretariado Executivo e quero entrar na Polícia, faço o quê? Rsrsrs.
    Adoro o tema Mulher na Polícia, e gostaria, se possível, de trocar figurinhas com algumas (como conciliar o trabalho (totalmente diferenciado) com a família (tenho um filho de 07 anos)?
    Desculpem tantos parentêses,rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida!!!

      Tem razão! É em toda área, mesmo!

      Espero que o Charlie esteja lendo tudo isso e nos conceda esse prazer de ter mais e mais tirinhas com a realidade feminina na polícia, né???

      Bom, de minha parte, você pode ver que tudo aqui é relacionado direta ou indiretamente ao tema, né? Será um prazer estar trocando figurinhas com você, seja sobre o que for!

      Mas no "Clube de Mulheres" aqui à direita tem outras policiais e afins que também relatam grandes e significativas do universo feminino policial. Vale a pena conferir!

      Um beijo, lindinha!

      Excluir
  6. Respostas
    1. Gostou?

      Muito legal, né?

      : )

      Um beijo!

      Excluir
    2. Gostei. Tirinha inteligente.

      Spatanski

      Excluir
    3. Penso já ter visto alguns trabalhos pela rede, mas o blog, efetivamente, não conhecia.

      Spartanski

      Excluir
    4. Eu conheci recentemente, e confesso que foi uma surpresa muito agradável. Ele é muito inteligente!

      : )

      Não vai ficar metido, não, hein Charlie.
      : )

      Excluir
  7. Confesso: "Gran finale".

    (risos)

    Spartanski

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkk

      Também acho!

      Pena que a gente nunca vai saber se isso um dia aconteceu assim, né?

      Confesso que asssiiiiimmmmm eu não teria coragem de falar, mas já andei dando umas "patadas" (relinche) no mesmo sentido.

      : )

      Excluir
  8. Já te disse a melhor de todas, não disse?

    "Quanto se precisa de força pra puxar o gatilho".

    (risos)

    Spartanski

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você leu aquela do coroné?

      : )

      http://mulhernapolicia.blogspot.com.br/2010/04/nao-faco-menor-questao-de-ser-fofa.html

      Té hoje eu não acredito que fiz aquilo...
      : )

      Excluir
    2. Um dos posts preferidos.

      (risos)


      Spartanski

      Excluir
    3. ... mas, acredite, você FEZ.

      (risos!)

      Spartanski

      Excluir
    4. É agora que até contei aqui não dá pra negar, né?

      : )

      Excluir
  9. Deve ser engraçado você "dando umas patadas", Novinha.

    Spartanski

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa...

      Pode deixar que depois te conto.

      É como diz minha amiga Regina, "mexe com quem tá quieto!"

      : )

      Excluir
    2. ééééé....mexe pra ver!!!

      Excluir
    3. Ainda bem que somos boas amigas, né Rê?

      Excluir
    4. Imagino! (postando no lugar certo agora - risos)

      Spartanski

      Excluir
    5. Ainda tem vaga no Clã? (risos!)

      Spartanski

      Excluir
    6. Também sou calma e tranquila. :)

      Spartanski

      Excluir
    7. Claro Spartanski!

      Você quer ir no Encontro da Confraria?

      : )

      Excluir
    8. Vocês virão ao NE?

      Quem sabe?!


      Spartanski

      Excluir
    9. É dessas (calmas e tranquilas...) que tenho medo!

      Meninas, preciso ir...

      A gente se fala mais tarde, copiado?

      Excluir
    10. (risos!)

      "Mas eu não mordo, Novinha". (parafraseando você)

      Spartanski

      Excluir
    11. Só esqueci das aspas no calma e tranquila. (risos!)

      Spartanski

      Excluir
    12. eu irei

      ;)

      quem mais vai estar presente no III Encontro da Confraria?

      Excluir
    13. Ratifico: "Clã" das meninas "calmas". (risos)

      Spartanski

      Excluir
    14. Eu tava achando que no Centro Oeste daria mais quorum, mas o Nordeste tá forte, mesmo.
      : )

      E tô lembrando de outros leitores queridos dessas bandas do Oxente...
      : )

      Excluir
    15. Futura Delta_

      Oxeeenteee...
      O Nordeste é forte demais, VISSE!?!?!

      Excluir
    16. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  10. ahahahaha

    será que ainda existe este tipo de comentário por aí?

    pelamordoguarda!

    bjo Madrinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amiga!!!!

      O quê???

      Vai me dizer que nunca ouviu nada parecido lá na AMT...

      : )

      Excluir
  11. pior que nao, o povo parece que tem medo e ódio da gente, dos amarelinhos ferruadores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkk

      Você é que é muito brava então, amiga...

      Mas nem de brincadeirinha assim, os amigos??? Ninguém pega no teu pé?

      Excluir
  12. aqui o termo usado é stivada, que quer dizer enérgica, braba, pra frente, que nao é mole, que nao foge do serviço...essas coisas

    ResponderExcluir
  13. nao, to cheia de coisa aqui, blog mesmo só venho no seu e no da turma da Confraria, ainda assim, estou em falta!

    face já era, criei um generico para troca de materiais.

    estou aproveitando a suspensão do concurso para tirar o atraso que fiquei fora dos estudos por causa da faculdade/OAB

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito engraçado, amiga.

      Vai lá quando tiver uma folguinha.
      : )

      Excluir
  14. Mas cê num fica brava desse jeito né ? kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não...

      rs rs rs

      Eu dou umas patadas elegantes.
      : D

      Excluir
  15. [Sobre o post]

    Fato: Das duas, uma. Ou um indivíduo é machista ou é inteligente. Ou um, ou outro. Os dois: Jamais.


    Faz uns dias que a Polícia Federal expulsou um desses "histéricos" (ainda dizem que nós que somos histéricas) de um jato 190.


    Spartanski

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem lembrado!

      É o fim do mundo, mesmo!!!

      E aí, ele foi de buzú?
      : )

      Excluir
    2. "É o fim do mundo, mesmo!!!"

      E acho que ele disse exatamente isso, Novinha.

      Enfim, só o Dr. Flynn explica. (risos!)



      "E aí, ele foi de buzú?"

      No bus tinha motorista mulher, então, presumo, deve ter ido de biclicleta. ;)

      Excluir
  16. Muito espirituoso,
    mas o pior que esse
    tipo de preconceito
    atinge outras areas da
    sociedade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Herculano!!!

      Verdade...
      Áreas onde o exemplo deveria ser dado... por exemplo.

      : (

      Triste demais.

      Excluir
  17. Vish,
    Obrigado pelo post e pela fonte
    Já havia visitado esse blog várias vezes, está de parabéns
    Obrigado
    (Não ficarei metido, pode deixar)
    Charlie

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Êêêêêêêêêêêê!!!

      Ele veio!!!

      Eu que agradeço, Charlie!!!

      Tô muito orgulhosa do seu trabalho!
      Parabéns!
      : )

      Excluir
    2. Aproveito para parabenizá-lo também.

      Ótimas tirinhas, Charlie.

      Spartanski

      Excluir
  18. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ADOREI!! HAHAHAHA

    Por sinal,mudei o foco,agora o foco é ser "poliça"... Não sei se já contei,mas estou aqui pra contar... Quem sabe em breve n trabalharemos juntas,não é?!! bjaoo,kd vc pelo meu bloguito ?? me manda teu e-mail p gente conversar mais!!

    ResponderExcluir
  19. Tem muito serviço aqui, Deozinha...

    Pode vir!!!

    Sobre a tirinha: Eu também achei o máximo! O cara é bom, mesmo, né?
    kkkkkk

    ; )

    Obrigada por ter vindo!

    ResponderExcluir
  20. Bem, estive lá...; voltarei depois para dar uma olhada mais abrangente.
    Pessoas atentas ao que rola ao seu redor, me interessam.

    Quanto a vc..., é paixão antiga.
    :)

    Beijo.

    ResponderExcluir
  21. Eu vi que você esteve lá...

    A gente chegou junto, só que seu comentário entrou um minutinho antes do meu.

    : )

    Você vai gostar dele.
    O humor dele é meio igual ao seu.
    : )

    rs rs rs

    Um beijo e obrigada pelo carinho de sempre.
    : )

    ResponderExcluir
  22. Minha cantada:
    Liberdade para mim, depois de te conhecer, é ter meu coração algemado ao seu.

    :D

    ResponderExcluir
  23. Xô melhorar:
    Felicidade para mim, é ter meu coração algemado pelo seu.

    Melhorou!

    ResponderExcluir
  24. Escrivão da PF que trabalhou com policial assassinado é encontrado morto

    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2012/07/19/interna_cidadesdf,312838/escrivao-da-pf-que-trabalhou-com-policial-assassinado-e-encontrado-morto.shtml


    onde vamos parar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Futura Delta_

      Regina, tô me fazendo essa pergunta até agora!!!
      E no jornal, ainda falaram em suicídio!!!

      Excluir
  25. Diga minha nobre!
    Conforme prometido, a primeira entrevista ficou pronta. Segue o link!!!
    http://queroserpolicia2.blogspot.com.br/2012/07/entrevista-com-capita-lilian.html
    abraços!!!!

    ResponderExcluir
  26. Ah moça, to meio sem saco pra escrever ultimamente... sobre escrever sobre o lado profissional, quem sabe um dia não começo e vou guardando... tem coisa que é complicada de falar agora...enfim... pra fazer que nem instrutor de academia de polícia, ficar cheio de "causus", aí não dá também, né? Parece que escolhem pra dar aula aqueles que menos trabalham nas ruas, sabem muita teoria, pouquíssima prática...

    ResponderExcluir
  27. E pode isso Mulher na Polícia? ...Tsc.

    - Hilário! Muito bom

    Abraço de urso.

    :)

    ResponderExcluir
  28. 20/07/2012

    "Cada novo amigo que ganhamos no decorrer da vida aperfeiçoa-nos e enriquece-nos, não tanto pelo que nos dá, mas pelo que nos revela de nós mesmos."
    Miguel Unamuno


    Não é o post adequado (peço licença à Novinha!), mas deixo registrado o meu carinho aos que aqui sempre estiveram.

    Vocês são uns queridos.
    Bjs.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  29. Futura Delta_

    No dia do amigo, mais um louco americano p ficar na história!!!
    Jesuisss!!!

    ResponderExcluir
  30. Novinha, escreve mais sobre a "casa". Tem um pessoal indo se "hospedar" lá por uns meses. Dizem que é mal-assombrada, é verdade? rs!

    ResponderExcluir
  31. rs rs rs

    Como vai, você sumido (a)???

    Eu tô achando que vocês conhecem essa "casa" muito melhor do que eu!

    : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo jóia! E com você?

      Sobre a "casa", só buscamos informações. rss! A gente lê nos fóruns, mas por lá não tem a carga dramático-romântica dos seus textos...

      :)

      Excluir
  32. kkkkk

    É, né?

    Nossa...

    Nem vou dormir pensando no que você quis dizer com esse "carga dramático-romântica"...
    ; )

    Poxa... até agradeço a preferência (?)
    kkkkkkkkkk

    Mas você sabe que eu não sou uma fonte 100% segura, não sabe???
    ; )

    Beijão pra ti.

    ResponderExcluir
  33. Tipico pensamento/pergunta/comentario do homem primata!!!
    rsrsrsrsrs

    Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primata, moderno... Acho que no fundo eles sempre vão pensar assim, mesmo dizendo o contrário uhaua

      E o pior que não é só na delegacia...

      Excluir
    2. Oi Nicole...

      Tem razão!

      Vc já se sentiu assim?
      : )

      Excluir
    3. Sempre... Família gaúcha, né?

      Ainda fico na dúvida se são os homens mais machistas ou as mulheres! Pq são elas que educam essas criaturas, certo?

      Meu filho não lava louça! Olha que bonitinho fazendo pipi na rua, que macho! Ahhhhhhhhhhh

      Eu juro que não sou feminista, mas abomino o machismo uahuha

      Excluir
  34. kkkkkkk

    Rê, um selvagem, mesmo.
    Alguns tipos não têm a menor condição de viver em sociedade.

    Umas patadas às vezes são pedagógicas.

    ResponderExcluir
  35. "Eu perguntei "não é legal?" me referindo a esse seu trabalho, e não a As Panteras."


    Percebeu?

    Spartanski

    ResponderExcluir
  36. : )

    Você segue algum critério para escolher essas postagens????

    kkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  37. Ultimamente: menos postagens. Nem sempre é possível continuar postando nas preferidas...


    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  38. Olha...

    Eu tenho que te explicar uma coisa sobre a polícia. Existem muitas áreas aqui dentro. Isso aqui é um mundo enorme de grande. E as possibilidade são muitas. Porém, quando você chegar, eles não vão tentar te colocar onde você quer trabalhar ou onde você se encaixa melhor... eles vão te lotar onde precisa de gente. Não falo de região, também, mas falo especificamente de área de atuação. A probabilidade de você pegar uma área chada e maçante é muito grande.

    ResponderExcluir
  39. E, de fato, essa é a uma realidade. É preciso ter ciência.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  40. Ah... tá.

    Porque às vezes a gente mistura dois assuntos e pensei que você se referia ao outro em virtude da ordem dos comentários.

    : )

    ResponderExcluir
  41. Você achava que eu me referia a que?

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  42. * Horas e horas esperando...
    * Transcrições infindáveis...
    * Catalocar apreensões...
    * Entregar intimações...
    * Setor de Licitação...
    * Fazer controle de patrimônio...

    Tudo isso pode ser muito chato para algumas pessoas.

    : )

    ResponderExcluir
  43. Sabe o que frusta as pessoas?

    Spartanski

    ResponderExcluir
  44. - A gente tava falando das Panteras e do seu trablaho.

    - Eu perguntei "Legal né" me referindo às animações e as outras coisas do seu trabalho...

    - Vc respondeu em seguida: ... "Incrível mesmo" e continuou falando DAS PANTERAS.

    - Entendi que quando eu falei "legal né" vc entendeu que eu falava das Panteras...

    kkkkkkkkkkk

    Desculpe eu fiz uma confusão.

    ResponderExcluir
  45. Onw! Obrigada por minuciar tudo.

    :)



    E, sobre isso eu disse: Percebeu?


    Explico: A minha conexão entre a minha área de formação e os meus pensamentos reais é quase que inexistente.

    (risos!)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  46. A falta de "senso de dever".

    Spartanski

    ResponderExcluir
  47. "Dever" não é como ir ao parque de diversões e escolher os brinquedos que preferir. "Dever", algumas vezes, é ir além da expectativa. É "entrar no parque" sabendo que você pode ser direcionado a qualquer uma daquelas opções.


    Dever "não é só fazer o máximo, é fazer muito melhor". Sempre.


    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  48. "* Horas e horas esperando...
    * Transcrições infindáveis...
    * Catalocar apreensões...
    * Entregar intimações...
    * Setor de Licitação...
    * Fazer controle de patrimônio..."


    E tudo isso faz parte.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  49. Deixa eu esclarecer uma coisa.

    Você pode me oferecer qualquer emprego pra eu sair da polícia. Não digo que será impossível eu sair da polícia um dia, mas vai ser difícil eu topar. Porque eu amo o meu trabalho. E que isso fique bem claro.

    No entanto tive dificuldades de adaptação quando cheguei aqui. Não era o que eu esperava. Não foi frustração, mas indignação.

    ResponderExcluir
  50. A esse respeito, especificamente, não tenho nenhuma propriedade pra falar...

    ... mesmo assim, é como penso.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  51. Penso que consigo entender o que queres dizer.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  52. Ademais, não foi frustração. É diferente.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  53. Entende o que quero dizer?

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  54. O que estou tentando te dizer é que você como mulher, jovem e inteligente, também poderá ter problemas de adaptação. Mas que isso é uma questão de você se mobilizar e tentar achar o seu espaço, a SUA área na polícia. Uma área que te realize profissional e pessoalmente. Hoje, já me sinto 100% realizada profissionalmente. E ainda tem muito chão pela frente.

    : )

    ResponderExcluir
  55. Sim, entendi.


    É possível.


    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  56. Estava pensando em outra coisa.

    :)


    Spartanski

    ResponderExcluir
  57. Falta de "senso de dever", explico:

    Senso de realização.

    Alguns encontrarão isso na polícia, outros não.


    Spartanski

    ResponderExcluir
  58. "Senso de dever" 2.0:

    Senso de realidade.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  59. : )

    Eu entendo o que você pensa sobre o "senso de dever", maninha. E concordo!

    Na verdade parece que pensamos a mesma coisa, mas só pra fechar esse assunto. Se pra você estudar matemática é prazeroso, você vai estudar 5, 10 horas e vai se divertir com isso. Você tem prazer em fazer exercícios de matemática então se você for chamada de madrugada pra resolver 50 exercícios de matemática para a polícia você vai pensar "cara, além de me divertir no meu trabalho eu ainda ganho dinheiro com isso".

    Mas, digamos que matemática não seja a minha praia. E não é, mesmo. Então se eu tiver que passar 2 horas por dia resolvendo expressões algébricas eu vou me enforcar.
    : )

    Agora, se você me pedir para escrever um texto sobre a polícia, primeiro: eu vou topar na hora, e vou começar logo, porque eu adoro escrever. Eu sou capaz de passar o dia inteiro, uma semana inteira, uma vida inteira escrevendo esse texto. Eu vou querer, naturalmente que esse texto fique maravilhoso! Então todos os dias eu vou procurar uma palavra nova pra colocar nesse texto... Todo mundo vai dizer: Novinha, não precisa disso tudo. Mas eu faço questão de dar o máximo. De fazer o meu melhor. Eu vou fazer isso com prazer.

    Tanto o "matemático", como o "escritor"... o cara apaixonado por atividade física, o cara compenetrado que planeja a coisa minuciosamente, a menina que ama passa horas pesquisando coisas nos livros, ou na Internet. O cara que gosta de aventura! De chegar lá e deixar rolar na hora... Enfim, todos eles trabalham na polícia. Mas muitas vezes ele "caem" na área errada. Isso pode acontecer com qualquer um...

    Aconteceu comigo, por exemplo.



    ResponderExcluir
  60. Pensar em moldar a polícia (ou qualquer outro trabalho) a moldes próprios¹ e irretocáveis é um passo para a frustração.

    Algumas vezes, nem mesmo com uma área de atuação ampla e diversificada esse efeito é atenuado.

    Obs.:¹ é diferente de "adaptar-se".


    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  61. Gosto quando você faz minha percepção ir além.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  62. Quando é que a gente vai estudar?
    kkkkkkkkkk

    : )

    ResponderExcluir
  63. Agora.

    Depois de você me prometer uma coisa.

    :)


    Spartanski

    ResponderExcluir
  64. (risos!)

    Linda...


    Obs.:¹ Isso foi uma forma carinhosa de perguntar por ti. :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  65. ...e obrigada pela atenção de sempre, maninha.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  66. "Quando é que a gente vai estudar?
    kkkkkkkkkk

    : )"


    Como a hora passa rápido...

    (risos)


    Spartanski

    ResponderExcluir
  67. Hold on...

    Das duas, uma:

    Ou você esperou 3 horas de conversa pra dizer que ficou magoada com a minha frase, "se não acreditar tudo bem"...

    Ou você mudou de ideia (sobre a promessa que pediria) porque eu brinquei com o "não dormir"...

    : )

    ResponderExcluir
  68. Onde encontra-se a "nenhuma das anteriores"? :)

    (risos)


    Spartanski

    ResponderExcluir
  69. Não fiquei magoada/chateada/triste com a frase, linda. Longe disso. Totalmente.



    "Ou você mudou de ideia (sobre a promessa que pediria) porque eu brinquei com o "não dormir"...
    : )"


    Pareceu tão inexplicado assim?

    :)



    Spartanski

    ResponderExcluir
  70. Olha, antes de mais nada me perdoa pelo que disse. Mas você há de ponderar no fato de que você não me conhece. Então, porque você confiaria na palavra de uma pessoa que conversa contigo pela Internet.

    Você deve trabalhar sempre com a possibilidade de que eu posso não estar falando a verdade, porque não?

    : )

    ResponderExcluir
  71. É mais simples do que se imagina.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  72. Mas o que te garante que eu não estou mentindo? Quem garante a você que eu realmente sou policial? E que tudo o que eu conto é verdade?

    Quem garante?

    ResponderExcluir
  73. Você está certa. Desculpa.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  74. Não está com fome?
    Podemos continuar?

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  75. O que é mais "simples" do que eu imagino?

    ResponderExcluir
  76. O que, às vezes, quero explicar/expressar.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  77. Vixe...

    Eu não sei o que foi que aconteceu mas tudo indica que fui eu que causei. Tem alguma chance de resolver isso antes de eu ir ali resolver uma coisa?

    ResponderExcluir
  78. :)

    Não se preocupe, maninha. Eu que não soube explicar.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  79. Não se atrase por mim. Posso explicar outra vez depois. Certo?

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  80. Acho que não.

    Acho que eu me sinto mal às vezes, por não poder retribuir tanto carinho. Aí, eu tento fazer as pessoas perceberem que eu não mereço o bem que elas me fazem.

    ResponderExcluir
  81. Quero explicar novamente - depois.


    ;)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  82. O que você disse sobre "olhar nos olhos" foi muito bonito, e eu deveria ter agradecido, em vez de contestar.

    Essa sua frase me pegou despreparada e me atrapalhei toda.

    ResponderExcluir
  83. Verdade. Não era pra contestar.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Retifico: Verdade, não era pra contestar.

      :)

      Spartanski

      Excluir
  84. Foi mal...

    Então me desculpa por tudo isso.

    Vou sair, tá?


    ResponderExcluir
  85. "...atrapalhei toda."

    É, fiquei tentando entender o que tinha acontecido. :)



    Fico feliz em saber que entendeu o que eu realmente queria que entendesse.

    :)

    Spartanski


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Retifico: "...e me atrapalhei toda."

      Spartanski

      Excluir
  86. Não há o que desculpar. Entendi sua reação.

    :)


    Sim. Take your time...

    ;)


    Spartanski

    ResponderExcluir
  87. "Odeio passar um atestado de estranha e complicada...

    Nem na Internet eu disfarço isso?!"


    Não vejo assim. :)


    Spartanski

    ResponderExcluir
  88. Aliás, me reconheço nessa frase. "Odeio passar um atestado de estranha e complicada..."



    (risos)

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  89. Tô sem graça. Morrendo de vergonha de você. E depois eu vou apagar isso.

    :0(



    Não fique. :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  90. E eu, feliz. Fica feliz também.


    Deixa eu contar uma coisa:



    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  91. Era isso que você queria explicar "depois"?

    ResponderExcluir
  92. Queria explicar o que você, sozinha, entendeu depois.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  93. Isso que eu expliquei foi só uma reação "espontânea" que não expus naquele momento.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  94. Eu não entendo, mas não vou mais contestar...

    Te agradeço pela confiança.

    Acho que você não vai entender o que eu senti, também não acredito que tenha sido essa a sua intenção, mas saiba que doeu bastante.



    ResponderExcluir
  95. Você está falando sério que essa é a resposta?

    "Não mereço".


    Não acredito...

    Spartanski

    ResponderExcluir
  96. Não acredito, mas comprendo. E, é muito nobre da sua parte.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  97. Eu não "concordo", mas consigo compreender.

    Não se preocupe, sim?


    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  98. Não é isso.

    Mas absorvi como uma lição de moral.

    ResponderExcluir
  99. Não! Jamais.


    Nossa, foi totalmente contrária a intenção.


    Spartanski

    ResponderExcluir
  100. Não posso nem imaginar que tenha tomado esse sentido.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  101. Eu entendi, querida...

    Eu não disse em nenhum momento que a culpa é sua, maninha. Relaxa...

    Já passou.

    ResponderExcluir
  102. "Me pegou de surpresa..."

    Isso foi bom ou ruim? Estou confusa...

    Spartanski

    ResponderExcluir
  103. "Mas absorvi como uma lição de moral."

    "Eu não disse em nenhum momento que a culpa é sua, maninha. Relaxa..."


    Spartanski


    ResponderExcluir
  104. Minha hora de dizer: "Odeio passar um atestado de estranha e complicada..."

    Spartanski

    ResponderExcluir
  105. Eu que compliquei, maninha. Desculpa.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  106. Apenas saiba: não foi "lição de moral", não foi qualquer que seja a indelicadeza.


    Era apenas pra ser agradável.

    Spartanski

    ResponderExcluir
  107. Não, de forma alguma, maninha.


    Pensei ter dito algo agradável e, na verdade, fiz (totalmente) o contrário. Isso é, no mínimo, frustrante. É só isso.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  108. "Você tá brava comigo?"

    Você é realmente paciente... Obrigada.

    :)

    Spartanski

    ResponderExcluir
  109. Escolhe outro post que eu quero te falar uma coisa.


    ResponderExcluir

Confissões